Jogos de tiro

Por Gustavo Lima de Almeida, para o TechTudo


Call of Duty Mobile é um jogo disponível para download no celular Android ou iPhone (iOS). O game é online e competitivo, por isso, existem regras que mantêm o ambiente justo entre os jogadores. A Activision, desenvolvedora do jogo, tem punições severas para quem usa hacks, faz spam ou promove o discurso de ódio. O castigo por descumprir as determinações vai desde restrições na comunicação até o banimento permanente da plataforma. O TechTudo lista, a seguir, cinco práticas proibidas dentro do CoD Mobile.

Usar hacks é contra as regras do Call of Duty Mobile — Foto: Divulgação/Activision

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Usar de Hacks e programas auxiliares

A franquia Call of Duty sempre teve um histórico com hackers em sua comunidade. Por conta disso, não há tolerância contra quem for pego utilizando qualquer tipo de trapaças. Caso o jogador seja reportado por usar programas indevidos, será submetido a uma investigação. Uma vez comprovado o hack, o jogador será banido imediatamente e permanentemente do jogo.

2. Vender e/ou compartilhar contas

Regulamento do Call of Duty Mobile prevê que cada conta deve ser utilizada por um jogador — Foto: Divulgação/Activision

A venda de contas é estritamente proibida pela Activision. Como qualquer outro jogo online, o uso de uma conta é pessoal e ela não deve ser compartilhada com outras pessoas — muito menos vendida. Quem se beneficia dessa atitude, em geral, pretende evoluir seu nível de forma muito mais rápida que um jogador convencional. Essa prática provoca um desequilíbrio dentro do jogo e pode atrapalhar a experiência de toda a comunidade.

3. Fazer propaganda ou enviar spam no chat

Spams no chat incomodam os outros jogadores e atrapalharam a experiência de Call of Duty Mobile — Foto: Divulgação/Activision

Quem tem experiência em jogos online desta natureza já deve ter encontrado algum player fazendo spam. A repetição de mensagens sobre um mesmo conteúdo incomoda a experiência de outros jogadores, tanto dentro do jogo quanto no chat de voz ou no chat global. Se um jogador for flagrado fazendo propaganda ou enviando spam no chat global terá sua conta banida imediatamente.

4. Ter atitudes antiesportivas, como Team Killing

Quem tiver atitudes antiesportivas na equipe poderá ser banido de Call of Duty Mobile — Foto: Divulgação/Activision

Team Killing ou Friendly Fire é o ato de atirar nos seus aliados de equipe. Apesar de acontecer, na maioria das vezes, como acidente, há jogadores que praticam a atitude de propósito para trollar a partida. Esse é um exemplo de ação que não é aceita dentro do jogo, mas qualquer prática feita para atrapalhar os companheiros e trabalhar contra a própria equipe se encaixa nessa categoria. Os jogadores reportados no final da partida serão investigados e, se ficar provado que tiveram uma atitude antiesportiva, serão punidos.

5. Propagar discurso de ódio

Infelizmente, o ambiente tóxico da maioria dos FPS Online também aparece em CoD Mobile — Foto: Divulgação/Activision

Um dos grandes males na comunidade gamer em geral, especialmente online, é o hate. Infelizmente, ainda é comum ver atitudes desrespeitosas em qualquer chat disponível em jogos online, e Call of Duty não é exceção. Qualquer discurso de ódio, tanto no chat de voz quanto no chat global, é passível de banimento instantâneo. Games online de FPS têm relatos constantes de agressões verbais e preconceituosas, levando as empresas a se manifestar sobre o assunto e punir os jogadores que propagam discurso de ódio.

Mais do TechTudo