Por Raquel Freire, para o TechTudo


Existem diversas opções de ar-condicionado Inverter de 9.000 BTUs à venda no Brasil. Marcas como Samsung, LG, Philco e Elgin, entre outras, oferecem modelos que devem resfriar cômodos de até 15 m² sem dificuldades e ainda contam com o recurso que promete economizar até 70% de energia. Isso acontece graças a um inversor de frequência que diminui o ritmo de rotação do motor a partir de certa temperatura, ao invés de utilizar o sistema on/off. Confira a seguir seis opções de ar-condicionado 9.000 BTUs Inverter disponíveis para comprar no mercado brasileiro por até R$ 1.500.

LG lança a linha DUAL Inverter VOICE, ar-condicionado Wi-Fi que economiza luz

LG lança a linha DUAL Inverter VOICE, ar-condicionado Wi-Fi que economiza luz

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Os produtos são todos do tipo split e têm voltagem de 220 V. Portanto, antes de comprar um novo aparelho, é importante considerar a instalação e também a disponibilidade de tomadas compatíveis na sua casa. Vale ressaltar que os preços são de responsabilidade das lojas online e podem mudar a qualquer momento, sem aviso prévio.

1. Britânia BAC9000IFM9 – a partir de R$ 1.150

O BAC9000IFM9, da Britânia, é um ar-condicionado split do tipo Inverter com preços a partir de R$ 1.150 no varejo nacional. O modelo trabalha apenas em ciclo frio e opera com o gás R-410A, que não agride ao meio ambiente. Seu design traz display com efeito invisível, mais elegante e discreto, combinando com qualquer ambiente.

O eletrodoméstico também se destaca pelo filtro de ar, que promete eliminar 99% dos fungos e bactérias, e classificação energética A pelo selo Procel, característica importante para quem busca economizar energia. Se a instalação do ar condicionado for feita por um profissional autorizado, a fabricante concede ainda garantia de um ano.

Ar condicionado Inverter de 9.000 BTUs Britânia BAC9000IFM9 tem selo Procel A, o que indica boa economia de energia — Foto: Divulgação/Britânia

2. Agratto Neo – a partir de R$ 1.250

O Agratto Neo é um ar-condicionado que também trabalha apenas como refrigerador de ar. Custando em torno de R$ 1.250 no mercado nacional, o modelo proporciona economia de até 60% no consumo de energia graças à tecnologia Interver, de acordo com a fabricante. Além disso, o aparelho conta com selo Procel A, o que indica uma boa eficiência.

O dispositivo Split traz painel com iluminação em LED suave que promete não incomodar à noite, e controle remoto com display digital. Outras especificações incluem serpentina totalmente de cobre e operação com o gás ecológico R-410A.

Agratto Neo é Inverter e promete economizar até 60% de energia em relação a aparelhos comuns — Foto: Divulgação/Agratto

3. Elgin Eco – a partir de R$ 1.400

O ar-condicionado Elgin Eco vem em versões frio ou quente e frio, ambas do tipo Inverter e com 9.000 BTUs. O modelo que trabalha somente com refrigeração de ar pode ser encontrado por aproximadamente R$ 1.400, trazendo serpentina de cobre, controle remoto, display invisível e operação com gás ecológico R-410A.

Além disso, o produto traz filtro Ion Air, que retira 99% dos vírus, bactérias e ácaros do ambiente, de acordo com a Elgin. A fabricante afirma ainda que o modelo deve proporcionar cerca de 40% de economia de energia por conta da tecnologia Inverter. Caso o equipamento seja instalado por um técnico credenciado da marca, o produto fica com três anos de garantia.

Elgin Eco traz filtro Iron Air, que promete eliminar até 99% de vírus e bactérias do ambiente — Foto: Divulgação/Elgin

4. Philco PAC9000IQFM8 – a partir de R$ 1.400

O PAC9000IQFM8 é um ar-condicionado quente e frio da Philco, o que significa que também funciona como aquecedor – algo interessante para cidades onde o inverno é mais frio, por exemplo. O aparelho conta ainda com modos de operação para desumidificar e ventilar, além de funções de dormir, oscilar, timer, turbo e anti-mofo. Por ser do tipo Inverter, é mais um que promete boa economia de energia.

Assim como os demais itens da lista, o produto traz serpentina de cobre no interior e funciona com gás ecológico. Os ajustes são feitos por meio de um controle remoto que o acompanha na caixa e as informações ficam disponíveis em um display invisível de LED no split. Os preços do ar-condicionado no Brasil começam em torno de R$ 1.400.

Philco PAC9000IQFM8 também funciona como aquecedor, sendo interessante para cidades mais frias — Foto: Divulgação/Philco

5. Samsung Split Digital Inverter – a partir de R$ 1.490

O ar-condicionado Samsung Split Digital Inverter de 9.000 BTUs deve economizar até 60% de energia em comparação com modelos comuns, segundo a fabricante. O aparelho promete ainda resfriamento rápido, mas a marca indica o produto para ambientes menroes, de até 11 m².

Sua ficha técnica é compatível com a de outros dispositivos da categoria, incluindo controle remoto, função timer, display invisível, gás ecológico, filtro anti-bactéria e serpentina de cobre. O Digital Inverter está saindo por cerca de R$ 1.490 nas grandes lojas do varejo brasileiro.

Ar-condicionado Samsung Split Digital Inverter tem promessa de mais velocidade na refrigeração, mas é indicado para ambientes menores — Foto: Divulgação/Samsung

6. Hi Wall LG Dual Inverter Voice – a partir de R$ 1.500

Por R$ 1.500, é possível comprar o LG Dual Inverter Voice de 9.000 BTUs, que funciona no ciclo frio. O aparelho tem como destaque a conectividade Wi-Fi, permitindo ao usuário controlar a temperatura à distância por meio do aplicativo LG ThinQ. Outro recurso interessante é a capacidade de ser acionado por voz via Google Assistente ou Alexa.

O ar-condicionado pode direcionar o jato de ar em seis posições diferentes. Além disso, o produto traz funções de auto-limpeza, que promete eliminar bactérias e mofo no interior do aparelho, além de funcionar como desumidificador de ar. Segundo a LG, os produtos da linha Dual Inverter Voice têm capacidade de economizar até 70% mais energia que modelos tradicionais do mercado.

O Hi Wall LG Dual Inverter Voice promete economia de energia de até 70% — Foto: Divulgação/LG

Qual ar-condicionado gasta pouca energia? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo