Celulares

Por Vitor Grama, do home office


Moto G9 Power: veja prós e contras

Moto G9 Power: veja prós e contras

O Moto G9 Power é um celular intermediário da Motorola que se destaca pela bateria potente. O smartphone ainda traz na ficha técnica uma câmera tripla de até 64 MP e telona de 6,8 polegadas. Ele chegou ao Brasil em dezembro de 2020 pelo preço sugerido de R$ 1.899. Confira a seguir os pontos positivos e negativos das especificações do telefone.

Moto G9 Power é vendido por R$ 1.899 — Foto: Vitor Grama/TechTudo

PONTOS POSITIVOS

1. Bateria grande de 6.000 mAh

O grande chamariz do Moto G9 Power é a bateria de 6.000 mAh. Esta capacidade supera o padrão atual da indústria de celulares intermediários, que normalmente trazem até 5.000 mAh. A Motorola promete até 60 horas longe das tomadas, ou seja, pode oferecer autonomia de mais de dois dias. Além disso, pode ser reabastecido pelo carregador de 20 W que vem na caixa.

Neste quesito, ele compete com o Galaxy M31, da Samsung, aparelho que venceu a categoria de celular com com melhor custo-benefício no prêmio do TechTudo.

Moto G9 Power tem bateria grande de 6.000 mAh — Foto: Vitor Grama/TechTudo

2. Câmera tripla de até 64 MP

O Moto G9 Power também tem tudo para agradar os amantes de fotografia. Nos testes do TechTudo, o celular capturou imagens bem definidas e com cores fiéis. O smartphone apresenta uma câmera tripla com sensor principal de 64 MP. O conjunto fotográfico do telefone ainda inclui uma lente macro de 2 MP (f/2.4) para capturar objetos bem de perto e um sensor de profundidade também de 2 MP (f/2.4) para auxiliar no modo retrato, recurso que desfoca o fundo da imagem.

O aparelho da Motorola conta com o modo Night Vision (visão noturna, em português), para capturar imagens em ambientes com pouca luminosidade, e a função Quad Pixel, que agrupa quatro pixels em um para gerar registros com mais nitidez.

Moto G9 Power tem câmera tripla de até 64 MP — Foto: Vitor Grama/TechTudo

3. Tela de 6,8 polegadas

O display do Moto G9 Power tem 6,8 polegadas, tamanho que deve agradar usuários que gostam de telona no celular. O painel ainda tem proporção 21:9, mesmo formato das telas de cinema e que dá um aspecto mais alongado ao smartphone.

No entanto, o telefone tem resolução HD+ (1640 x 720 pixels) e 264 pixels por polegadas, o que pode acabar gerando imagens com pouca definição.

Moto G9 Power tem tela de 6,8 polegadas — Foto: Vitor Grama/TechTudo

PONTOS NEGATIVOS

1. Sem câmera ultra wide

O conjunto fotográfico do Moto G9 Power não inclui câmera ultra wide. A lente é conhecida por oferecer campo de visão mais amplo para dar impressão de que o usuário está mais afastado do que realmente está.

A câmera que está presente em celulares mais baratos como o Galaxy A21S e Redmi 9 (Xiaomi) pode ser útil para enquadrar mais pessoas em um clique ou para capturar paisagens, mas não está presente no aparelho da Motorola.

Moto G9 Power não tem câmera ultra wide — Foto: Vitor Grama/TechTudo

2. Peso

Um dos pontos negativos do Moto G9 Power são seus 221 gramas. Ele é considerado pesado para os padrões atuais e pode incomodar pessoas que ficam com o celular na mão por longos períodos.

Moto G9 Power pesa 221 gramas — Foto: Vitor Grama/TechTudo

3. Sem NFC

O Moto G9 Power não tem conectividade NFC. Isso significa que o smartphone não pode ser usado para realizar pagamentos por aproximação por aplicativos como Google Pay. Esta característica é uma mão na roda em tempos de pandemia, em que a recomendação é evitar tocar em superfícies sem higienização adequada.

Moto G9 Power não pode ser usado para realizar pagamentos por aproximação — Foto: Divulgação/Motorola

Ficha técnica Moto G9 Power

  • Tamanho da tela: 6,8 polegadas
  • Resolução da tela: HD+ (1640 x 720 pixels)
  • Painel da tela: IPS LCD
  • Câmera principal: tripla, 64, 2 e 2 MP
  • Câmera frontal (selfie): 16 MP
  • Processador: Snapdragon 662 (octa-core de até 2 GHz)
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento (memória interna): 128 GB
  • Cartão de memória: sim, microSD de até 512 GB
  • Capacidade da bateria: 6.000 mAh
  • Telefonia: Dual SIM (nano SIM)
  • Peso: 221 gramas
  • Cores: verde pacífico e roxo
  • Lançamento: dezembro de 2020
  • Preço de lançamento: R$ 1.899

Com informações da Motorola

Cooler para celular: veja quatro opções à venda no Brasil

Cooler para celular: veja quatro opções à venda no Brasil

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação.

Mais do TechTudo