Redes sociais

Por Clara Fabro, para o TechTudo


O Google vai lançar mais um mensageiro em 2021, que deve integrar funções de e-mail, documentos, tarefas, mensagens instantâneas e chamadas de vídeo. Batizada de Google Chat, a nova plataforma deve substituir o Hangouts e também poderá ser acessada pelo Gmail. Desde 2005, o gigante das buscas já descontinuou e substituiu vários apps de mensagens, de maneira similar ao que acontecerá em breve com o Hangouts.

Pensando nisso, o TechTudo preparou uma lista com seis aplicativos de mensagens que foram encerrados e substituídos pelo Google. Apesar de muitos deles terem propostas diferentes, grande parte não teve o sucesso esperado ou não caiu nas graças do público, o que fez com que a empresa decidisse por descontinuar as plataformas e apps. Dentre eles estão o Google Wave, Talk, Spaces, Google+ Messenger e Allo, que, apesar da vida curta, serviu de pontapé para a criação da Google Assistente.

Mensageiros do Google: conheça os apps que foram descontinuados pela plataforma nos últimos anos — Foto: Foto: Marvin Costa/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Google Talk

Google Talk funcionava dentro do Gmail e enviava mensagens instantâneas — Foto: Divulgação/Google

O Google Talk — também conhecido como GChat — foi o primeiro app de comunicação do Google, lançado em agosto de 2005. O Talk era um serviço de mensagens instantâneas do Gmail, compatível com outras plataformas de chat por ser baseado em um tipo de formato e protocolo que permitia essa integração. A ferramenta também realizava chamadas de áudio e vídeo e, além de ser usado pela web através do Gmail, também contava com um software para computador. O Google Talk foi encerrado em 2013 e substituído pelo Hangouts.

2. Google Wave

Google Wave queria revolucionar e-mail — Foto: Divulgação/Google

O Google Wave foi lançado em maio de 2009 e, apesar de ter sido anunciado como a plataforma que substituiria o e-mail, foi encerrado logo no ano seguinte, pois não teve a adesão de público esperada. A proposta da plataforma era reunir em um único ambiente serviços de mensagens instantâneas, e-mail, quadro de avisos, compartilhamento de fotos e recursos de edição colaborativa.

3. Google Hangouts

Google Hangouts substituiu o Google Talk — Foto: Marvin Costa/TechTudo

O Google Hangouts surgiu como parte do Google+, rede social da gigante das buscas que também foi descontinuada. Com a fusão e posterior substituição do Google Talk, o Hangouts passou a ser baseado em um protocolo próprio do Google, e deixou de permitir a integração entre plataformas de chat, como fazia o Talk.

Apesar disso, a plataforma continuou tendo suporte a chamadas de vídeo e áudio e introduziu uma novidade, permitindo que usuários configurassem o Hangouts como app padrão para receber mensagens SMS e MMS em seus smartphones. Com o passar do tempo, o Google mudou o foco do Hangouts para o público corporativo e, em breve, será descontinuado com a chegada do Google Chat.

4. Google+ Messenger

O Google+, extinta rede social do Google criada para competir com o Facebook e Twitter, lançou dois mensageiros ao mesmo tempo: o Huddles e o Hangouts. Como mencionado acima, o Hangouts incorporou outros serviços, como o Google Talk, e trouxe a possibilidade de enviar e receber SMS e MMS pelo app. Já o Huddles foi transformado no Google+ Messenger, que era o mensageiro privado da rede social e funcionava de maneira similar ao Messenger do Facebook.

5. Google Spaces

Google Spaces permitia criar "espaços" de discussão, como fóruns para debates em grupo — Foto: Caio Rosário/TechTudo

O Spaces também foi outra tentativa de rede social do Google que não deu muito certo, e o app ficou no ar por pouco mais de um ano. O Google Spaces surgiu para competir com apps como Facebook e WhatsApp, e integrava outras plataformas como o YouTube, Google Search e Chrome. A ferramenta funcionava por meio de espaços virtuais criados para estimular debates, como uma espécie de fórum no qual era possível compartilhar links, fotos e vídeos, além das tradicionais mensagens de texto.

6. Google Allo

Google Allo introduziu as respostas inteligentes e o Google Assistente — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

O Google Allo foi lançado em 2016, juntamente com o Spaces. Apesar de ter sido descontinuado dois anos e meio depois de seu lançamento, o Allo foi o app que introduziu recursos importantes, como as respostas inteligentes e o Google Assistente. No geral, o aplicativo funcionava como um mensageiro comum e permitia o envio de mídias, áudios e mensagens de texto. Além disso, a plataforma também integrava serviços como o Google Search, Tradutor e Maps.

Com informações de Android Central, Engadget e TechRadar

Play Store não baixa nada? Veja motivos no Fórum do TechTudo.

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Mais do TechTudo