TV

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


As TVs OLED prometem alta qualidade de imagem, seja para assistir ou jogar. Com contraste "infinito" e cores mais vivas, a tecnologia premium utilizada na linha de mesmo nome da LG e também por marcas como Sony e Panasonic, aparece em TVs com preços a partir de R$ 5.299 no Brasil. Para aproveitar ao máximo o que os televisores do tipo têm a oferecer, a LG preparou com exclusividade para o TechTudo uma lista com sugestões de filmes, séries e jogos que devem ficar ainda melhores nas TVs OLED da marca.

TVs OLED de LG e outras marcas usam tecnologia de tela que rende contraste "infinito" e cores mais vivas — Foto: Divulgação/LG

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Filmes

Mulher Maravilha (2017)

O longa de 2017 da heroína da DC é um exemplo de filme disponível com a tecnologia Dolby Vision de imagem. Similar ao HDR10, o Dolby Vision promete imagens em que a diferença entre o ponto mais escuro e o mais brilhante é maior em relação a uma tela comum. Esse ganho de intensidade de brilho acentua o contraste e também realça as cores, potencializando as qualidades prometidas na OLED. Além da LG, Philips e Sony também apostam na tecnologia equivalente ao HDR10 no Brasil.

El Camino (2019)

O longa, disponível no Netflix, é muito indicado aos fãs da já clássica Breaking Bad. A continuação da história de Jesse Pinkman, logo após os acontecimentos finais da série, pode ser acessada em 4K e HDR na plataforma de streaming. Mas, vale ressaltar: para acessar conteúdos Ultra HD, o usuário precisa ter a assinatura mais top do serviço.

Em termos de imagem, o filme apresenta algumas panorâmicas dos desertos da região de Albuquerque, no Novo México, e também conta com trilha sonora marcante. Segundo a LG, as TVs OLED da marca reforçam ambas as características da produção.

Segundo a LG, as características do OLED valorizam imagens dos filmes recomendados pela marca — Foto: Aline Batista/TechTudo

O Rei Leão (2019)

O "live action" da Disney tem aspecto realista e pode ser uma opção interessante para experimentar a intensidade de cor prometida nos painéis OLED. Como essas telas atingem níveis de contraste mais profundos, o aspecto da imagem ganha em intensidade, valorizando a diferença entre tons de cor e intensificando a sensação de que a fotografia é, de fato, real.

Vale lembrar que, apesar de ser chamada de live action, a produção utiliza CGI, ou seja, imagens sintetizadas de forma artificial, via computador. O filme está disponível tanto via streaming por meio do Amazon Prime Video, quando em plataformas como Google Play, iTunes, da Apple, e Microsoft Store, onde pode ser comprado ou alugado.

Adoráveis Mulheres (2019)

Disponível para streaming no HBO Go e para comprar e alugar nos serviços de Google, Apple e Microsoft, o filme aparece em resolução 4K e usa tecnologia HDR para imagens de maior qualidade. Parecido com o Dolby Vision, o HDR (em suas diversas formas e gerações) permite um brilho mais intenso e cenas mais vibrantes. Como o filme se passa no século XIX, em um período que antecede a difusão da luz elétrica em todo o lugar, o diferencial do HDR, aliado ao contraste profundo das telas OLED deve realçar as imagens iluminadas à vela e luz a gás presentes no longa.

Parasita (2019)

Vencedor do Oscar de melhor filme na edição de 2020, a produção sul-coreana pode não rivalizar em intensidade de cores com Rei Leão ou nos tons mais vibrantes de Mulher Maravilha. Mas, ainda assim, oferece cenas que devem explorar as características do OLED em termos de cor e contraste. No momento, o filme é encontrado para comprar ou alugar por meio dos serviços de Apple, Google e Microsoft. Para quem prefere o streaming, o acesso pode se mostrar mais restrito, já que no momento a produção faz parte apenas do catálogo do Telecine.

Explicando (2018)

Diferença entre tons escuros e claros é mais intensa e natural nas telas OLED — Foto: Tainah Tavares/TechTudo

A série de documentários do Vox, que aborda uma grande variedade de temas, tem a vantagem de ser fácil de encontrar: os vídeos, com duração entre 15 a 20 minutos, são oferecidos de forma gratuita no canal Vox, no YouTube e também fazem parte do catálogo da Netflix. Como os modelos OLED são todos smart, o usuário pode instalar o app de qualquer um dos serviços para encontrar a série.

A série mergulha em tópicos bem variados, que vão desde fenômenos da música pop a grandes questões do nosso cotidiano, como a desigualdade entre homens e mulheres nos salários ou o funcionamento do mercado de ações.

Séries

Nosso Planeta (2019)

Série documental da Netflix, Nosso Planeta promete ser uma boa escolha não apenas pelo conteúdo, que explora a riqueza natural de vários biomas diferentes espalhados pelo mundo, mas também pelas características da série. Com imagens coloridas e reais, esse tipo de conteúdo fica bem interessante em TVs premium.

A série visita lugares como a Amazônia, as calotas polares, mostra as diferentes formas de vida que abundam tanto nas regiões costeiras como nas grandes profundezas do oceano, tudo expondo como a ação do homem têm colocado o equilíbrio de cada um desses espaços em risco.

Além da LG, Panasonic e Sony vendem modelos OLED no Brasil — Foto: Viviane Werneck/TechTudo

Stranger Things (2016)

A série de ficção científica da Netflix está disponível no serviço em três temporadas completas e oferece a opção de episódios em resolução 4K e com a tecnologia Dolby Vision de imagem para assinantes de planos UHD. Portanto, a dica vale tanto para TVs OLED quanto QLED com resoluçao 4K. Modelos mais acessíveis, além das tops de linha de LG e Samsung, também devem mostrar boas imagens com a série, que se passa nos anos 1980 e é cheia de referências da época.

The Witcher (2019)

Também exclusiva da Netflix, a série é baseada nos livros de Andrzej Sapkowski que também deram origem à franquia The Witcher, de RPGs para consoles e PCs. Ambientada em um mundo medieval cheio de fantasia, com direito a bruxos e monstros, os oito episódios da primeira temporada oferecem cenas cheias de elementos que devem se beneficiar da tecnologia OLED.

Disponível em 4K e com tecnologias como o HDR/Dolby Vision disponíveis, a série tem paisagens e diversas cenas com luz de velas em que o alto contraste do OLED deve se mostrar evidente e realçar a fotografia de qualidade da produção da Netflix.

Jogos

League of Legends

Games que exigem agilidade e precisão, como LoL, se beneficiam de telas com maior velocidade; OLED garante gráficos mais caprichados, segundo a LG — Foto: YouTube/DreamHack

Jogar o MOBA em um televisor pode não ser a primeira opção de quem leva a competição a sério, mas modelos top de linha da LG oferecem recursos que deixam muito monitor gamer para trás: taxas de atualização de 120 Hz, suporte a FreeSync e G-Sync, de AMD e Nvidia, respectivamente, e saída HDMI 2.1 são alguns exemplos de recursos disponíveis em alguns modelos top de linha da marca.

League of Legends (LoL) é um game que se beneficia de telas de alta velocidade por conta da dinâmica do game que recompensa a agilidade dos jogadores em se organizar para vencer o time rival. O título oferece ainda gráficos com tecnologia HDR e gráficos vibrantes para tirar proveito da tela OLED.

Call of Duty

Variedade de locações de Modern Warfare ressalta as capacidades das telas OLED — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Call of Duty: Modern Warfare é o título mais recente da série de jogos de FPS que, diferente do League of Legends, está disponível não apenas para PC, mas também em consoles como PS4 e Xbox One. Os gráficos realistas dos games da série, nas opções para console e PC que oferecem HDR, prometem uma boa exibição nas TVs OLED. Vale lembrar que Call of Duty: World War 2, com história ambientada na Segunda Guerra Mundial, atualmente está gratuito na PlayStation Store para assinantes do programa PS Plus.

Fortnite

Fortnite é um battle royale com gráficos mais festivos e coloridos, disponível para consoles, PCs e até celulares. Ainda que não aposte em uma estética mais realista, o jogo da Epic pode tirar proveito das telas OLED em virtude das cores mais vibrantes. No caso de modelos top de linha da LG, o consumidor ainda encontra tecnologias que reforçam a qualidade das partidas, como FreeSync e G-Sync de AMD e Nvidia, por exemplo. Outro fator importante das telas OLED está no fato de que, em geral, elas oferecem input lag mais baixo e podem dar a jogadores mais competitivos vantagens na hora de desafiar seus oponentes.

Fortnite é um dos jogos indicados pela LG para jogar nas TVs OLED — Foto: Divulgação/Epic Games

FIFA 20

O título mais recente do simulador de futebol da EA Sports tem versões para consoles e PCs, oferecendo jogabilidade que se beneficia com altas taxas de atualização. Além disso, o contraste das diferentes cores é outro ponto que pode ficar ainda mais interessante em TVs premium como OLED e QLED. Com números acima de 60 Hz, o usuário deve experienciar partidas de FIFA 20 sem atrasos na imagem, o que deve interferir diretamente no desempenho.

Qual a melhor TV 4K? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo