Jogos de ação

Por Igor Nishikiori, para o TechTudo


A franquia Grand Theft Auto (GTA), da Rockstar Games, tem um longo histórico de controvérsias em sua história. Por conta da temática violenta e por já ter mostrado cenas de sexo e uso de drogas, a série é um dos alvos preferidos das autoridades quando se pensa em censura e proibição nos games.

Porém, fora as polêmicas habituais, algumas edições do jogo já sofreram sanções por conta de jogatinas ilegais no modo online e até pelo uso sem autorização de um funk brasileiro. Na lista a seguir, relembre cinco casos famosos de proibição da franquia GTA.

GTA Online permite fazer apostas como em um cassino de verdade — Foto: Divulgação/Rockstar Games

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Vários países: cassino do GTA Online

Em julho de 2019, a Rockstar lançou a atualização Cassino e Resort Diamond para GTA 5, que acrescenta um gigantesco complexo de entretenimento no modo multiplayer online do game. Porém, nem todo mundo pode desfrutar da novidade.

Gamers de diversos países relataram em fóruns, como no site Reddit, que foram impedidos de comprar fichas e fazer apostas no cassino. Entre os locais afetados estão Argentina, Paraguai, Portugal, China e Coreia do Sul. O motivo dessa restrição são as leis que regulamentam os jogos de azar em cada país. Curiosamente, jogadores brasileiros não foram afetados por essa restrição.

2. Mundo: The Ballad of Gay Tony

Funk brasileiro quase fez The Ballad of Gay Tony ser proibido no mundo inteiro — Foto: Divulgação/Rockstar

Em 2010, uma juíza de Barueri (SP) proibiu a comercialização do DLC The Ballad of Gay Tony, de GTA 4, em todo o planeta. Isso porque a trilha sonora da expansão conta com uma faixa intitulada “Conga Kid feat. MC Miltinho”, do produtor musical Daniel Haaksman. O problema é que a música em questão conta com um sample não autorizado do funk “Bota o Dedinho pro Alto”, o que constitui uma violação de direitos autorais.

A sentença acabou sendo derrubada pouco tempo depois e acabou não tendo efeito. Com isso, o DLC continuou à venda no mundo.

3. Austrália: GTA 5 e San Andreas

GTA San Andreas foi proibido após revelação de minigame adulto escondido — Foto: Reprodução/Alchetron

A Austrália tem uma legislação bastante dura em relação a games que simulam a prática de crimes ou o uso de drogas. Porém, no caso do GTA 5, a proibição não partiu do governo, mas de duas grandes redes de loja do país. A iniciativa veio de três mulheres vítimas de violência sexual. Em 2014, elas iniciaram uma petição que recolheu mais de 40 mil assinaturas pedindo pela retirada do game das lojas, o que acabou atendido.

Antes disso, em 2008, o governo australiano já tinha banido o GTA: San Andreas por causa da polêmica envolvendo o mod Hot Coffee, um minigame escondido que permitia simular cenas de sexo explícito. Com isso, o órgão de classificação do país pediu pela retirada do game das lojas para que ele pudesse passar por uma mudança na faixa etária.

4. Arábia Saudita: GTA 5

GTA 5 foi banido por causa da Baleia Azul — Foto: Divulgação/Rockstar

Em 2018, o caso da morte de uma menina de 13 anos e de um menino de 12 anos causaram comoção na Arábia Saudita. Segundo as autoridades locais, ambos teriam se matado no jogo conhecido como Baleia Azul. Em resposta, uma comissão do governo saudita decidiu banir 47 games considerados violentos demais, como Assassins Creed 2, God of War, Resident Evil, além de GTA 5. O curioso é que jogos como Street Fighter V e Yo-Kai Watch também entraram na lista.

O jogo da Baleia Azul surgiu em redes sociais da Rússia em 2016 e tinha crianças como alvo. Elas eram obrigadas a cumprir uma série de desafios por um período de tempo, sendo o desafio final o suicídio. Em todo o mundo apareceram casos de morte de crianças que supostamente teriam participado do desafio. Porém, as autoridades sauditas não explicaram a relação da Baleia Azul com jogos violentos.

5. Tailândia: GTA 4

GTA 4 teria motivado crime na Tailândia — Foto: Divulgação/Rockstar

Um crime brutal cometido por um jovem supostamente inspirado no game fez com que o governo da Tailândia proibisse o GTA 4 em seu território em 2008. Segundo a polícia local, o homem de 18 anos confessou que a motivação era descobrir se roubar um táxi é fácil igual no game. O dono do veículo, de 54 anos, reagiu e acabou morto após levar uma facada.

Apesar da proibição do GTA 4, o GTA 5 (lançado em 2013) é vendido normalmente na Tailândia.

GTA San Andreas: como usar códigos e cheats

GTA San Andreas: como usar códigos e cheats

Existem gangues brasileiras no GTA 5 online? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo