Jogos de cartas

Por Anna Kellen Bull*, de Irvine, nos Estados Unidos


Hearthstone anunciou, na última terça-feira (17), o início da pré-venda da Cinzas de Terralém, primeira expansão do Ano da Fênix de 2020. Com lançamento marcado para 7 de abril no PC e celular Android ou iPhone (iOS), o conteúdo chega para homenagear World of Warcraft: The Burning Crusade, que é ambientado em um mundo devastado pela guerra. A Blizzard promete adicionar muitas mudanças ao meta do jogo, com a inclusão de até 80 pacotes de cards (10 pacotes extras) e uma classe inédita: Caçador de Demônios.

O herói jogável, Illidan Tempesfúria, fica disponível grátis para todos os jogadores. A empresa contou ao TechTudo todos os detalhes da expansão no Hearthstone Summit 2020, que ocorreu em Irvine, nos Estados Unidos, em fevereiro. A seguir, veja cinco destaques e dicas sobre os novos conteúdos, de acordo com desenvolvedores e jogadores do título.

Hearthstone: cinco destaques e dicas para a expansão Cinzas de Terralém — Foto: Divulgação/Blizzard

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Caçador de Demônios: primeira classe adicionada desde o lançamento

A expansão Cinzas de Terralém é a primeira do Ano da Fênix e adiciona o herói Illidan Tempesfúria, o Senhor de Terralém, à classe Caçador de Demônios. De acordo com a Blizzard, Illidan tem personalidade destrutiva e vingativa, além de contar com ataques rápidos e devastadores. Seu Poder Heróico de Garras Demoníacas oferece impulso ao Ataque do Herói por um turno pelo custo de um cristal de mana. Os cards com a palavra-chave Exilar ficam mais fortes e ativam efeitos extras ao jogá-los da posição mais à direita ou à esquerda da mão do usuário.

Caçador de Demônios em Hearthstone — Foto: Divulgação/Blizzard

Segundo Nayara Sylvestre (NaySyl), jogadora brasileira com a melhor campanha da Masters Tour Arlington de Hearthstone, a nova classe é a novidade mais empolgante de Cinzas de Terralém. "Caçador de Demônios é algo que estava esperando faz bastante tempo e eu sempre falei que achava que a nova classe tinha que ser essa. Joguei um tempo de WoW, mas foi o suficiente para ficar muito viciada e, na época, eu jogava em dupla com um Demon Hunter".

Já Sarah Chen, engenheira de software de Hearthstone, acredita que o Prólogo do Caçador de Demônios pode fazer com que cada vez mais pessoas mergulhem no mundo do Senhor de Terralém. "Eu acho que o Prólogo vai introduzir a experiência do Caçador de Demônios aos jogadores. Ter os usuários entrando nisso, na história de World of Warcraft, mas pelos olhos de Hearthstone, será muito interessante e empolgante. Os novos cards vão incrementar ainda mais a experiência de jogo".

Hearthstone: Nayara Sylvestre é a jogadora brasileira com melhor campanha da Masters Tour Arlington — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

2. Lendários Supremos

Os Lendários Supremos são outros destaques da nova expansão. "Os Supremos são minions que você joga no tabuleiro normalmente, mas, quando eles são eliminados, colocam uma versão superior deles mesmos aleatoriamente dentro do seu deck", explica Sarah. Cada classe conta com seu próprio Supremo, como, por exemplo, o Guerreiro com o Karrath Carpunhal.

Karrath tem 4/4 de quatro de mana com Rapidez na forma inicial, mas evolui para o Supremo com 10/10 de oito de mana com Rapidez. Além disso, ele ainda oferece 10 de Armadura ao destruir um lacaio adversário. "Eles são muito poderosos com a adição dessa versão melhorada. Os Supremos também têm grandes e novos efeitos quando estão de volta ao baralho", complementa.

Ben Lee, diretor de Hearthstone, concorda que os Supremos são importantes na nova atualização. "Eles têm incríveis poderes, como o lacaio Karrath Carpunhal de Guerreiro, que é um personagem muito importante da história de WoW. Quando é eliminado do tabuleiro, o minion volta poderoso com armadura extra e rapidez".

Hearthstone: Sarah Chen (engenheira de software) Alec Dawson (designer do jogo) — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

3. Demônios Aprisionados

Mais uma novidade da atualização, os Demônios Aprisionados entram no jogo "adormecidos" por dois turnos. No início da partida, eles não conseguem atacar, mas são imunes a todas as ameaças. As vantagens desses lacaios são os efeitos que prometem decidir o game e mudar o ritmo das jogadas. Segundo a Blizzard, embora fiquem paralisados por dois turnos, os lacaios Adormecidos têm características e efeitos poderosos para o jogador usar quando eles escapam dos ataques.

4. Mudanças no modo ranqueado

A classificação do modo ranqueado também recebe melhorias ao ser substituída por um novo sistema de liga. O pareamento conta com um sistema de progressão mais divertido e com recompensas satisfatórias, segundo a Blizzard. A partir de agora, há cinco ligas: cada uma constituída por 10 ranques. O jogador começa a temporada no Bronze 10, deve jogar até alcançar o Bronze 1 e, depois, passar à liga Prata, Ouro, Platina e Diamante.

Mais novidades do Ano da Fênix em Hearthstone — Foto: Divulgação/Blizzard

O objetivo é chegar à Lenda. As ligas também têm pisos nos ranques 10 e 5 – ou seja, enquanto estiver neles, o usuário não cai após derrotas. Já os novos jogadores estão em uma liga própria, que vai dos ranques 40 a 1. Por fim, vale ressaltar que os ranques de Lenda continuam com o mesmo funcionamento atual.

De acordo com Sarah, a novidade deve deixar o jogo mais envolvente. "Nós trouxemos um novo modo de ranqueamento, que muda o jeito sobre como você joga e a experiência no modo ranqueado. A proposta é empoderar o jogador, e fazê-lo se sentir mais engajado no jogo. O usuário agora progride melhor no modo ranqueado", promete.

Novos cards Caçador de Demônios de Hearthstone — Foto: Divulgação/Blizzard

5. Dicas para novos jogadores e usuários que retornam

Hearthstone promete fazer com que os novatos continuem engajados no game. O jogo anuncia que agora oferece um deck competitivo de forma gratuita da classe que o novo usuário desejar – montado com cards do Ano do Dragão. Os participantes que retornam ao jogo, após ficarem distantes por quatro meses, também são presenteados com um pacote de cartas grátis.

Em relação às pessoas que vão ingressar agora na aventura, Nayara é otimista e dá algumas dicas: "o sistema novo deles vai facilitar muito a entrada do jogador. Isso porque, logo quando ele logar e fizer a conta nova, já vai ganhar um deck competitivo após passar por alguns desafios".

Como jogar Hearthstone

Como jogar Hearthstone

A extensão do sistema de "nenhuma duplicada de Lendários" para todas as raridades de cartas (de Comuns e Lendários) também foi outro ponto abordado pela jogadora profissional. "Agora não tem mais as cartas repetidas de raridade e isso ajuda bastante, porque é o que impossibilita de ter um farming rápido da coleção hoje em dia", analisa. "É que tem muita carta repetida que você acaba abrindo, e agora com esse novo sistema vai ajudar muito", completa Nay.

Nayara recomenda ainda que os usuários completem as missões diárias, com o objetivo de juntar ouro e não precisar investir dinheiro de verdade para comprar um pacote. "Assistir aos streams também ajuda bastante. Eu, pelo menos, consigo me desenvolver muito assistindo aos streams de campeonatos. Ao ver os pro players jogarem, uma ferramenta que as pessoas devem utilizar mais é o chat na stream. Se o jogador fez uma jogada que você não entendeu, use o chat pra perguntar por que ele fez aquilo", sugere.

Já Ben Lee acredita que o novo usuário deve usar apenas uma classe inicialmente. "Eu acho que quando novos jogadores entram no game, e vão pelo sistema de ranqueamento, é bom focar na classe que você realmente curte. Cada classe joga alguma coisa e tem um poder. Ache uma classe que você se identifique e ame jogar e foque nela", aconselha o executivo. "Quando você dominar essa classe, vá para uma segunda, com diferentes poderes. Quando o meta do game mandar você mudar para outra, você pode adaptar e tem duas opções", finaliza.

*A jornalista viajou aos Estados Unidos a convite da Blizzard

Qual seu baralho favorito no Hearthstone? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo