Produtividade

Por João Pedro Voltarelli, para o TechTudo


A monday.com é uma ferramenta online usada para gerenciar projetos, processos ou trabalho diário. Entre seus recursos, a plataforma inclui mais de cem receitas de automação e integrações com outros aplicativos de trabalho. Além disso, é customizável e pode ser útil para empresas de diferentes tamanhos.

Embora seja pago, o produto oferece funcionalidades interessantes para o ambiente corporativo, como rastreamento de tempo das tarefas e automatizações de mensagens. A seguir, entenda como funciona a Monday.com e quais são seus recursos, preços e planos.

O sistema monday.com é utilizado para organização de diversas tarefas — Foto: João Pedro Voltarelli/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é Monday.com?

A Monday.com é um sistema operacional de trabalho que permite gerenciar projetos e tarefas com auxílio, colaboração e prazos da equipe. A ferramenta é útil especialmente para organizações, que podem criar aplicativos personalizados de fluxo de trabalho para executar planos ou afazeres do dia a dia.

O produto, que começou como uma ferramenta interna da empresa israelense Wix.com, atualmente é bem completo. Ele é capaz de atender diversas operações comerciais, como campanhas de marketing, vendas, TI, roteiros de produtos, pesquisa e desenvolvimento, suporte ao cliente, planejamento e processos de negócio, recursos humanos, gestão de eventos e até produção de mídia.

Embora seja um sistema para gerenciar projetos, a Monday.com também pode ser utilizada como um CRM (Customer Relationship Management, termo em inglês que pode ser traduzido como Gestão de Relacionamento com o Cliente). Esse tipo de software é usado para automatizar o contato com o cliente, gerenciar campanhas de publicidade e organizar produções de vídeos, entre outras funções. O programa pode fazer desde o planejamento de aulas para professores até construções para engenheiros, por exemplo.

Veja também: 4 apps que ajudam a criar conteúdo para as redes sociais

4 apps que ajudam a criar conteúdo para as redes sociais

4 apps que ajudam a criar conteúdo para as redes sociais

Recursos da Monday.com

A Monday.com oferece diversos recursos que podem ser adaptados conforme as necessidades dos usuários. Algumas ferramentas de destaque da plataforma são:

  • Customização: a ferramenta pode se adequar a diferentes tipos de trabalho e fluxos de construção de uma equipe;
  • Colaborativa: permite organizar e facilitar o trabalho colaborativo, com a adição de membros da equipe aos quadros e delegação do que ainda precisa ser feito;
  • Integrações: no sistema, você consegue integrar ferramentas externas populares como Jira, Slack, Gmail, entre outras, para facilitar o trabalho e deixar o ambiente mais completo;

monday.com conta com serviço colaborativo para facilitar o trabalho — Foto: Reprodução/ João Pedro Voltarelli

  • Rastreamento de tempo: é possível rastrear o tempo gasto em cada tarefa para ter um panorama da duração de cada uma;
  • Painel de Controle: ajuda na obtenção de insights, além de permitir acompanhar o progresso do projeto, estimar a carga de trabalho e monitorar orçamentos;
  • Views: permite visualizar dados de diferentes maneiras, conforme o estudo ou trabalho. Por exemplo, você pode ver e coletar informações da tarefa para ajudar a ter novas ideias, acessar os planos de projeto ou acompanhar seu progresso;
  • Automatizações: permitem programar trabalhos manuais na realização de tarefas repetitivas, como notificar para outros colegas quando uma tarefa é concluída.

Planos e preços da Monday.com

A Monday.com não é uma ferramenta é gratuita e, como é desenvolvida para empresas, tem planos para o mínimo de três usuários. Companhias maiores podem utilizar a plataforma com mais de 200 pessoas.

Cada usuário consegue modificar a mensagem como achar necessário para facilitar o trabalho — Foto: Reprodução/João Pedro Voltarelli

Os valores variam entre R$ 27 por mês para cada usuário no plano Básico, R$ 33 no pacote Padrão; e R$ 53 para cada indivíduo no Profissional. Já o preço do plano Corporativo varia de acordo com as necessidades de cada empresa e deve ser consultado com o próprio sistema.

Assim como os valores são diferentes, os planos também apresentam recursos variados. O pacote Básico dá acesso a formulários, comunicação com contexto, visualizadores gratuitos ilimitados, aplicativo para celulares Android e iPhone (iOS) e apenas um quadro. Já o Padrão acrescenta visualizações de Timeline e Calendário, compartilhamento de quadros com convidados, busca avançada, automações, integrações e limite de três quadros. O plano Profissional, além desses recursos, vem com visualização de gráfico, controle de tempo e coluna de fórmula. Por fim, o pacote Corporativo oferece governança e segurança de nível empresarial.

O quadro do monday.com com os grupos azul e amarelo, colunas e itens de cada semana — Foto: Reprodução/João Pedro Voltarelli

Como usar a Monday.com

A plataforma Monday.com tem mais de 100 modelos diferentes pré-fabricados para ajudar a gerenciar um projeto, além de oferecer a possibilidade de personalizar esses modelos. Para usar a ferramenta, é preciso entender seus componentes centrais: quadros, grupos, colunas e itens.

O quadro (ou board) é preenchível como uma planilha e oferece a possibilidade de compartilhamento. Já os grupos são seções do quadro que podem simbolizar tarefas ou outras atividades. Cada grupo tem uma ou mais colunas, que podem ser renomeadas. Por fim, nesses grupos, existem linhas chamadas de itens. Dentro de cada item contém a descrição do que precisa ser feito nesse grupo, ou seja, as tarefas do projeto.

Os componentes são modificáveis e podem acomodar as mudanças necessárias em cada projeto, com a possibilidade de adicionar, editar, remover, arrastar e soltar itens, colunas e grupos em seu quadro.

É possível ver de forma mais clara e limpa todo o status do trabalho no sistema — Foto: Reprodução/João Pedro Voltarelli

Monday.com vs Trello

O Trello também é um gerenciador de projetos, mas utiliza o método visual Kanban, com um quadro digital que usa cartões e colunas para planejar e conduzir as tarefas. Normalmente, há pelo menos as listas "a fazer", "em produção" e "finalizado", ou algo semelhante.

A Monday.com pode exibir projetos usando a mesma organização Kanban, que gera um equilíbrio entre o estoque e a linha de produção, mas também tem modelos de roteiro de projeto adicionais. Assim, há a possibilidade de configurar ou alternar projetos entre o sistema, calendário, gráfico, linha do tempo e visualizações de mapa. Enquanto os membros da equipe Trello usam principalmente painéis compartilhados, a Monday.com permite criar painéis privados.

Além disso, a Monday.com utiliza um gerenciamento de tarefas com sistema de listas em placas chamado "pulsos", que são organizados em colunas para rastrear o progresso de um projeto. Também é possível controlar o tempo mencionado e usar widgets para o painel pessoal, incluindo uma lista de tarefas simples, uma cotação do dia e uma "bateria" que mostra o status de todos os projetos.

O gráfico em formato de bateria mostra o trabalho que foi feito, que está em produção e até o que não foi iniciado — Foto: Reprodução/João Pedro Voltarelli

Os relatórios e análises da Monday.com também excedem o que o Trello oferece por conta própria. Por fim, com um clique é possível ver os principais indicadores de desempenho (KPIs) de um projeto: orçamento, progresso geral e tarefas codificadas por cores para mostrar quais estão em andamento, concluídas ou emperradas.

Mais do TechTudo