Video game

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Em 2006, quem foi atrás do aguardado PlayStation 3 (PS3) no Brasil precisou desembolsar um valor que hoje é equivalente a R$ 16 mil, o que faz da antiga plataforma da Sony o console mais caro já lançado no mercado nacional. Além do PS3, outros videogames também chegaram por aqui a preços bem salgados, como são os casos do Xbox 360 (hoje, pelo equivalente a R$ 6.409) ou mesmo o PlayStation 2 (PS2), que atualmente seria R$ 6.665 em sua janela de lançamento. Veja, a seguir, a lista que preparamos com os consoles mais caros do mercado brasileiro.

Por conversão, PS3 é o console mais caro já vendido no Brasil — Foto: Divulgação/Sony

Quer comprar jogos, consoles e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Antes de detalhar cada videogame e seus preços, vale observar que, em nossa metodologia, consideramos o preço corrigido pela inflação acumulada de cada modelo para esta lista. Por exemplo: o valor nominal do lançamento do Sega Saturn no Brasil, em 1995, foi de R$ 899. Entretanto, considerando a inflação acumulada do período até dezembro de 2020, esse preço seria equivalente a atuais R$ 4.240 – quase um PlayStation 5 (PS5), portanto. Os cálculos dos valores corrigidos foram realizados com a calculadora de inflação do IBGE.

2013: Nintendo Wii U – R$ 1.899 (R$ 2.808)

O sucessor do Nintendo Wii chegou ao mercado brasileiro em dezembro de 2013, apostando em continuidade nos controles de movimento revolucionários do antecessor. Além disso, havia o que seria a origem do Nintendo Switch: um enorme controle em formato de tablet, pensado para que você pudesse curtir seus jogos mesmo distante do console e da TV.

Nintendo Wii U acabou distante do sucesso do antecessor — Foto: Divulgação/Nintendo

A estreia oficial do Wii U no mercado brasileiro acompanhou a chegada de seus grandes rivais no mercado, PlayStation (PS4) e Xbox One, por R$ 1.899 (R$ 2.808, com a correção da inflação acumulada até dezembro de 2020). Seu preço logo se comprovaria bastante competitivo diante dos rivais, mas ainda assim foi insuficiente para fazer com que o Wii U virasse uma preferência nacional.

1999: Sega Dreamcast – R$ 899 (R$ 3.243)

O Dreamcast chegou oficialmente ao mercado brasileiro em setembro de 1999, por R$ 899, valor que, corrigido pela inflação acumulada, hoje equivale a R$ 3.243 atuais. Inovador, o console da Sega estava à frente do seu tempo, com a oferta de conectividade para jogos online, arquitetura interna que emprestava mais tecnologia dos PCs do que seus rivais e um controle com maior interatividade.

Apesar de pouco tempo no mercado, Dreamcast seria palco de clássicos, como Shenmue — Foto: Reprodução/Geek

Pirataria facilitada de jogos, erros estratégicos da Sega e a pesada concorrência do PlayStation 2, que chegaria no ano seguinte como “o leitor mais de DVDs mais barato do mercado”, acabaram cortando a vida útil do console. Ele durou 18 meses no mercado e, infelizmente, ficou longe de atingir todo o seu potencial.

2013: Xbox One – R$ 2.200 (R$ 3.253)

O Xbox One chegou ao Brasil em novembro de 2013 com o preço de R$ 2.200, que só não causou tanta reação quanto o do grande rival, o PS4, lançado no mesmo mês, por R$ 4 mil, quase o dobro. A Microsoft conseguiu introduzir seu console com um preço mais em conta porque nacionalizou a fabricação do Xbox, medida que a Sony tomaria no futuro.

Mais caro que o PS4 no exterior, Xbox One chegou ao Brasil mais barato que o rival — Foto: Divulgação/Xbox

Relativamente bem sucedida no mercado, a plataforma da Microsoft acabou sofrendo com um lançamento atribulado por políticas, que acabaram afastando fãs do Xbox 360. Além disso, houve um ciclo com menor ênfase em grandes exclusivos, que, por outro lado, marcariam de forma significativa o catálogo do PS4.

1995: Sega Staurn – R$ 899 (R$ 4.240)

Sucessor do Mega Drive, bastante querido no Brasil, o Saturn estreou no mercado brasileiro em setembro de 1995, nacionalizado pela TecToy. Assim como no exterior, o console ficaria marcado pelo preço bem salgado de lançamento: no mercado nacional, o console de 32 bits da Sega seria vendido por R$ 899 (R$ 4.240, aplicando a correção inflacionária).

Sega Saturn chegou com preço alto ao mercado brasileiro — Foto: Divulgação/Sega

Longe de ser um produto ruim, o Saturn acabou comprometido pelo fato de que seu grande adversário, o PlayStation, era muito mais barato. Além disso, era mais fácil de desenvolver games para a plataforma da Sony, que trazia ainda uma arquitetura mais amigável com games em 3D, tendência que viraria febre e comprometeria o Saturn e seu design ajustado a jogos em 2D.

2013: PlayStation 4 – R$ 3.999 (R$ 4.436)

O anúncio do preço de lançamento do PlayStation 4 no mercado brasileiro provocou muita reação: a R$ 4 mil, o produto da Sony era muito mais caro do que o Xbox One, seu grande rival. O preço brasileiro do PS4 precisa ser levado em consideração, uma vez que importadores independentes do chamado mercado cinza conseguiam comercializar o console por R$ 1.800

PS4 a R$ 4.000 surpreendeu consumidor em 2013 — Foto: Matheus Vasconcellos/TechTudo

A reação foi tão grande ao valor oficial que a Sony produziu um documento detalhando toda a planilha de custos do console, fragmentando impostos e taxas que incidiam no produto então importado e suscetível à variação do dólar. No fim das contas, a Sony passaria a fabricar o PS4 em Manaus em 2015, reduzindo assim os preços.

2020: Xbox Series X – R$ 4.599

A nova geração de consoles de Sony e Microsoft estreou no ano passado, e o Xbox Series X chegou a ser lançado no mercado nacional por R$ 4.999, mas teve o preço reduzido após um corte de impostos, que baixou o valor em R$ 400. O Series X é, em termos técnicos, o console mais poderoso já fabricado e disputa espaço com o PlayStation 5 (PS5).

O poderoso console da Microsoft está longe de ser o mais caro no Brasil — Foto: Reprodução/Murilo Molina

A plataforma da Microsoft conta com SSD de 1 TB de capacidade, além de ter expansão simplificada de espaço com SSD vendido separadamente. O console, compatível com games de todas as gerações de Xbox, promete games com gráficos de até 8K, 120 FPS e suporte a aceleração via hardware de efeitos de ray tracing.

2020: PlayStation 5 – R$ 4.699

O PS5 também desembarcou no mercado brasileiro em novembro de 2020 e, a exemplo do que ocorreu com o Series X, foi anunciado por R$ 4.999 e também recebeu corte de R$ 300. Rival do Series X, o console apostou em um design mais chamativo, com sistema de refrigeração em metal líquido e controle inovador.

PlayStation 5, com leitor de discos, sai por R$ 4.699 no mercado brasileiro — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

O novo PlayStation é compatível com a quase totalidade dos jogos lançados para PS4 e já vem recebendo lançamentos exclusivos, como Demon’s Souls e Spider Man: Miles Morales. Assim como o Xbox, o PS5 tem SSD interno de alta velocidade e oferece suporte a 8K e 120 FPS, além de contar com hardware especializado para ray tracing.

2006: Nintendo Wii – R$ 2.399 (R$ 5.125)

Nintendo Wii teve lançamento oficial no Brasil em dezembro de 2006, apenas 15 dias depois de sua chegada ao mercado internacional. O console da Nintendo marcaria um grande sucesso para a marca japonesa por apostar em jogadores mais casuais, atingindo a marca de mais de 100 milhões de unidades vendidas em todo mundo.

Valor corrigido do Wii é até mais alto do que os preços de PS5 e Series X — Foto: Divulgação/Nintendo

O produto desembarcou no território nacional por R$ 2.399, valor que se traduz em R$ 5.125, se considerada a inflação do período. Na prática, portanto, o Nintendo Wii foi lançado custando até mais do que os recentes e poderosos PS5 e Xbox Series X.

2006: Xbox 360 – R$ 2.999 (R$ 6.409)

Assim como o Wii, o Xbox 360 foi lançado no mercado nacional em 2006 por um preço bem salgado: R$ 2.999 (R$ 6.409, considerando a inflação). O 360 era um artigo de luxo para gamers que desejavam experimentar a plataforma que superaria com facilidade o PS3, seu grande rival, durante os próximos anos.

Xbox 360, assim como o PS3, chegou com preço alto no Brasil — Foto: Divulgação/Microsoft

O sucesso do Xbox, a despeito do preço, se explicaria pelo serviço online Xbox Live, que estava muito à frente do que a Sony ofereceria com o PS3. Além disso, também contaria com um ciclo estável de lançamentos de games que sempre rodavam com maior qualidade no Xbox do que no PlayStation.

Panasonic 3DO – R$ 1 mil (R$ 6.486)

O 3DO, em suas várias encarnações (diversas fabricantes diferentes tinham licença para fabricar a plataforma) chegaria ao Brasil em janeiro de 1994. Seus preços não eram nenhum pouco amigáveis. Versões mais baratas da plataforma, que inovava com a oferta de CDs e a promessa de tecnologia 32 bits, tinham preços partindo de US$ 1 mil no mercado nacional, enquanto modelos mais caros, como o infame Philips CD-I, saiam por US$ 1.500.

Panasonic 3DO era futurista, com 32 bits e CDs, mas custava caro — Foto: Reprodução/Wikimedia

Considerando apenas os modelos mais baratos, o 3DO brasileiro custaria algo em torno de R$ 6.486 se fosse lançado hoje, preço que é quase 40% mais alto do que o que Sony e Microsoft cobram pelos novos PS5 e Xbox Series X. Apesar das inovações e do hardware avançado para a época, o 3DO se tornaria um enorme fracasso comercial.

2000: PlayStation 2 – R$ 2 mil (R$ 6.665)

O PlayStation 2 foi lançado mundialmente em novembro de 2000 e chegou nessa janela ao mercado brasileiro com preços que giravam na faixa dos R$ 2 mil, que correspondem a cerca de R$ 6.665 em dinheiro de 2020, levando em conta a inflação. Muito aguardado, o PS2 era o sucessor do PS1, um enorme sucesso comercial e que, de quebra, ainda reproduzia DVDs, tecnologia que era uma grande novidade para a época.

Extremamente bem sucedido, o PS2 só seria lançado oficialmente no Brasil em 2009 — Foto: Divulgação/Sony

Entretanto, é preciso lembrar que o lançamento do PlayStation 2 no Brasil só ocorreria em 2009, quando a Sony trouxe a plataforma em caráter oficial ao mercado nacional. Naquela altura, o PS2 seria de R$ 799 (R$ 1.483, levando em conta a inflação) – valor que, naquela época, era até R$ 300 (R$ 525) mais alto do que o praticado no mercado cinza.

2006: PlayStation 3 – R$ 7.890 (R$ 16.857)

Quem foi em busca do PS3 no lançamento teve um susto: o console da Sony chegou a ser vendido no Brasil por R$ 7.890 em novembro de 2006. Convertendo essa quantia para valores atuais, é possível dizer que, se fosse lançado hoje, o PS3 custaria R$ 16.857.

PlayStation 3 custaria o equivalente a R$ 16.857, se fosse lançado hoje — Foto: Divulgação/Sony

Assim como aconteceu com o PS3, o PS3 só seria lançado de forma oficial no Brasil alguns anos mais tarde. O console só chegaria ao mercado nacional em agosto de 2010 por R$ 1.999 (R$ 3.572, com a inflação acumulada).

Com informações de IBGE, GameRant e InputMag

PS5: saiba tudo sobre o novo console

PS5: saiba tudo sobre o novo console

Mais do TechTudo