Por Ana Lorena Paiva (colaboração) e Yuri Hildebrand (redação)


Existem diversas opções de ar-condicionado para comprar no Brasil. Entre as principais marcas no país estão Samsung, LG, Midea, Eletrolux, entre outras, que oferecem eletrodomésticos de diferentes tipos. É possível encontrar, por exemplo, aparelhos split, portáteis e até dispositivos equipados com tecnologia Inverter. Outra opção é buscar uma opção com conectividade Wi-Fi e controles via aplicativo, que costuma prometer maior economia, apesar do preço mais alto.

Pensando nisso, o TechTudo reuniu uma lista com cinco modelos de ar-condicionado para comprar no mercado brasileiro em 2020. Vale ressaltar que os preços são de responsabilidade das lojas online, e podem mudar a qualquer momento, sem aviso prévio.

Ar-condicionado portátil vale a pena? Veja qual aparelho é melhor comprar

Ar-condicionado portátil vale a pena? Veja qual aparelho é melhor comprar

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Springer Midea QCI 10.000 BTUs – R$ 958

Seja por conta da fácil instalação ou devido aos espaços na parede próprios para modelos desse tipo, os aparelhos de ar-condicionado de janela ainda fazem sucesso entre os usuários. Ainda que esses eletrodomésticos estejam atrás dos dispositivos Split no mercado, o Springer Midea QCI105BB atende à demanda de quem busca uma opção mais simples.

Com 10.000 BTUs, o produto promete ser ideal para cômodos de 15 m². Além disso, o aparelho é um dos mais econômicos do mercado, com consumo de 963 Watts e Selo Procel A de classificação energética. O dispositivo conta ainda com sistema de renovação de ar e fluido refrigerante ecológico R410-A. Seu preço também é interessante, já que é possível encontrar o modelo com preços começando em cerca de R$ 958 no e-commerce nacional.

Ar-condicionado de janela Springer Midea QCI 10.000 BTUs promete economizar energia e é opção mais barata da lista — Foto: Divulgação/Midea

2. Eletrolux Split Ecoturbo 9.000 BTUs – R$ 1.055

O Ecoturbo Split, da Eletrolux, promete ser suficiente para espaços compactos e sem um fluxo intenso de pessoas. Seus recursos incluem tripla filtragem, auto limpeza e desumidificador. Com consumo médio de 815 Watts de energia, o produto é econômico e está disponível para comprar no mercado brasileiro por preços que partem dos R$ 1.055.

Um ponto negativo do modelo é o fato de não ser silencioso, o que pode fazer a diferença para pessoas com sono mais leve. O ar-condicionado inclui ainda a função timer, que deve ajudar a economizar energia, e promete se adequar automaticamente à temperatura corporal durante a noite. O aparelho é simples e não traz grandes inovações, contando com configuração fácil e intuitiva.

Eletrolux Split Ecoturbo 9.000 BTUs é mais uma opção econômica e de baixo custo — Foto: Divulgação/Eletrolux

3. Samsung Split Inverter Digital 8-polos 9.000 BTUs – R$ 1.443

O ar-condicionado Split Inverter Digital de 8-polos, da Samsung, tem a proposta de ser silencioso e potente. O modelo conta com a tecnologia Virus Doctor, que ajuda a manter o ar fresco, garantir a limpeza interna do equipamento e eliminar até 99% de certos tipos de vírus, bactérias e alérgenos. Outra promessa da fabricante é entregar um produto duradouro e de alto desempenho, com garantia de 10 anos.

A tecnologia Inverter, disponível no aparelho, tem como foco principal a economia de energia, atuando para manter o fluxo de ar sem o padrão on/off dos dispositivos convencionais. Além disso, o ar-condicionado não deve apresentar muitos ruídos, sendo interessantes para quartos e até estúdios de gravação. Com refrigerante ecológico R410-A, o modelo da Samsung pode ser encontrado no mercado brasileiro por, pelo menos, R$ 1.443.

Samsung Split Inverter Digital 8-polos 9.000 BTUs conta com tecnologia Inverter, que mantém o fluxo de ar para economizar energia — Foto: Divulgação/Samsung

4. Springer Midea MPH-12CRV1 12.000 BTUs – R$ 1.799

O Springer Midea MPH-12CRV1 é um ar-condicionado portátil, algo bastante interessante para quem não pretende investir em uma instalação mais complicada, caso dos aparelhos split. Além disso, o aparelho pode ser utilizado em diferentes cômodos, garantindo uma refrigeração completa de cômodos de até 20 m². O modelo está disponível para comprar no Brasil por a partir de R$ 1.799.

Seus recursos incluem funções de timer e regulagem de temperatura automática por até 7 horas seguidas. O produto da Midea é mais um com fluido refrigerante ecológico R410-A, que é menos nocivo à camada de ozônio, atóxico e não inflamável.

Ar-condicionado Portátil Springer Midea 12.000 BTUs — Foto: Divulgação/Midea

5. LG Split Dual Inverter Voice Artcool 12.000 BTUs – R$ 2.339

Atendendo ao consumidores mais exigentes, a LG oferece o modelo Dual Inverter Voice Artcool, que permite controlar diversas funções por meio dos assistentes Google Assistente e Alexa, da Amazon. O produto promete ainda economizar até 70% mais em relação a aparelhos comuns e garantir uma refrigeração até 40% mais rápida.

Outro recurso interessante do dispositivo é a possibilidade de realizar ajustes ou até programar horários de funcionamento por meio do app LG ThinQ da marca, voltado para casa conectada. Além disso, com design preto e refrigeração silenciosa, o produto pode ser instalado em qualquer ambiente. Seu preço no mercado nacional é de, pelo menos R$ 2.339 na opção DE 12.000 BTUS, mas também está disponível em versões de 18.000 e 24.000 BTUs.

Confira mais informações sobre o ar-condicionado no vídeo a seguir:

LG lança a linha DUAL Inverter VOICE, ar-condicionado Wi-Fi que economiza luz

LG lança a linha DUAL Inverter VOICE, ar-condicionado Wi-Fi que economiza luz

Para Importar: Xiaomi Internet Air Conditioner 12.000 BTUs

Apesar de não estar disponível para comprar oficialmente no Brasil, o Internet Air Conditioner, da Xiaomi, pode ser uma opção interessante para quem considera a importação. O produto promete máxima eficiência na refrigeração e economia nas contas de luz, sendo interessante para uso doméstico. Com design minimalista e disponível na cor branca, o eletrodoméstico deve combinar com a maioria dos ambientes.

Além disso, segundo a fabricante, o modelo é silencioso, emitindo ruídos de apenas 23 dB por conta de um sistema para reduzir o barulho da refrigeração. A conectividade Wi-Fi também é um diferencial do aparelho, sendo possível utilizar um aplicativo próprio da marca para acionar funções de forma remota. Para comprar o ar-condicionado da Xiaomi, é necessário importar e, portanto, considerar o frete e possíveis taxas. Seu preço médio é de 2.299 yuans, algo em torno de R$ 1.318 em conversão direta, sem impostos.

Internet Air Conditioner da Xiaomi tem verões de 1 e 1,5 toneladas de refrigeração — Foto: Divulgação/Xiaomi

Qual ar-condicionado gasta pouca energia? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo