Jogos de tiro

Por Bruna Telles, para o Techtudo


Operação Shifting Tides é a nova temporada de Rainbow Six: Siege (R6), lançada em 3 de dezembro. Com ela, o jogo da Ubisoft recebeu dois novos operadores, Kali e Wamai, além da reformulação do mapa Parque Temático. O game ganhou ainda um modelo inédito de dano e blindagem, criando três tipos de perfuração por balas onde cada uma é mais letal que a anterior. Levando em conta essas mudanças, veja a seguir quais operadores devem ficar em alta em R6. Vale ressaltar que as informações ainda não são definitivas, mas sim uma previsão do que pode acontecer no meta do jogo.

Buck permite causar grande dano, mas de uma distância segura para o jogador — Foto: Divulgação/Ubisoft

Atacantes

  • Buck

Buck e Sledge cumprem as mesmas funções no time de ataque, ou seja, criar passagens em paredes não-reforçadas. Entretanto, Sledge sai em desvantagem, já que seu gadget força o jogador a entrar em algumas situações precárias. Já Buck deve ficar mais em alta nesse sentido durante a Operação Shifting Tides, uma vez que pode causar o mesmo efeito de destruição de Sledge, porém de uma distância ligeiramente maior. Assim, o operador cria o cenário ideal de sobrevivência: pressionar o time defensor, mas sem se colocar em riscos desnecessários.

  • Gridlock

Gridlock pode negar o roaming dos adversários com seus Trax Stingers — Foto: Divulgação/Ubisoft

Gridlock pode ser um destaque da temporada por sua capacidade de negar o roaming (a navegação pelo mapa) dos operadores adversários. A personagem é ainda uma grande candidata para vigiar potenciais flancos dos inimigos, algo no qual o seu gadget – os Trax Stingers – ajuda de forma realmente efetiva. Eles bloqueiam uma potencial rota de flanco e negam o acesso de roamers a um bombsite. Os Trax Stingers não podem ser contornados, sendo necessário destruí-los e, consequentemente, fazer barulho, dando ao time atacante a chance de neutralizar os defensores.

  • Maverick

Maverick é capaz de criar buracos em superfícies e sofrer pouco a nenhum counter dos outros operadores — Foto: Divulgação/Ubisoft

Maverick é especialista em criar pequenos buracos em paredes, no chão ou em alçapões. Isso, vale ressaltar, com pouca ou nenhuma chance de sofrer counter de outros operadores, o que o torna uma opção de destaque para a Operação Shifting Tides. Seu maçarico funciona em paredes reforçadas e eletrificadas, e tem a vantagem de ser um gadget para carregar consigo, sem a necessidade de montar. Com o uso correto, o operador pode cortar até mesmo uma parede reforçada por completo, mas é importante atentar ao combustível do maçarico, que é limitado.

Defensores

  • Echo

Echo pode utilizar seu drone das mais diversas maneiras, até mesmo como câmera — Foto: Divulgação/Ubisoft

Um dos defensores mais efetivos de R6, Echo se destaca por ter um drone que pode ser usado em diferentes situações. Ele pode ser colocado no teto, por exemplo, tornando-se quase invisível, funcionando como uma espécie de câmera para vigiar possíveis atacantes. O drone também pode atordoar os inimigos, permitindo ao Echo quebrar qualquer tática que o time adversário esteja tentando executar. O atordoamento também impede atacantes de utilizarem o defuser, permitindo aos atacantes entrarem no bombsite para, assim, neutralizar o operador inimigo.

  • Wamai

A mecânica do gadget de Wamai é similar à do Jager, porém com maior versatilidade e potencial estratégico — Foto: Divulgação/Ubisoft

Wamai é o novo defensor que chega com a Operação Shifting Tides. A tendência é que o operador se destaque por conta de seu gadget, o Mag-NET. Trata-se de uma ferramenta aderente, como um imã, que permite capturar um projétil inimigo e, em seguida, detoná-lo ao se autodestruir. A mecânica é similar à do Jäger, embora Wamai possa arremessar seu gadget e utilizá-lo em tempo real e com maior potencial estratégico. A ferramenta também pode ficar presa a qualquer superfície, inclusive no teto. O operador conta ainda com o rifle de assalto AUG A2, uma das armas mais poderosas disponíveis para os defensores no meta atual.

  • Mira

Com seus espelhos unidirecionais, Mira permite "espiar" áreas do mapa sem deixar o time adversário saber quem está do outro lado — Foto: Divulgação/Ubisoft

Mira é uma defensora capaz de criar grande pressão nos atacantes com seu gadget, os espelhos unidirecionais. Com eles, a operadora e seu time podem observar uma área do mapa sem serem vistos do outro lado. Além disso, caso seja necessário, os espelhos podem ser retirados para neutralizar qualquer atacante que estiver na mira. A defensora tem grande potencial para se destacar na nova temporada, já que os atacantes que encontrarem um espelho da Mira não vão saber quem ou o que está do outro lado, e também não poderão atirar no vidro sem um dos drones da Twitch.

Como ser jogador profissional de Rainbow Six? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo