Battle Royale

Por Leandro Eduardo, para o TechTudo


Free Fire é um Battle Royale da Garena disponível para download em celulares Android e iPhone (iOS), e no PC por meio de emuladores. Assim como outros jogos do gênero, FF também oferece a AWM em seu catálogo de armas. Devido ao seu domínio difícil e baixa disponibilidade nos mapas, a sniper é pouco usada pelos players. Entretanto, alguns jogadores profissionais e streamers se destacam pelo uso da arma de longa distância. Conheça, a seguir, os melhores jogadores de AWM para acompanhar.

Para elaborar o ranking de melhores jogadores de AWM, o TechTudo levou em consideração o histórico, conquistas em torneios e também a performance dos jogadores nas competições de Free Fire. Todos os selecionados são brasileiros.

Nova atualização de junho de 2020 no Free Fire traz sistema anti-trapaça, personagem e PET — Foto: Reprodução/Garena

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Weedzão

Ernani “Weedzao” é uma das maiores referências de AWM no cenário do Free Fire brasileiro e internacional. O influenciador ficou conhecido justamente após ser banido do game por receber uma grande quantidade de denúncias a respeito de seu desempenho com a sniper. Na época, a suspeita é que ele usava hacks para conseguir jogar tão bem com a arma. Mas a punição durou pouco tempo: após criar seu canal no YouTube, o banimento foi removido pela Garena e ele ficou conhecido como o “rei da AWM” na comunidade. Weedzão realiza lives de Free Fire diariamente na Nimo TV, além de publicar várias gameplays e dicas de uso da AWM em seu canal no YouTube.

Weedzao recebeu ban do Free Fire após denúncias à respeito de seu desempenho com AWM — Foto: Divulgação/Garena

Alemão

Pioneiro no competitivo de Free Fire, Weliton “Alemão” Gawenda, da RED Canids Kalunga, é um dos poucos jogadores que utilizam a AWM na Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Na RED, o jogador desempenha a função de defensor e, por isso, a sniper é uma de suas armas favoritas. No primeiro split da Série A da LBFF 2020, Alemão teve papel fundamental na final e, junto à sua equipe, evitou o rebaixamento do time na última partida da competição.

Weliton Gawenda, de 19 anos, iniciou no competitivo jogando pela Tropa M3C, quando conquistou a Free Fire Pro League Brasil 2019 Season 1. Ele foi contratado pela Red Canids em março de 2019, e depois disputou a Free Fire World Cup 2019, na Tailândia. Na competição, o time não conseguiu se destacar e terminou em último no ranking. Os jogadores podem acompanhar a jogatina de Alemão nas competições oficiais da Garena, como a LBFF e C.O.P.A Free Fire.

Weliton "Alemao" Gawenda entrou para RED Canids após vencer a Season 1 da Free Fire Prro League com a Tropa M3C — Foto: Divulgação/RED Canids

Pires

O jogador do Corinthians Douglas “Pires” também tem a AWM como uma de suas armas favoritas no Free Fire. O jovem de 22 anos executa o papel de suporte na equipe e fica sempre na retaguarda. Como a AWM é uma arma de longa distância e com alta capacidade de causar danos nos inimigos, o pro player desempenha um papel decisivo nas partidas. Contratado pelo Corinthians em 2019, Pires em companhia de Samuel “Level Up 007” Lima, Bruno “Nobru” Goes, Carlos “Fixa” César e Genildo “Japa” André conquistaram o título da Free Fire Pro League Brasil 2019 Season 3 e o World Series 2019.

Defendendo a camisa do Corinthians, Pires atua como suporte com a AWM — Foto: Reprodução/Corinthians

Kroonos

Assim como Alemão da Red Canids, Ariano “Kronos” Ferreira também é um dos pros players veteranos no Free Fire. O jogador ganhou reconhecimento no cenário após ser eleito MVP do primeiro Mundial de Free Fire, que ocorreu em abril de 2019 na Tailândia. Além disso, Kronos se destacou pelo seu desempenho no competitivo usando o modo “Preciso na mira”. Até hoje, o o pro player é um dos únicos que utilizam esse recurso nas competições da Garena. Por ser preciso em mira, Ariano Ferreira tem a AWM como uma de suas armas favoritas.

Kroonos usa o recurso "Preciso na mira" e tem a AWM como arma favorita — Foto: Divulgação/Garena

JordanXP

Recém-contrato da LOUD, JordanXP é o sniper mais promissor do competitivo de Free Fire no emulador. O jogador, que já teve passagens pela OutsideSport, GamerOver e GOD Esports, tem como diferencial a habilidade de dominar duas AWM como arma primária e secundária. O carioca de 23 anos ganhou destaque na Liga NFA Season 3, com várias jogadas individuais de AWM. Ele faz lives no YouTube e na Booyah!.

O jogador da LOUD JordanXP é destaque pelo uso de duas AWM como arma primária e secundária — Foto: Reprodução/LOUD

Via FF Esports (1, 2, 3), Instagram

Mais do TechTudo