Battle Royale

Por Soraia Barbosa, para o TechTudo


Fornite é um jogo da Epic Games que virou um fenômeno mundial pelo seu modo Battle Royale. O título está disponível para download no PC, PlayStation 4 (PS4), Xbox One, Nintendo Switch, e em versão mobile para baixar no Android e iPhone (iOS). Nele, 100 jogadores disputam partidas individuais, em duplas ou grupos, onde os últimos sobreviventes são os grandes vencedores. Em 2018, o jogo teve um faturamento total de US$ 2,4 bilhões (R$ 13,1 bilhões), e ele já foi até mesmo o tema de uma prova final de química após viralizar no Twitter. Veja, a seguir, cinco fatos sobre Fortnite que são pouco conhecidos.

Como jogar Fortnite: 5 dicas para mandar bem no Battle Royale

Como jogar Fortnite: 5 dicas para mandar bem no Battle Royale

1. Levou seis anos para ser lançado

A espera pelo lançamento de Fortnite durou seis anos — Foto: Divulgação/Epic Games

O primeiro anúncio de Fortnite foi feito em 2011 durante o SpikeTV Video Game Awards, mas na época haviam apenas três semanas que o estúdio tinha elaborado a ideia do game. Depois de um desenvolvimento marcado por atrasos e diversos períodos de testes, Fortnite teve seu lançamento oficial em julho de 2017.

2. Fortnite não nasceu como um Battle Royale

O Battle Royale de Fortnite nasceu para concorrer com o maior sucesso da época, PlayerUnknown’s Battlegrounds — Foto: Divulgação/Epic Games

Quando se fala em Fortnite, muitas pessoas logo pensam no Battle Royale. Mas a ideia original da Epic era focar no Save the World, a campanha PvE cooperativa onde os jogadores precisavam construir fortes para se proteger de hordas de inimigos em um mundo devastado. Tudo mudou quando o estúdio decidiu lançar uma nova versão standalone do jogo baseada no sucesso PUBG. Por fim, Fortnite: Battle Royale ultrapassou até mesmo o seu principal concorrente em número de jogadores.

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

3. A famosa “dança do Fortnite” foi proibida em uma escola

Fortnite: emotes de dança entraram para o imaginário da cultura pop — Foto: Divulgação/Epic Games

Dentro de Fortnite, os personagens podem fazer algumas danças comemorativas. Uma das mais famosa delas é a "Floss", inspirada na dança que o garoto Russell “Backpack Kid” Horning fez em uma apresentação da cantora Katy Perry no Saturday Night Live. Ela envolve, basicamente, balançar os braços e quadris em direções opostas, e muitos jogadores de Fornite adoram reproduzir o movimento do jogo. Mas uma escola primária em Devon, na Inglaterra, proibiu a dança. Segundo a direção, Fortnite "recompensava o assassinato de outros seres humanos” com a dança comemorativa.

4. O hambúrguer gigante que sumiu do mapa e foi parar no mundo real

O Durr Burger de Fortnite sumiu do jogo e chamou atenção ao aparecer no meio do deserto — Foto: Reprodução/Sela Shiloni

A cada temporada, Fortnite recebe uma série de novidades, incluindo mudanças nos mapas. Em uma dessas mudanças, fendas começaram a surgir nos mapas, depois desapareceram e nunca mais retornaram. Pelo menos não no jogo. Um desses pontos era uma escultura de um hambúrguer gigante com uma placa.

A placa desapareceu do game e foi encontrada no mundo real, no deserto da Califórnia, EUA. Não demorou para o ponto receber a visita de vários jogadores que foram lá tirar selfies com o “ponto turístico”. Um ator vestido como Agente 3678 apareceu no local distribuindo cartões com um número de telefone que, ao ser chamado, resultava apenas em estática. Mas os jogadores acreditavam que esse número traria novidades da próxima temporada.

5. Foi o tema de uma prova final de química

O professor não conhecia Fortnite quando os estudantes fizeram a proposta de uma prova temática do game — Foto: Reprodução/Twitter

Em 2018, dois estudantes da Tippecanoe High School, em Ohio, EUA, fizeram uma proposta ao seu professor. Se eles conseguissem 6,7 mil retweets em uma foto pedindo para mudar o tema da prova, as questões deveriam ser sobre Fortnite. A postagem no Twitter viralizou, eles conseguiram 30 mil compartilhamentos e o professor honrou a sua palavra, elaborando uma prova toda baseada em Fortnite.

6. Faturou mais do que Vingadores: Guerra Infinita na semana do seu lançamento

Em Crossover, o vilão Thanos marcou presença no famoso Battle Royale Fortnite — Foto: Divulgação/Epic Games

Em abril de 2018, um dos filmes mais aguardados do mundo chegava aos cinemas. Vingadores: Guerra Infinita foi um grande sucesso em seu lançamento, faturando US$ 250 milhões (R$ 1,3 bilhão) na semana de sey lançamento. Naquele mesmo mês, o jogo Fortnite recebeu um evento com o tema do filme e teve um total de US$ 296 milhões (R$ 1,6 bilhão) em faturamento na mesma semana. Aliás, em 2018 o game teve um faturamento de impressionantes US$ 2,4 bilhões (R$ 13,1 bilhões) e foi o jogo que mais faturou no ano.

7. Algumas pessoas foram processadas por usar cheats

A Epic acabou se envolvendo em algumas polêmicas ao tentar livrar o seu jogo dos cheaters — Foto: Divulgação/Epic Games

A Epic Games é bastante rígida nas suas ações para acabar com a presença de cheaters no jogo. Os que são pegos usando trapaças, logo são banidos do game. Alguns jogadores chegaram a ser processados, incluindo um garoto de 14 anos. O controverso caso aconteceu em 2017, quando a Epic Games moveu uma ação legal contra usuários que estavam usando aimbots do site Addicted Cheats. A desenvolvedora justificou no processo que a modificação no código do game é contra o Contrato de Licença de Usuário Final e Lei de Direitos Autorais de Fortnite.

Mais do TechTudo