Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


O Uber e o TikTok estão entre os assuntos mais lidos na editoria de Apps do TechTudo em 2019. A matéria mais acessada contou a história de um passageiro que dormiu durante uma corrida no aplicativo de viagens e foi cobrado mais de R$ 7 mil. O serviço também esteve envolvido em golpes aplicados por motoristas, que burlavam o sistema para deixar as viagens mais caras de propósito, assim como o TikTok, que foi usado por golpistas para direcionar usuários para sites maliciosos.

Também foram destaque o aplicativo da Carteira Nacional de Habilitação Digital, o Google Duo, a decisão do Tumblr de remover pornografia da plataforma e os polêmicos aplicativos espiões que stalkeiam a vida dos parceiros. Confira, na lista a seguir, as dez matérias da editoria de aplicativos móveis do TechTudo mais lidas em 2019.

Corrida de R$ 7 mil no Uber foi a notícia mais lida de Apps no TechTudo em 2019 — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Uma corrida de R$ 7 mil

A matéria mais lida do ano contou a história de um passageiro que tirou um cochilo durante uma viagem do Uber e acordou com uma conta no valor de R$ 7 mil para pagar. O caso aconteceu em outubro, na Inglaterra.

Durante a soneca do usuário, o motorista, que deveria ter percorrido 16 quilômetros, rodou por mais de 480 quilômetros em total silêncio. O passageiro precisou divulgar o caso nas redes sociais para que o Uber tomasse uma providência — a empresa se prontificou a trabalhar em cima do caso para encontrar uma solução.

2. Motoristas aplicam golpes em passageiros

O golpe conhecido como "Treme Treme" também se popularizou no ano de 2019. Motoristas do Uber e do 99 estavam burlando o GPS dos aplicativos para que as viagens precisassem percorrer um trajeto maior que o necessário, deixando o valor até quatro vezes maior para o passageiro.

A fraude era aplicada sem que o usuário percebesse, já que o motorista estaria seguindo o caminho traçado pelo aplicativo. A situação era ainda pior quando, mesmo punidos pelo Uber, alguns golpistas compravam contas falsas para continuar pegando passageiros pela plataforma.

3. Golpes no TikTok

Golpistas usavam o TikTok para ganhar dinheiro — Foto: Divulgação/TikTok

O TikTok também foi usado por golpistas para disseminar um esquema fraudulento. Em um dos casos, os bandidos usavam vídeos de mulheres dançando de biquíni, originalmente publicados no Instagram ou no Snapchat, para atrair as vítimas.

As filmagens redirecionavam os usuários para um site de pornografia externo, que geravam dinheiro para os criminosos a cada clique ou assinatura de planos premium. A ByteDance, empresa responsável pelo TikTok, disse que removeu todas as contas mencionadas no relatório da empresa de segurança que identificou o crime.

4. Boato envolvendo aplicativo de caronas

Um boato que circulou pela Internet em meados de outubro anunciou a chegada de um aplicativo holandês que aceitaria pagamento de caronas com sexo. A notícia falsa foi bastante pesquisada no Google e comentada no Twitter.

Os rumores apontavam que o aplicativo chegaria ao Brasil em 2020, e funcionaria por meio de assinatura mensal para passageiros e motoristas, que poderiam escolher opções de gênero antes das supostas viagens. Diversos fatores denunciaram que tudo não se passava de boato e que o aplicativo era falso.

5. Segredos dos motoristas do Uber

Esta lista reuniu algumas informações sobre o funcionamento do Uber que apenas os motoristas parceiros do app sabem. Os condutores não são obrigados, por exemplo, a oferecer água e balas durante a viagem — esses itens são opcionais para conquistar a simpatia dos passageiros e garantir uma boa avaliação.

Algumas dicas comportamentais também foram citadas, indicando que se afastar da multidão e pedir um carro em um ambiente mais vazio, após um show, por exemplo, pode garantir mais facilidades na hora do embarque, além de deixar a corrida mais barata.

6. CNH Digital mais fácil

Versão digital da CNH tem mesmo valor jurídico que o do documento impresso — Foto: Divulgação/Serpro

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH Digital) passou a ser emitida pelo celular de forma mais fácil, sem a necessidade de comparecer a um posto do Detran ou do uso de um certificado digital. A versão digital tem a mesma validade do documento de papel.

Este tutorial ensinou como cadastrar o documento no aplicativo para iPhone (iOS) e Android. Vale dizer que, para realizar o procedimento, é preciso que a carteira de motorista tenha sido emitida a partir de maio de 2017 e que contenha um QR Code no verso.

7. As facilidades do Google Duo

Google Duo tem recursos úteis para facilitar a sua vida — Foto: Ana Marques/TechTudo

Esta lista mostrou alguns dos recursos mais interessantes do Google Duo, aplicativo de videochamadas do Google que já vem instalado no Android e que também está disponível para iPhone (iOS). Entre as funções listadas está a possibilidade de ver quem está ligando antes de atender a chamada, mandar recados em vídeo ou áudio, fazer o cadastro utilizando apenas o número do celular e utilizar o aplicativo em tablets.

8. Tumblr bane pornografia e perde milhões de usuários

Primeiro mês de proibição de pornografia mostrou queda expressiva nas visitas do Tumblr — Foto: Felipe Garrett/TechTudo

O Tumblr, que decidiu banir o conteúdo pornográfico de sua plataforma em 2018, perdeu 84 milhões de usuários em março de 2019. A queda foi registrada pelo serviço SimilarWeb nos três meses seguintes à restrição da pornografia. Apesar de o serviço já ter apresentado uma redução no número de acessos nos meses anteriores, a proibição recebeu muitas críticas dos usuários, o que pode ter resultado no abandono desses perfis.

9. Aplicativos espiões causam polêmica

Esta matéria explicou como funcionam os aplicativos stalkerwares, serviços de espionagem de smartphones que tiveram crescimento de 228% no Brasil no último ano. Com o software, os usuários, que muitas vezes são parentes controladores ou parceiros amorosos ciumentos, podem rastrear todas as atividades realizadas no aparelho das vítimas, sem o seu consentimento, tendo acesso a informações como a localização, conversas em redes sociais e até gravar vídeos e áudios.

10. Os apps mais baixados

Facebook Messenger foi o app mais baixado de 2018 — Foto: Wallace Nascimento/TechTudo

Esta lista, publicada em janeiro, mostrou os dez aplicativos mais baixados de 2018 no mundo. Messenger, Facebook e WhatsApp, todos do mesmo grupo empresarial de Mark Zuckerberg, garantiram os primeiros lugares da lista. Também aparecem no ranking o TikTok, Instagram e Snapchat. Estes mesmos aplicativos também foram os mais baixados da década.

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os aplicativos vencedores

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os aplicativos vencedores

O que significa a gíria "fazer o Uber"? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo