Áudio e vídeo

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


Fazer videoconferências é uma tarefa simples quando se pode contar com a ajuda de ferramentas online gratuitas. Plataformas como Zoom Meetings, Skype e Microsoft Teams permitem configurar reuniões remotas em poucos cliques e facilitam a vida de quem precisa fazer home office, especialmente durante a quarentena do coronavírus.

Além das chamadas de vídeo, os serviços costumam oferecer recursos como compartilhamento de tela, bate-papo e edição colaborativa de documentos. A seguir, confira oito ferramentas para fazer reuniões online grátis que podem ser usadas para trabalhar em casa durante o isolamento.

Skype Online: saiba como usar

Skype Online: saiba como usar

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Zoom Meetings

Zoom Meetings é uma ferramenta de videoconferência voltada para ambientes corporativos que suporta reuniões com até 500 participantes e webinars com público de 10 mil pessoas. O funcionamento do serviço é simples: o administrador da reunião cria uma sala e envia um convite via e-mail ou link para os participantes, que não precisam ter conta no site. Basta acessar a URL e informar um nome para entrar.

Zoom Meetings é ferramenta de videoconferência que aceita até 500 participantes — Foto: Divulgação/Zoom Zoom Meetings é ferramenta de videoconferência que aceita até 500 participantes — Foto: Divulgação/Zoom

Zoom Meetings é ferramenta de videoconferência que aceita até 500 participantes — Foto: Divulgação/Zoom

Entre os recursos oferecidos pelo Zoom Meetings estão bate-papo em tempo real, transferência de arquivos, controle de microfones, quadro de anotações, compartilhamento de tela e gravação das reuniões na nuvem. É importante ressaltar que, no modo gratuito, as reuniões em grupo têm duração máxima de 40 minutos e são limitadas a 100 participantes. Não há restrições para encontros online entre apenas duas pessoas.

Veja também: Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

2. Skype

O Skype, famoso serviço de chamadas de áudio e vídeo, também está disponível na versão para navegadores. Com uma interface semelhante à do programa para PC, o mensageiro online permite criar gratuitamente videochamadas com até 50 convidados. Não é preciso ser cadastrado no serviço para participar de uma reunião, que pode ser acessada por meio de um link.

Skype for Business é indicado para reuniões empresariais — Foto: Divulgação/Microsoft Skype for Business é indicado para reuniões empresariais — Foto: Divulgação/Microsoft

Skype for Business é indicado para reuniões empresariais — Foto: Divulgação/Microsoft

Para startups e empresas é indicado o Skype for Business, versão do mensageiro voltada para ambientes corporativos e com funções exclusivas. É possível criar reuniões com até 250 usuários, participar de chats em tempo real e compartilhar documentos, que podem ser editados durante a apresentação graças à integração com a suíte Office 365 Enterprise. Outro destaque da versão corporativa é a possibilidade de agendar reuniões direto no calendário do Outlook.

3. ezTalks

Voltada para ambientes corporativos, ezTalks oferece plano gratuito que permite reuniões com até 100 pessoas — Foto: Reprodução/ezTalks Voltada para ambientes corporativos, ezTalks oferece plano gratuito que permite reuniões com até 100 pessoas — Foto: Reprodução/ezTalks

Voltada para ambientes corporativos, ezTalks oferece plano gratuito que permite reuniões com até 100 pessoas — Foto: Reprodução/ezTalks

A ezTalks (eztalks.com) é uma plataforma projetada para videoconferências corporativas e webinars. Na modalidade gratuita, é possível reunir até 100 participantes em encontros com duração máxima de 45 minutos. Com suporte a chats privados e coletivos, compartilhamento de tela, anotações e enquetes em tempo real, o serviço requer o download de um software. Embora seja possível agendar e gerenciar reuniões no navegador, o programa é indispensável para a realização das videoconferências.

4. Google Hangouts

Com interface simples e intuitiva, Google Hangouts ajuda a reunir colegas de trabalho online — Foto: Reprodução/Google Hangouts Com interface simples e intuitiva, Google Hangouts ajuda a reunir colegas de trabalho online — Foto: Reprodução/Google Hangouts

Com interface simples e intuitiva, Google Hangouts ajuda a reunir colegas de trabalho online — Foto: Reprodução/Google Hangouts

Integrada ao Gmail, o Google Hangouts é completamente gratuito e permite criar videoconferências com até 10 pessoas em poucos cliques. Para isso, basta acessar hangouts.google.com, clicar em "Videochamada" e convidar os participantes por e-mail ou link. A ferramenta de bate-papo do Google permite compartilhar a tela do computador e conversar com os outros membros da reunião em tempo real.

5. Microsoft Teams

Microsoft Teams permite fazer videoconferências e editar documentos do Office colaborativamente em tempo real — Foto: Divulgação/Microsoft Teams Microsoft Teams permite fazer videoconferências e editar documentos do Office colaborativamente em tempo real — Foto: Divulgação/Microsoft Teams

Microsoft Teams permite fazer videoconferências e editar documentos do Office colaborativamente em tempo real — Foto: Divulgação/Microsoft Teams

O Teams é mais uma alternativa da Microsoft para a comunicação empresarial. Antes restrita a assinantes do Office 365, a ferramenta de colaboração online oferece um plano gratuito que permite criar videoconferências com até 250 pessoas, além de guardar 10 GB de arquivos por equipe e mais 2 GB por usuário.

Entre os recursos do Teams estão também compartilhamento de tela e edição colaborativa de documentos do Microsoft Word, Excel, PowerPoint e OneNote. É possível ainda conectar aplicativos externos, como Trello e Evernote.

6. Join.me

Join.me (join.me/pt) é uma plataforma que permite fazer videoconferências direto no navegador. Seu funcionamento é simples: após se cadastrar, o usuário define um link pessoal que se tornará sua sala de reuniões permanente e envia a URL para outros colegas de trabalho. Os participantes precisam apenas clicar no endereço, informar um nome e aguardar a aprovação do administrador.

Join.me: plataforma permite criar videoconferências no navegador — Foto: Reprodução/Join.me Join.me: plataforma permite criar videoconferências no navegador — Foto: Reprodução/Join.me

Join.me: plataforma permite criar videoconferências no navegador — Foto: Reprodução/Join.me

O Join.me conta com um aplicativo para desktop, mas é possível fazer as reuniões sem instalá-lo. Os recursos do serviço, que é gratuito por apenas 15 dias, incluem compartilhamento de tela, bate-papo, anotações, bolhas de vídeo para todos os participantes, controle de microfone e gravação da reunião na nuvem. Os preços dos planos de assinatura vão de R$ 41 a R$ 102.

7. Teleport.video

O funcionamento do Teleport é semelhante ao de outros serviços do segmento. Para participar de uma videoconferência, basta clicar no link enviado pelo administrador da reunião. Durante o encontro online, é possível compartilhar a tela do computador e conversar com outros participantes.

Teleport é plataforma para videoconferências — Foto: Reprodução/Teleport Teleport é plataforma para videoconferências — Foto: Reprodução/Teleport

Teleport é plataforma para videoconferências — Foto: Reprodução/Teleport

Vale ressaltar que a modalidade gratuita do Teleport permite reuniões entre apenas cinco participantes e com duração máxima de 50 minutos. Não há limites para as videoconferências em dupla. Quem quiser se livrar dessas limitações e desbloquear recursos como gravação de reuniões deverá adquirir um dos planos premium do serviço. Os preços vão de US$ 10 a US$ 45.

8. GoToMeeting

A proposta da plataforma GoToMeeting é ajudar a promover reuniões com um clique. Após breve cadastro, o usuário já pode criar uma reunião única ou uma sala de reunião online, cujo link nunca expira, e começar a convidar os participantes.

GoToMeeting é solução para comunicação empresarial remota — Foto: Reprodução/GoToMeeting GoToMeeting é solução para comunicação empresarial remota — Foto: Reprodução/GoToMeeting

GoToMeeting é solução para comunicação empresarial remota — Foto: Reprodução/GoToMeeting

Gratuito por 14 dias, o serviço oferece recursos como compartilhamento de tela, bate-papo, gravação de reuniões, linha de conferência para participação por telefone e integração com o Google Calendar. Terminado o período de avaliação, é preciso assinar um pacote premium para continuar usando o GoToMeeting. Os preços vão de US$ 12 a US$ 16 ao mês. Grandes empresas podem contratar um plano personalizado.

O Skype parou de funcionar? Veja como resolver no fórum do TechTudo

Mais do TechTudo