Educação

Por Raquel Freire, para o TechTudo


Aplicativos para criança aprender a ler tornaram-se grandes aliados dos pais. Ainda que as plataformas online não substituam o professor, elas ajudam os responsáveis a acompanhar e dar apoio aos filhos em fase de alfabetização com exercícios divertidos e que parecem jogos.

Neste guia, o TechTudo selecionou cinco apps para ensinar a ler, todos disponíveis para Android e iPhone (iOS). Conheça os detalhes de cada um e saiba como eles podem ajudar no dia a dia, especialmente durante o período de pandemia da Covid-19, em que muitas crianças estão longe da sala de aula.

Conheça opções de apps para aprender a ler no celular — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Ler e contar

Ler e Contar é um aplicativo para ensinar a ler que pode ser usado tanto por crianças maiores, que estão em fase de alfabetização e aprendendo operações matemáticas, quanto pelos pequenos. Além do alfabeto e dos números, a plataforma traz formas, animais, cores, instrumentos musicais e Libras, a língua brasileira de sinais.

Cada opção do menu conta com algumas atividades diferentes para ajudar no aprendizado, seja ela colorir um bichinho, adivinhar a primeira letra de uma palavra ou acertar o movimento das mãos no alfabeto em libras. O adulto pode selecionar os idiomas português, espanhol e inglês, o que ajuda também no ensino de outras línguas.

Ler e contar, app gratuito que ensina letras, números, formas e cores para crianças — Foto: Reprodução/Raquel Freire

2. Aprenda a Ler e Escrever

O aplicativo Aprender a Ler e Escrever — também conhecido por seu nome em inglês, LetterSchool — é focado no ensino da escrita. Ao tocar sobre uma letra, a criança ouve uma palavra iniciada por ela e é solicitada a desenhá-la na tela do celular, deslizando o dedo. Apesar de ser uma plataforma originalmente norte-americana, ela está toda em português.

Além disso, a ferramenta utiliza gamificação, dando ao estudante de uma a três estrelas em cada letra do alfabeto, tratada pelo app como uma fase. Na mais difícil, a criança precisa fazer a letra sem o desenho de guia.

Aplicativo "Aprenda a Ler e Escrever" usa gamificação para ensina da escrita — Foto: Reprodução/Raquel Freire

3. Silabando

Como o nome deixa claro, o Silabando ensina a formar, separar e contar sílabas. Elas estão divididas no app em dois grupos, simples e complexas, que devem ser selecionadas de acordo com o estágio de alfabetização da criança.

Os grupos trazem seis tipos de exercício: apresentação e formação de sílabas; identificação da parte que falta para formar a palavra; acertar a sílaba que é pedida pelo app; ler palavras com a separação silábica feita e, por fim, contar o número de sílabas de uma palavra.

Silabando, aplicativo para ensinar a ler, é focado no treino da divisão silábica — Foto: Reprodução/Raquel Freire

4. Graphogame

Outra ferramenta a usar a dinâmica dos jogos é o Graphogame, app para aprender a ler lançado pelo Ministério da Educação. Nele, cada fase traz uma ou mais letras que a criança precisa tocar toda vez que ouvir. Cada acerto é contabilizado e, no final da fase, a estrela mostra o índice de aproveitamento daquela etapa.

Os níveis são apresentados em um mapa 3D, indicado para uso doméstico, ou em um painel 2D, mais adequado para uso escolar (apenas por exigir menos da conexão de Internet). Nas telas iniciais, o Graphogame permite personalizar o avatar mudando a cor da pele, cabelo e roupas, além de inserir o nome da criança e selecionar menina ou menino.

Aplicativo do MEC ajuda crianças a aprender a ler: Graphogame trata alfabetização como jogo — Foto: Reprodução/Raquel Freire

5. Playkids

O Playkids não é um app específico de leitura. A plataforma engloba conteúdos educacionais e de entretenimento, incluindo desenhos como Turma da Mônica, Masha e o Urso, e O Show da Luna, além de histórias de Natal e games infantis.

Na parte voltada ao letramento, a plataforma conta com as áreas O Mundo da Leitura e Aprenda em Casa, que traz conteúdos de português e outras matérias. O Playkids é um aplicativo pago (R$ 29,90 ao mês ou R$ 199,90 ao ano), mas é possível usá-lo gratuitamente por três dias para testar.

Playkids, app pago que reúne conteúdos educativos, desenhos e jogos infantis — Foto: Reprodução/Raquel Freire

Duolingo é bom para aprender idiomas? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo.

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa durante a pandemia da Covid-19

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa durante a pandemia da Covid-19

Mais do TechTudo