Jogos de tiro

Por Rodrigo Yung, para o TechTudo


Counter-Strike surgiu como um mod de Half-Life, lançado em 1999. Após alguns patches, o game recebeu em 2003 o CS 1.6, que logo virou uma "febre" nas lan houses do Brasil nos anos 2000 ao lado de games com Warcraft 3, Global MU Online e Diablo 2. O título tinha jogabilidade simples e comportava até 32 jogadores simultâneos por mapa, e a grande variedade desses cenários mantinha o jogo popular e atualizado. Relembre, a seguir, alguns dos mapas que viraram referência no CS e marcaram a geração 2000.

Parte da fama de Counter-Strike 1.6 se dava por conta de seus mapas icônicos — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung Parte da fama de Counter-Strike 1.6 se dava por conta de seus mapas icônicos — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Parte da fama de Counter-Strike 1.6 se dava por conta de seus mapas icônicos — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Aztec

O de_aztec era um mapa de detonação cujo objetivo dos terroristas era destruir as ruínas astecas. O cenário era bem grande e proporcionava diversas estratégias, o que o tornava bem versátil. Lançado na versão original do CS 1.6, o mapa também está presente no Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Apesar de ter sido lançado oficialmente pela Valve, há uma versão criada pela comunidade que foi feita com o intuito de tornar o mapa mais fiel ao original. Ela está disponível gratuitamente na loja da Steam.

A de_aztec era um dos mapas originais mais populares do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung A de_aztec era um dos mapas originais mais populares do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

A de_aztec era um dos mapas originais mais populares do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

No lançamento original do Counter-Strike, o jogo contava com o de_dust, mapa de tema desértico cuja missão terrorista era de detonar uma bomba. O criador do cenário se inspirou em screenshots vazadas antecipadamente de uma arena desértica de Team Fortress 2. Porém, a Dust ganhou uma versão melhorada que se tornou muito mais popular que a original, chamada de_dust2. A popularidade do cenário foi tão grande que, quando o CS:GO foi lançado, um dos mapas originais do game foi justamente inspirado nessa segunda versão. A Dust2 é tão famosa que é possível encontrar versões dela em jogos como Far Cry e Minecraft, todas feitas por fãs.

Sucessora de um dos mapas originais, de_dust2 é popular até hoje — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung Sucessora de um dos mapas originais, de_dust2 é popular até hoje — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Sucessora de um dos mapas originais, de_dust2 é popular até hoje — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Nostalgia: relembre games que marcaram os anos 90:

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Pool Day

Um dos mapas mais populares na época das lan houses, a fy_pool_day era uma área de piscina, como diz o nome em inglês (dia de piscina, em tradução livre). Criado pela comunidade, o mapa era uma espécie de corredor quadrado com uma grande área aberta no meio, onde ficava a piscina. No começo do round, os jogadores deveriam pegar armas no chão. Porém, o mapa era bastante aberto, e muitas vezes quase que imediatamente após o fim do freeze time o tiroteio já começava.

Dentro da piscina, os jogadores podiam coletar granadas, e na ponta do trampolim era possível comprar itens, como colete ou escudo tático. Uma tática bem divertida, apesar de bastante manjada, era subir nas cabines dos banheiros e, eventualmente, acertar algum oponente desavisado pelas costas. O mapa foi recriado para o CS:GO e pode ser baixado e instalado no jogo através da Steam.

A fy_pool_day é um mapa rápido e frenético, por isso é tão popular — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung A fy_pool_day é um mapa rápido e frenético, por isso é tão popular — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

A fy_pool_day é um mapa rápido e frenético, por isso é tão popular — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Iceworld

Assim como a Pool day, a fy_iceworld também era um mapa muito popular entre os jogadores de CS 1.6, criado pela comunidade. Era um mapa de pegar armas no chão, mas ao contrário da Pool Day, na Iceworld o ambiente era mais fechado, sendo necessário prestar atenção aos corredores que cortavam os blocos de gelo e neve, que ficavam no meio da fase. Ainda assim, as partidas na Iceworld eram bem rápidas e frenéticas, o que contribuía para a sua popularidade. Da mesma forma que a Pool Day, a Iceworld está disponível para o CS:GO na loja oficial da Steam.

Mesmo sendo mais lento que a fy_pool_day, a fy_iceworld é um mapa referência do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung Mesmo sendo mais lento que a fy_pool_day, a fy_iceworld é um mapa referência do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Mesmo sendo mais lento que a fy_pool_day, a fy_iceworld é um mapa referência do CS 1.6 — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Rio

Talvez um dos mapas mais emblemáticos do CS 1.6, o cs_rio trazia uma missão de resgatar reféns em um ambiente que simulava uma favela carioca. A topografia de morro, residências simples, vielas estreitas e até um campinho de várzea (onde era possível “jogar futebol”) facilitavam a ambientação, além, é claro, do controverso rap que era possível ouvir em alguns pontos da fase.

A música fazia alusão às guerras de facções e acabou sendo um dos combustíveis do debate envolvendo a proibição de Counter-Strike em lan houses na época, sob a alegação de apologia ao crime organizado. Ainda assim, o mapa era uma referência de CS 1.6 no Brasil, e sua popularidade aumentou ainda mais após o lançamento do filme Tropa de Elite, em 2007. O mapa também foi recriado pela comunidade e pode ser adicionado ao CS:GO através da Steam.

Na cs_rio era possível jogar futebol em um campinho de várzea — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung Na cs_rio era possível jogar futebol em um campinho de várzea — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Na cs_rio era possível jogar futebol em um campinho de várzea — Foto: Reprodução/Rodrigo Yung

Quer jogar Counter Strike 1.6 online e não consegue? Veja dicas no Fórum TechTudo

Mais do TechTudo