Imagens

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Google Fotos é um serviço de backup de imagens e vídeos gratuito e ilimitado para Android, iPhone (iOS), Windows, macOS e web. A solução é uma das opções mais vantajosas para quem precisa guardar mídia na nuvem e não deseja se preocupar com espaço. O usuário pode enviar conteúdo sem limites e liberar memória do celular. Mas há uma série de funções úteis no computador que nem todos os usuários conhecem. Veja, a seguir, sete coisas interessantes sobre o armazenamento de fotos do Google no PC.

Veja oito funções úteis do Google Fotos no computador — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Oferece diferentes qualidades

Pela versão web (photos.google.com), o usuário pode acessar a opção “Configurações” no menu lateral e definir se deseja armazenamento ilimitado ou em qualidade original no backup de dispositivos.

Veja também: Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

A opção “Alta qualidade” garante espaço ilimitado e permite guardar fotos em 16 MP e vídeos em Full HD (1080p). Conteúdo com qualidade acima disso é automaticamente compactado. Para a maioria dos usuários, trata-se de configurações suficientes para visualizar no celular ou na TV. As fotos, por exemplo, têm resolução suficiente para impressão em 60 x 40 cm.

Ao selecionar “Original”, o Google Fotos envia para a nuvem o conteúdo em resolução máxima. Essa opção é indicada para quem grava um vídeo em 4K ou captura uma foto de altíssima definição e deseja manter a qualidade intacta. No entanto, essa modalidade ocupa o espaço da conta Google. A versão gratuita tem, por padrão, 15 GB para usar compartilhados com Gmail e outros serviços.

Escolha o tipo de backup na versão web do Google Fotos — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Traz editor integrado

O Google Fotos também tem um editor online na versão web. Ao abrir uma foto, clique no botão ao lado da lupa para abrir um painel de edição com diversos filtros para escolher. É possível também modificar iluminação, cor e destacar os elementos da imagem. Além disso, o usuário pode ativar uma ferramenta de corte que permite mudar a proporção e ajustar o ângulo do clique.

Editor integrado do Google Fotos permite aplicar filtros e cortar imagens — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Busca de fotos por rosto

O Google Fotos analisa as fotos e permite fazer buscas por uma pessoa específica. Ao clicar no campo de busca, basta selecionar o rosto para obter apenas as imagens e vídeos onde aquela pessoa aparece. É uma função útil, por exemplo, para encontrar uma foto para fazer um post de aniversário para algum amigo.

O serviço também traz diversos atalhos para buscar por vídeos, selfies, filmes, capturas de tela e encontrar itens adicionados recentemente, entre outras opções. Mais abaixo, é possível filtrar apenas os conteúdos criados em um determinado local.

Clique na busca para encontrar fotos de pessoas específicas — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Permite criar álbum colaborativo

Ao criar um álbum colaborativo, qualquer pessoa convidada pode adicionar suas próprias fotos e vídeos capturados para armazenar tudo no mesmo lugar. O recurso é útil, por exemplo, para festas em que várias pessoas usam seus próprios smartphones para gravar momentos, mas no final nem tudo é compartilhado entre os amigos. É possível convidar pessoas para o álbum da sua lista de contatos ou criar um link para distribuir no WhatsApp.

Crie um álbum compartilhado para reunir fotos de um evento — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Enviar fotos de amigos automaticamente

O Google Fotos também pode enviar automaticamente as fotos tiradas com familiares e amigos. Na opção “Criar > Álbum Compartilhado”, o usuário pode cadastrar um contato e programar para salvar ali todas as fotos e os vídeos nos quais ele aparece. Depois de criar o álbum, basta enviar o link para o amigo para que ele veja as fotos aparecerem no celular automaticamente. O usuário sempre tem opção de salvar ou não o material na própria nuvem.

Crie um álbum de atualização automática para enviar fotos de amigos sem esforço — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Ajuda a liberar espaço do Google Drive

Se o aplicativo do Google Fotos permite liberar espaço no celular, a versão web permite fazer algo similar no Google Drive. Pressione o botão “Fazer upload” e selecione o Drive para escolher pastas suas que já estão na nuvem, mas que atualmente consomem espaço da sua cota de 15 GB. Ao realizar o procedimento, imagens e vídeos do Google Drive podem ser apagados para liberar armazenamento sem o perigo de perdê-los para sempre.

Faça upload de imagens e vídeos do Google Drive para recuperar espaço da conta — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Backup automático do PC

O serviço Backup e Sincronização do Google também pode tirar proveito do Google Fotos. Na hora de configurar o programa no PC, o usuário pode selecionar o envio automático dos arquivos na pasta de imagens do computador para o serviço. Dessa maneira, as fotos não ocupam espaço no Google Drive durante o backup e podem ser recuperadas no futuro até mesmo pelo aplicativo no celular.

Ative o Google Fotos no Backup&Sync para salvar mídia do PC na nuvem — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Suporte a múltiplas contas

É possível adicionar mais de uma conta Google no programa Backup e Sincronização no computador. Clique sobre o ícone do software com o botão direito do mouse e selecione “Adicionar conta”. Faça a configuração inicial com uma segunda conta do Google. Nas configurações do Google Fotos, ajuste uma conta em “Alta Qualidade” e outra em “Original”.

Com o truque, é possível, por exemplo, fazer backup online do cartão SD conectado no computador sem prejudicar imagens de altíssima resolução. Para isso, basta ativar o backup automático de pendrives e cartões SD apenas na segunda conta.

Adicione outra conta para ter dois backups independentes no mesmo computador — Foto: Reprodução/Paulo Alves

É possível recuperar fotos no Google Fotos? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo