Realidade virtual

Por Clara Fabro, para o TechTudo


A Realidade Aumentada do Google permite interagir com modelos 3D, visitar museus, assistir a exposições sem sair de casa e, até mesmo, ser guiado em tempo real pelas ruas da cidade para chegar ao seu destino. A tecnologia pode surpreender, mas precisa de suporte adequado para funcionar e, por isso, não está disponível em todos os modelos de smartphones nem em versões mais antigas de celulares Android ou iPhone (iOS).

Na lista a seguir, o TechTudo explica como usar a Realidade Aumentada do Google e como o recurso funciona. Em cinco perguntas e respostas sobre a tecnologia, você saberá como acessar alguns dos modelos em 3D do Google e descobrir se o seu celular tem suporte para a ferramenta com o app Google Play Services para RA.

Como usar a Realidade Aumentada do Google? Lista traz cinco perguntas e respostas sobre a tecnologia — Foto: Clara Fabro/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Como funciona a Realidade Aumentada (RA) do Google?

A tecnologia de Realidade Aumentada traz para o mundo real algum conteúdo digital. Diferentemente da Realidade Virtual, a RA não precisa de nenhum outro gadget para funcionar e utiliza apenas a câmera do celular para transportar imagens digitais para o mundo físico. A experiência é bastante imersiva, já que a tecnologia permite a interação com animais, objetos e conteúdo em 3D.

Basta acionar a câmera do celular para que o ambiente físico seja reconhecido e, assim, a imagem virtual em 3D salte sobre a tela. A experiência fica ainda mais completa quando a RA permite a interação com a imagem digital. No caso dos animais em 3D do Google, por exemplo, é possível posicioná-los no ambiente enquanto eles emitem seus sons típicos e se movimentam no espaço.

Google cria ferramenta que inclui observar animais em 3D com realidade aumentada — Foto: Beatriz Cardoso/TechTudo

2. Quais serviços do Google usam RA?

O Google anunciou o recurso de RA para pesquisas no buscador em 2019, durante a conferência anual da companhia. A novidade permite interagir com animais, insetos e até dinossauros usando Realidade Aumentada e, para acessar o serviço, basta fazer uma pesquisa simples sobre o animal no buscador. A plataforma permite interagir com os bichinhos e é possível modificar o ângulo de observação, além da sua posição no ambiente com a opção "Ver no seu espaço".

A opção utiliza a câmera do celular para reconhecer o ambiente, transpondo a imagem digital sobre o mundo real. Por meio da tecnologia, é possível observar os animais e insetos em escala e aprender um pouco mais sobre cada um deles: é possível ver borboletas e joaninhas voando e saber qual é o som que pandas e leões emitem, por exemplo.

É possível reposicionar os bichinhos com a Realidade Aumentada do Google — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Além das pesquisas no buscador que permitem ver e interagir com as imagens em 3D, o aplicativo Google Arts & Culture também oferece a tecnologia de Realidade Aumentada para usuários. Pelo app, é possível conhecer museus e observar as galerias com as obras de arte, além de explorar pontos turísticos de cidades históricas sem sair de casa, utilizando só a câmera do celular. O aplicativo também permite posicionar obras de arte de pintores famosos na parede da sua sala, por exemplo.

Alguns artefatos antigos e animais pré-históricos também podem ser observados pelo app do Google, além de fósseis, esqueletos de dinossauros e o traje utilizado pelo astronauta Neil Armstrong na missão que levou o homem à Lua.

Traje espacial de Neil Armstrong está disponível em tamanho real em 3D no Google — Foto: Divulgação/Google

Durante o período de isolamento provocado pela Covid-19, a companhia também lançou um recurso do Chrome que forma uma circunferência com dois metros de raio ao redor do usuário. O círculo estabelece uma distância mínima entre a pessoa e outros indivíduos, em referência ao distanciamento recomendado pela OMS.

Além disso, a RA também está disponível no Google Maps, que permite utilizar o recurso em caminhos percorridos a pé, sendo capaz de guiar o usuário com setas em três dimensões pelas ruas, por meio da tela do celular.

3. O que é Google Play Services para RA?

O Google Play Services para RA é o software responsável pelo funcionamento da tecnologia em celulares Android. É por meio dessa plataforma que o Google oferece as experiências de Realidade Aumentada no smartphone, já que os aplicativos e recursos que utilizam RA precisam do serviço para funcionar. O aplicativo já vem instalado de fábrica em modelos de celulares mais recentes, mas, se você não encontra o app no seu aparelho, pode baixá-lo pela Google Play Store.

4. O que significa 'Google Play Services para RA não compatível com seu dispositivo'?

'Google Play Services para RA não compatível com seu dispositivo': entenda a mensagem de erro — Foto: Divulgação/Google

Para que a experiência da Realidade Aumentada esteja disponível para você, é necessário se certificar de que seu smartphone tenha capacidade para suportar o serviço. Dentre outras coisas, é necessário que o celular tenha uma câmera com boa qualidade, sensores de movimento e uma CPU potente o suficiente para que os cálculos sejam realizados em tempo real e garantam um bom desempenho do recurso.

Smartphones com Android 7.0 (Nougat) ou superior e iPhone com iOS 11 ou superior garantem suporte ao serviço, mas nem todos os modelos podem acessar a opção "Ver no seu espaço", já que, para isso, é necessário o Google Play Services para RA. Dentre os principais modelos que têm suporte ao recurso estão celulares da Samsung, como Galaxy J5, J5 Pro, J7 e J7 Pro, linha Note do 8 em diante, linha S do S7 em diante e linha A do A8 em diante, além de modelos mais recentes.

No iPhone, o suporte está disponível para iPhone 6S ou superior, incluindo o iPhone SE e modelos de iPad e iPod touch de 7ª geração. Dentre os celulares LG, estão a linha G a partir do G6, modelos Q6, Q7, Q8 e V do V30 em diante. Na Motorola, os modelos compatíveis vão do G5S Plus em diante, além da linha Z a partir do Z2 e linha One. Além deles, outros celulares de marcas como Asus e Xiaomi também têm suporte à função.

Se você tem algum desses modelos de smartphone e mesmo assim a mensagem de erro aparece, é possível que o aplicativo esteja desatualizado ou, ainda, que a memória do celular esteja cheia. Para resolver o problema, busque pelo aplicativo "Google Services para RA" na Play Store e atualize-o. Se o erro persistir, limpe a memória cache do app e reinicie o dispositivo. Se o problema continuar, desinstale o aplicativo e instale-o novamente.

5. Como usar os animais 3D do Google?

Os animais em 3D podem ser acessados no buscador do Google a partir de uma busca simples pelo animal. Se você pesquisar por tigre, urso, arara, tartaruga, louva-a-deus ou mariposa, por exemplo, a busca traz informações sobre o bichinho e um painel que diz "Veja bem de perto em tamanho real", junto com a opção "Veja em 3D".

Faça uma pesquisa na busca para usar a Realidade Aumentada do Google — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Ao tocar sobre "Veja em 3D", a imagem do animal aparecerá na tela e, tocando sobre a opção "Veja no seu espaço", o bichinho é transportado para o seu ambiente por meio do reconhecimento do espaço pela câmera do celular. Pinçando os dedos sobre a tela você pode aproximar ou afastar a imagem, além de reposicionar e modificar o ângulo de observação do animal.

Movimente a câmera e reposicione o animal 3d com a Realidade Aumentada do Google — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Via Google (1 e 2), Republic World

Brincadeiras do Google: veja 7 truques e jogos escondidos no buscador

Brincadeiras do Google: veja 7 truques e jogos escondidos no buscador

Como ganhar dinheiro com o Google? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo