Armazenamento

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


SSD é um tipo armazenamento mais atual em relação aos HDs tradicionais. Por utilizar uma tecnologia similar à de unidades flash, os SSDs são mais rápidos, o que leva a uma inicialização mais rápida do sistema operacional, assim como aumenta sua fluidez no dia a dia. No Brasil, é possível encontrar opções de marcas como HyperX, Kingston, Samsung, SanDisk, HP, Intel, Western Digital, entre outras, saindo a preços próximos aos R$ 180 para versões de 120 GB.

Apesar do desempenho bastante superior ao dos HDs, os SSDs são mais caros, principalmente ao considerar componentes de entrada, que trazem ainda menor espaço disponível para guardar arquivos. Portanto, antes de comprar um novo armazenamento, é importante entender o que buscar no componente. Pensando nisso, o TechTudo separou algumas perguntas e respostas para tirar dúvidas comuns sobre SSDs.

SSDs são melhores aproveitados em sistemas operacionais mais recentes, sejam eles Windows ou Linux — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

É mesmo mais rápido que o HD?

Sim. Os SSDs são muito mais rápidos que os HDs. Enquanto um HD convencional tem velocidades que ficam entre 50 e 120 MB/s para leitura e escrita, SSDs de entrada partem dos 200 MB/s, sendo muito comum encontrar opções SATA que oferecem entre 500 e 550 MB/s.

Existem ainda os SSDs com interface PCIe e NVMe, que são ainda mais rápidos, podendo oferecer em modelos de ponta até 3000 MB/s, ou seja, 60 vezes mais velocidade que um HD convencional.

Ainda é difícil de encontrar no Brasil?

Não mais. Felizmente a tecnologia dos SSDs já se popularizou, e hoje é fácil encontrar opções de diversas marcas no mercado nacional. Se antes apenas o SSD do tipo SATA era comercializado na maioria das lojas especializadas, agora mesmo os M.2 NVMe já podem ser encontrados em diversos varejistas online.

Além disso, diversas fabricantes de notebooks já oferecem SSDs em suas máquinas, o que fez com que os discos ganhassem um apelo popular no mercado, já que o ganho em desempenho é notável. Um ponto a ser observado é o leque de opções com maior capacidade de armazenamento: esses ainda não estão tão acessíveis.

SSDs SATA da Samsung usam tecnologia QLC e apostam na alta capacidade — Foto: Divulgação/Samsung

O que é NVMe, PCIe e M.2?

Essas siglas podem confundir um pouco, mas elas se referem aos tipos de SSDs e protocolos dos mesmos. NVMe é um protocolo de comunicação que utiliza uma tecnologia mais moderna, capaz de tirar proveito da maior velocidade dos SSDs, atingindo assim todo o potencial de discos modernos.

Já o PCIe é uma das interfaces de comunicação, ou seja, o caminho pelo qual o SSD se comunica com a placa mãe, e sim, é o mesmo PCIe das placas de vídeo, o que dá uma dimensão da alta velocidade da interface.

SSD Western Digital WD Green de 240 GB nos formatos de 2,5" e M.2 2280 — Foto: Divulgação/Western Digital

As siglas M.2 e SATA, por sua vez, são referência ao tipo de conexão do componente ao PC. As portas SATA, por exemplo, são praticamente onipresentes em desktops e notebooks, mas têm um limite que pode impactar a performance dos discos. Já a conexão M.2 pode receber produtos do tipo SATA e NVMe, sendo importante observar o manual da placa mãe para verificar o suporte e adquirir o SSD correto.

Pode instalar em qualquer computador?

Depende. Os SSDs do tipo SATA, que utilizam as conexões idênticas aos de HDs SATA, podem sim ser instalados em qualquer PC ou notebook com portas disponíveis com o padrão. Vale lembrar que os SSDs SATA possuem formato de 2,5 mm, ou seja, mesmo tamanho dos HDs de notebooks.

Já os SSDs NVMe, requerem suporte da placa-mãe, e são mais garantidos em máquinas mais novas. Mais uma vez é necessário atentar ao manual da placa-mãe ou do PC para saber se é possível instalar um produto do tipo no seu computador.

SSD Kingston A2000 de 250 GB possui interface PCIe NVMe — Foto: Divulgação/Kingston

Notebooks são compatíveis?

Sim. Os SSDs SATA têm inclusive o mesmo tamanho dos HDs de notebooks. Além disso, diversas fabricantes já oferecem seus laptops com SSDs ou portas de fácil acesso que permitem a adoção de um SSD para atuar em conjunto com um HD SATA. Isso é bem interessante para quem quer ter velocidade e bom espaço de armazenamento ao mesmo tempo, mas sem pagar tanto por isso.

Instalação de SSD em notebook. — Foto: Adriano Hamaguchi/TechTudo

Como acertar na escolha do SSD? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo