Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


Vender pelo Instagram pode ser uma alternativa para lojas que se viram forçadas a fechar as portas devido à quarentena do novo coronavírus. A rede social, que conta com um recurso para compras direto na plataforma, é especialmente útil para pequenos negócios que precisam maximizar seu alcance e adaptar suas operações à realidade imposta pela pandemia. A seguir, confira oito dicas para montar uma loja no Instagram.

Como vender pelo Instagram? Veja dicas para montar uma loja na rede social — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Veja também: Instagram Modo Noturno: como deixar o app com fundo escuro

Instagram Modo Noturno: como deixar o app com fundo escuro

Instagram Modo Noturno: como deixar o app com fundo escuro

1. Tenha um perfil comercial com uma boa descrição do negócio na bio

O primeiro passo para vender no Instagram é criar um perfil comercial. Contas comerciais permitem analisar métricas como alcance das publicações, impressões, interações e visitas ao perfil. Também é possível obter dados sobre o público que segue a página, incluindo localização, gênero, idade, faixa etária e períodos de maior atividade na plataforma. Donos de perfis business podem, ainda, promover posts.

Perfil comercial com descrição completa do negócio — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Com a conta devidamente configurada, é preciso descrever o seu negócio na bio do Instagram. A descrição não deve deixar dúvidas sobre o segmento no qual você atua e o produto que oferece ao cliente. Caso sua marca tenha um site para vendas, é importante incluir o link da loja virtual na bio. Se precisar agregar múltiplos links, experimente recorrer a ferramentas como Linktree.

2. Poste fotos e vídeos com boa qualidade e descrição

O Instagram é uma rede social visual. Se você quiser vender na plataforma precisa ter isso em mente. Invista em fotos de boa qualidade para compor um feed atrativo e aproveite os vídeos para explorar as características do produto, como acabamento e proporções. Vale também explicar o modo de usar e vantagens da mercadoria.

Invista em fotos de boa qualidade para criar um feed visualmente atraente — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Na legenda, descreva o produto em detalhes e informe também o preço e as condições de pagamento. Evite revelar o valor da mercadoria apenas por mensagens privadas - as famosas DM. Essa tática dificulta a operação de venda e pode afastar potenciais clientes.

3. Use hashtags

As hashtags são a principal forma de indexação de conteúdo no Instagram. Quando bem utilizada, essa ferramenta pode atrair novos seguidores até sua página e ajudar a alavancar o número de vendas. Para isso, pesquise as principais hashtags usadas no seu nicho de mercado e adicione-as ao seus posts. Se estiver com dificuldade, experimente utilizar o site Tags Finder.

Hashtags indexam conteúdo à busca do Instagram — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Desta forma, as pessoas que seguem a hashtag poderão visualizar o post e chegarão até o seu perfil com maior facilidade. Se a página oferecer conteúdos de valor, fotos de qualidade e descrições completas, é possível que você ganhe um cliente. Vale lembrar que o Instagram permite até 30 hashtags por post, mas é recomendado usar o recurso com moderação.

4. Use a função "Loja"

A função de compras do Instagram permite que marcas cadastrem e vendam seus produtos direto na rede social. O recurso diminui o caminho de compra do cliente, que não precisa sair da plataforma para adquirir as mercadorias.

Aba "Loja" reúne todos os itens anunciados por uma marca no Instagram — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

Para criar uma loja no Instagram é preciso ter uma conta comercial e uma página do negócio no Facebook. Em seguida, basta vincular o perfil do Instagram ao seu catálogo do Marketplace ou do Gerenciador de Negócios e fazer a marcação dos produtos nos posts.

5. Aproveite os Stories

O Instagram Stories é uma ferramenta muito útil para gerar engajamento entre a marca e os seguidores. Segundo um levantamento da empresa Social Bakers, o uso de Stories de forma comercial cresceu 21% de 2018 a 2019. O sucesso se deve, em grande parte, ao formato dinâmico da ferramenta, que permite criar uma relação mais próxima com o consumidor.

Uso do Instagram Stories de forma comercial cresceu 21%, aponta estudo — Foto: Marvin Costa/TechTudo

Aproveite os stickers dos Stories, como os de perguntas, enquetes e testes, para criar conteúdos interativos. Outra dica é utilizar o espaço para mostrar os bastidores do negócio, quem compõe a equipe e outros momentos descontraídos. Vale citar que, se a sua conta tiver mais de 10 mil seguidores, você pode atrelar o link de um produto aos Stories – o famoso recurso "arrastar para cima".

6. Responda DMs e interaja com os seguidores

Um bom atendimento é fundamental para garantir a satisfação e a fidelização do consumidor. Por isso, lembre-se de checar a caixa de mensagens e responder os clientes com o máximo de agilidade possível. Vale lembrar que, além de permitir um contato mais direto com o comprador, o espaço das Direct Messages (DMs) suporta o envio de links, recurso estratégico para redirecionar o cliente ao site do negócio.

Direct permite interagir com o consumidor de maneira mais próxima — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Para consolidar a marca no Instagram, é importante também interagir com os seguidores. Aproveite os comentários para conversar com o cliente e construir um relacionamento com ele. Outra dica válida é repostar, na sua própria página, os Stories que os consumidores publicam com o seu produto. Com isso, você reconhece o cliente e mostra aos demais seguidores que vale a pena investir na sua marca.

7. Faça parceria com influenciadores

Fazer parcerias com influenciadores é uma forma de criar uma ponte entre a marca e o público de maneira mais efetiva. Nessa relação, a empresa se beneficia da confiança já estabelecida entre os potenciais consumidores e o influencer, fator que pode afetar diretamente a decisão de compra. Por isso, vale pesquisar formadores de opinião que podem ajudar na divulgação do seu negócio no seu segmento.

Se você está dando os primeiros passos no e-commerce do Instagram, a dica é apostar em microinfluenciadores. Segundo levantamento da Social Bakers, 97% dos influenciadores do Instagram têm menos de 10 mil seguidores. Não se atenha tanto aos números: apesar de não alcançarem um público tão expressivo, esses influencers apresentam taxas de conversão e engajamento consistentemente mais altas.

8. Ofereça cupons, ofertas ou descontos exclusivos para os seguidores

Ofertas e descontos sempre chamam a atenção dos consumidores. Aproveite o Instagram para criar posts ou Stories com cupons exclusivos para os seguidores da rede social. Experimente também incorporar concursos à sua estratégia de marketing. Eles contribuem para o aumento do engajamento e ajudam a atrair novos seguidores, que podem se tornar potenciais clientes.

Problemas com o Direct do Instagram? Veja como resolver no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo