Sistemas operacionais

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A atualização de maio de 2020 do Windows 10 chegou na última quarta-feira (27) e trouxe uma série de novidades para o usuário. O pacote de correções e melhorias, que já está disponível para todos os dispositivos com Windows 10, conta com conexão Bluetooth mais simples, Bloco de Notas com mais recursos, possibilidade de restaurar o PC com uma imagem da nuvem da Microsoft sem instalar nada, controle de velocidade de download do Windows Update, entre outros recursos. Confira a seguir, uma lista com as novidades mais importantes da atualização.

Atualização de maio de 2020 está disponível de graça para usuários do Windows 10 — Foto: Carolina Oschendorf/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Bluetooth mais fácil de usar

Agora pareamento Bluetooth fica mais fácil — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

O processo de emparelhamento de dispositivos Bluetooth deve se tornar mais simples com o novo Windows 10. A partir de agora, o Windows irá exibir notificações e permitirá que você realize o pareamento entre computador e um novo dispositivo de forma descomplicada, usando apenas a área de notificações, sem precisar abrir o app “Configurações” para nada.

Para isso, basta colocar o dispositivo que você deseja conectar em modo de pareamento e, com o Bluetooth acionado no PC, você deve receber uma notificação alertando sobre a presença e possibilidade de conexão. Com isso, é só clicar em “Conectar” e pronto: os dispositivos estarão pareados. É bom ter em mente, no entanto, que o funcionamento do recurso pode atrapalhar em acessórios com Bluetooth mais antigo (inferior à geração 5.0 da tecnologia) ou em drivers desatualizados.

Bloco de Notas com mais recursos

Bloco de Notas avisa sobre alterações não salvas no documento — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

O editor de texto simples do Windows ganhou novos recursos que o tornam mais polivalente e equiparável a editores simples usados no Linux e macOS. O Bloco de Notas agora permite zoom no texto para melhorar a legibilidade sem que o usuário aumente o tamanho de fonte, um recurso de pesquisa mais assertivo foi adicionado e, assim como rivais mais completos, passa a mostrar um asterisco na barra de título que alerta quando o documento possui alterações não salvas.

Veja também: Como programar um computador Windows para desligar sozinho

Como programar um computador Windows para desligar sozinho

Como programar um computador Windows para desligar sozinho

Autenticação da conta da Microsoft sem senha

Autenticação sem senha usa Windows Hello e PINs — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Com a nova atualização, a Microsoft introduz a opção de que você realize login na sua conta da Microsoft usando apenas as tecnologias do Windows Hello, que vão do PIN tradicional à biometria em dispositivos compatíveis. A Microsoft acredita que eliminar as senhas é mais seguro e rápido para os usuários.

Para usar o recurso, basta acessar o menu de “Contas” dentro de “Configurações” e em seguida escolher “Opções de entrada”. A opção “Exigir entrada com Windows Hello para contas Microsoft” estará ativa por padrão, mas você pode desativá-la, caso deseje reativar login por senha.

Calculadora sempre no topo

Calculadora sempre no topo facilita uso do app para fazer cálculos sem precisar alternar janelas — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

A partir da nova versão do Windows 10, o aplicativo nativo de calculadora do sistema da Microsoft ganha a opção de “Manter na parte superior”. A ideia é que, quando ativa, essa opção mantém a calculadora em cima de toda a e qualquer janela ou tela aberta na sua área de trabalho, tornando o acesso à Calculadora simples e muito mais produtivo.

Para usar a novidade é bem simples. Basta abrir a “Calculadora” e clicar no botão “Manter na parte superior”. A partir de então, você terá acesso à ferramenta de forma super rápida para realizar contas sem precisar alternar janelas, economizando mais tempo. Para desativar, basta clicar em “Voltar para visualização completa”.

Mais kaomojis

Novos Kaomojis estão disponíveis no teclado de emojis do Windows 10 — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

A nova edição do Windows 10 passa a contar com um pacote maior de kaomojis, que consistem em combinações de caracteres para expressar ações ou reações sem o uso dos emojis convencionais. A nova coleção está disponível dentro do teclado de emojis da Microsoft, que continua acessível pela combinação das teclas Windows + ponto.

Para encontrar as opções, basta clicar no filtro de kaomojis no teclado e visualizar a coleção completa. Se você estiver em um app que permite inserção de texto, como editores e mensageiros, basta clicar na reação desejada para que o teclado de emojis insira a combinação direto no seu texto.

Recuperação via nuvem

Opção permite restaurar o PC com imagem obtida da Internet sem instalar nada — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Com o update de maio de 2020, o Windows 10 passa a permitir que o usuário use uma imagem da nuvem para realizar a restauração local do sistema. A ideia é que o processo de restauração permita que o usuário obtenha uma cópia limpa do Windows via Internet, ignorando a versão presente localmente no disco aumentando assim as opções de restauração para quem quer zerar o PC.

Para usar o recurso, basta acessar “Restauração” dentro do menu “Atualização e Segurança” do app “Configurações”. No campo “Restaurar o PC”, você deve clicar em “Começar agora” e escolher a opção “Remover tudo”. Na janela seguinte, o Windows irá apresentar a opção de realizar a restauração com imagem local, ou então com o download de uma cópia limpa do Windows direto da Microsoft.

Controle de banda do Windows Update

Opção permite impedir que o Windows 10 consuma muita velocidade para baixar atualizações — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

A partir da atualização de maio de 2020, o Windows 10 passa a permitir que o usuário controle a velocidade de download das atualizações do sistema operacional. Com isso, é possível fixar limites para impedir que o Windows 10 consuma toda a banda larga disponível, comprometendo o uso da Internet em conexões mais precárias.

Para intervir e fixar limites, basta acessar as opções de “Otimização de Entrega” no app de “Configurações e, em seguida, clicar em “Opções avançadas”. É possível determinar limites tanto para downloads em primeiro como em segundo plano para quem o Windows 10 não deixe sua Internet mais lenta enquanto atualiza. Você pode realizar a configuração tanto por limites absolutos de velocidade em megabits por segundo ou mesmo por limites relativos usando porcentagens da sua banda disponível.

Gerenciador de Tarefas mostra temperatura da GPU

Aba de "Desempenho" agora mostra a temperatura da placa gráfica em tempo real — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

O controle de temperatura de componentes como processador e GPU é essencial para que o computador mantenha um desempenho estável e boa autonomia de bateria. Até a atualização de maio, o usuário que quisesse monitorar em tempo real a temperatura do processador gráfico precisava baixar algumas ferramentas específicas para isso. Esses apps geralmente precisam funcionar em segundo plano, algo que ocupa memória RAM e compromete desempenho do seu sistema.

Com o novo pacote, o Windows 10 passa a mostrar esse tipo de informação sozinho no Gerenciador de Tarefas. Para visualizar a temperatura da placa de vídeo, basta abrir a ferramenta e acessar a aba de “Desempenho”. Lá é possível encontrar monitores de performance de todos os componentes do hardware, inclusive a GPU.

Qual é a melhor versão do Windows? Deixe a sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo