Por Raquel Freire, para o TechTudo


Trabalhar como freelancer tem sido uma solução encontrada por muita gente durante a quarentena, adotada em virtude da pandemia do coronavírus. A reclusão, que evita o contágio e a propagação da Covid-19, impulsiona ainda mais a adoção do home office, tendência que já vinha crescendo bastante nos últimos anos.

Diversas plataformas são especializadas em divulgar vagas freelancer para trabalhar online. Há oportunidade em diversas áreas de atuação, com destaque para setores como TI, comunicação, design, marketing e educação. Entenda melhor o que é o trabalho freela e conheça seis sites para encontrar vagas para trabalhar de casa.

Conheça 6 sites para encontrar trabalhos freelancer durante a quarentena — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é freelancer?

O freelancer é um trabalhador autônomo. Por não ter vínculo empregatício, esse profissional pode prestar seus serviços a uma ou mais empresas ou pessoas. O pagamento pode ser feito com base nas horas trabalhadas ou a partir de um valor fixo, mediante conclusão do trabalho. Em alguns casos, o profissional pode trabalhar diretamente na empresa, mas em outros, é possível executar as tarefas de casa.

Veja também: Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Veja, abaixo, seis sites que ajudam a encontrar um trabalho freelancer.

1. 99 Freelas

O 99 Freelas (www.99freelas.com.br) é uma plataforma que ajuda freelancers e empregadores se encontrarem. Quem está à procura de vagas pode acessar o link "Encontrar trabalho", na página inicial. Lá, é possível achar o trabalho a partir de diversos filtros, como área de atuação, tipo de projeto, data de publicação e palavras-chave.

O cadastro é gratuito e pode ser feito por meio do e-mail ou com login do Facebook ou LinkedIn. Há também planos pagos, que permitem aos assinantes aparecer em destaque para os contratantes, participar de projetos exclusivos e outras vantagens.

99 Freelas permite encontrar vagas de freelancer gratuitamente — Foto: Reprodução/Raquel Freire

2. Workana

Outro site com vagas em diversos campos profissionais é o Workana (www.workana.com). Ele opera com oito grandes grupos de trabalho: TI e Programação; design e multimedia; tradução e conteúdos; marketing e vendas; suporte administrativo; jurídico; finanças e administração; e engenharia e manufatura. Depois de selecionar um desses campos, o usuário pode definir suas áreas de especialização e dizer se trabalha por conta própria como freelancer ou se representa uma empresa.

Durante o cadastro inicial, que pode ser feito com as credenciais do Facebook ou do Google, o freelancer pode incorporar ao currículo seu portfólio do Behance. Dependendo do contrato, o profissional pode receber o pagamento após o projeto realizado, por um preço fixo, ou por hora trabalhada.

Workana possui vagas para freelancers de diversos campos de atuação — Foto: Reprodução/Raquel Freire

3. Freelancer

O Freelancer (freelancer.com.br) é dos portais de freelas mais conhecidos do mercado. Ele reúne vagas de todos os ramos de atividade, permitindo que qualquer profissional efetue o cadastro gratuito. Para isso, basta pressionar o botão "Cadastre-se como um freelancer" e preencher o formulário, no qual é preciso informar área de atuação, nome completo, e-mail e telefone de contato.

A busca de vagas pode ser feita imediatamente após o cadastro básico, mas o usuário tem a possibilidade de preencher um currículo completo, incluindo referências, diplomas e portfólios. Durante a procura por trabalho, o candidato consegue filtrar contratantes que pagam por hora ou fixo e o valor mínimo que aceitará. O site pode ser usado gratuitamente, mas possui planos pagos com vantagens para freelancers.

Freelancer.com.br permite filtrar vagas a partir do orçamento do projeto — Foto: Reprodução/Raquel Freire

4. LinkedIn

O LinkedIn não é um portal exclusivo de freelas, mas possui diversas vagas do tipo. Basta digitar o termo "freelancer" no campo de buscas para encontrar oportunidades no Brasil e no exterior, válido para quem fala outros idiomas e deseja atuar em projetos internacionais.

Outra forma interessante para encontrar trabalhos do gênero é entrar no menu "Vagas", acessar "Todos os filtros", descer até a seção "Trajeto" e marcar a opção "Remoto". Neste caso, há a vantagem de localizar tanto vagas de freelancer quanto trabalhos fixos que possam ser feitos em home office.

LinkedIn possui vagas freelancer no Brasil e exterior — Foto: Reprodução/Raquel Freire

5. Trampos

O Trampos (trampos.co) é um ferramenta simples de usar. Ela não requer cadastro para encontrar uma vaga; basta clicar no campo de busca, selecionar "Freela" e marcar sua especialidade. Para se candidatar, porém, é necessário fazer login na plataforma, o que pode ser feito via e-mail ou Facebook. O formulário exige nome completo, data de nascimento, cidade, gênero, e-mail e telefone.

O site conta com um currículo extenso, permitindo ao candidato incluir idiomas, premiações e links externos, entre outras informações. Um diferencial é a possibilidade de editar seu link no próprio Trampos, facilitando a divulgação do perfil profissional em outras redes sociais.

Trampos permite encontrar vagas para freelancer sem se cadastrar no site — Foto: Reprodução/Raquel Freire

6. Freelaweb

O Freelaweb (freelaweb.com.br) se diferencia dos demais por exibir anúncios dos freelancers, e não das vagas. Ao se cadastrar como profissional, você cria um chamado do serviço que quer prestar e o valor. Pessoas físicas ou jurídicas que desejem contratar o serviço precisam apenas clicar no botão "Comprar", devendo também fazer cadastro no portal.

Freelaweb é portal dedicado exclusivamente a trabalhos freelancer — Foto: Reprodução/Raquel Freire

Mais do TechTudo