Jogos de Esporte

Por Soraia Barbosa, para o TechTudo


FIFA é a popular franquia de jogos de futebol da EA Games, publicada sob a marca EA Sports. A série é licenciada oficialmente pela Federação Internacional de Futebol, e começou em 1993 com o lançamento de FIFA International Soccer, o primeiro game da franquia. Atualmente o jogo possui diversos títulos e um público fiel, incluindo em seu elenco grandes estrelas do futebol e diversos times e ligas de todo o mundo, como a Premier League, o Campeonato Brasileiro, a EFL Championship, as Séries A e B italianas, entre outras.

Os jogos de futebol da EA estão disponíveis em inúmeras plataformas como PlayStation 4 (PS4), Xbox One e PC (pela Origin) — alguns foram lançados até mesmo para o Nintendo 64. Hoje, FIFA é o maior concorrente do game Pro Evolution Soccer (PES) da Konami. Essa concorrência rendeu até mesmo disputas por licenças de grandes nomes do futebol e algumas ligas, além da preferência de astros do futebol. Veja a seguir uma lista com curiosidades sobre os jogos da série FIFA.

FIFA International Soccer foi a primeira versão do game da EA — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Quer comprar jogos, consoles e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Tudo começou com FIFA International Soccer

Em 1993 a Electronic Arts publicava FIFA International Soccer, um jogo de Mega Drive que ficaria marcado como o primeiro título de simulação de times de futebol com visão isométrica. Ele também foi o primeiro jogo licenciado oficialmente pela Federação Internacional de Futebol, mas ainda não tinha permissão para usar nomes e imagens relacionados a times do mundo real.

Era possível jogar somente com times nacionais identificados pelos nomes e bandeiras dos respectivos países. Muitos dos atletas receberam nomes dos desenvolvedores, como o jogador "Janco Tianno", inspirado em Jan Tian, chinês que liderava a equipe de produção.

Sem saber se a palavra FIFA teria apelo nos Estados Unidos, a EA Sugeriu que o game fosse lançado com o título Team USA Soccer no país. Mas, com medo do seu lançamento ser um fracasso, eles decidiram lançá-lo como FIFA International Soccer em todo o mundo.

2. Desenvolvedores trabalhavam com o jogo como “trilha de fundo”

O time responsável pelo desenvolvimento do FIFA de 1994 se dedicou muito ao sucesso do game — Foto: Reprodução/Retro Land

A Electronic Arts tinha mais foco nas séries Madden e NHL, que eram mais populares nos Estados Unidos. Apesar disso, os envolvidos nos primeiros games se esforçaram bastante para que FIFA se tornasse um sucesso. O produtor Bruce McMillan, que trabalhou nos primeiros jogos da série, foi um grande exemplo. Ele trabalhava com o jogo rodando ao fundo para estar sempre por dentro da sua atmosfera. Mesmo quando não estava testando, ele deixava o console ligado, até mesmo durante a noite. Segundo o produtor, isso o ajudava a pensar mais claramente.

Além de McMillan, outras pessoas envolvidas no desenvolvimento de FIFA faziam coisas parecidas. O chefe de programação Jan Tian foi parar no hospital por passar muito tempo sem dormir e ficou emocionado quando seu filho ligou para o escritório, pedindo ao pai para voltar para casa.

3. FIFA foi sucesso até no Nintendo 64

FIFA 64 abriu as portas para outros jogos da EA Sports na plataforma da Nintendo — Foto: Divulgação/EA Sports

Uma das inúmeras plataformas que receberam jogos da série FIFA foi o Nintendo 64. Em 1997 foi lançado FIFA 64, que seguia os moldes das versões 32-bit do FIFA 97. Na época, a Electronic Arts estava para abandonar a plataforma da Nintendo, mas quando FIFA 64 foi lançado, eles tiveram um número de pré-vendas tão grande que a publicadora mudou de ideia. Depois disso, a EA anunciou planos de lançar vários dos seus jogos de esportes para o Nintendo 64.

Saiba mais: FIFA 20 recebe a Copa Libertadores, veja as novidades

FIFA 20 recebe a Copa Libertadores; veja principais novidades

FIFA 20 recebe a Copa Libertadores; veja principais novidades

4. A rivalidade com a série PES

FIFA 19 x PES 2019: a disputa entre os maiores simuladores de futebol da atualidade — Foto: Reprodução/Murilo Molina

A grande rivalidade entre FIFA e Pro Evolution Soccer vai muito além de licenças, gráficos ou jogabilidade. Os dois maiores simuladores de futebol competem também nas suas relações com os jogadores. Lionel Messi, um dos embaixadores do PES, foi convencido pelo FIFA em 2012 a figurar na capa do jogo FIFA Street e hoje é um dos maiores destaques no novo FIFA 20.

Outro caso notável foi o do jogador do Arsenal Thierry Henry, que era considerado um fã de FIFA. Mas, na verdade, o atacante preferia o título da Konami e fez um acordo para ser a capa de Pro Evolution Soccer 4. Durante uma coletiva de imprensa, Henry afirmou que PES tinha uma representação mais fiel de uma partida de futebol real e esse comentário atingiu em cheio o time da EA Sports. Felizmente eles ficaram mais determinados a aperfeiçoar o seu game depois desse comentário.

5. Victor Valdes teve dificuldades na captura de frases do seu personagem

Processo de captura de expressões faciais de FIFA — Foto: Reprodução/ EA Games

Para deixar o jogo o mais realista possível, a EA Sports tira inúmeras fotografias dos jogadores da English Premier League, que depois são usadas para criar as expressões das suas representações no game. Nigel Nunn, o responsável por visitar todos os clubes para fazer as capturas, também pede a eles que façam diferentes expressões faciais e digam algumas frases. Mas alguns jogadores, principalmente os que não falam inglês, acabam tendo dificuldades.

Um desses jogadores foi Victor Valdes, que era goleiro Manchester United na época do desenvolvimento de FIFA 15. O espanhol não conseguia falar muitas palavras em inglês e, por isso, os seus movimentos de boca no jogo acabaram ficando limitados.

6. O jogo está em diversas plataformas

FIFA possui até mesmo versões para mobile — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Quando a Electronic Arts lança algum jogo de FIFA, ela tenta disponibilizar para o máximo possível de plataformas. Além das versões para PC e celulares, a lista de consoles é enorme, e inclui desde Mega Drive, Game Boy Color e Sega Saturn até os mais recentes como PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Wii U.

Outras plataformas que tiveram games de FIFA são: Xbox 360, PlayStation One, PlayStation 2, PlayStation 3, PlayStation Portable, PS Vita, Nintendo Wii, Nintendo 64, Nintendo DS, Nintendo 3DS, Nintendo GameCube, Game Boy Advance, 3DO, Sega 32X, SNES, Game Gear, Master System, Sega CD, Amiga, N-Gage, Gizmondo e até mesmo Zeebo. Ufa!

7. Capas personalizadas

Hazard e Messi dividiram a capa de Fifa 15 na versão para o Reino Unido — Foto: Divulgação/EA Sports

FIFA tem diferentes capas regionais, sempre estampadas pelos jogadores mais populares. Desde Wayne Rooney na versão da Inglaterra até Ronaldinho Gaúcho na capa nacional. As regiões mais populares também recebiam capas personalizadas de clubes que podiam ser baixadas para quem quisesse ter os seus jogadores favoritos na capa do game.

8. Recordista em vendas

O zagueiro Van Dijk está na capa da Edição dos Campeões de FIFA 20 — Foto: Divulgação/EA Sports

Em 2017, FIFA entrou para os Recordes Mundiais do Guinness como franquia de jogo de esporte mais vendida do mundo. Em 2018, ele já tinha mais de 260 milhões de cópias vendidas. Em 2011, a série já contava com tradução para 18 idiomas e já tinha sido disponibilizada para 51 países, entre eles o Brasil, onde a franquia sempre foi muito popular.

FIFA 20: O que você achou do jogo? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo