Battle Royale

Por Igor Dantas, para o TechTudo


O Free Fire é um dos esports mais populares do Brasil e, por isso, algumas celebridades aproveitam seu sucesso para serem donas de times no jogo. Com milhares de equipes e uma liga profissional nos moldes do Brasileirão, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), o game atrai a atenção de diversas famosos de outras áreas, como música e o próprio futebol.

Alguns deles, inclusive, passam a ser mais do que jogadores casuais e começam a se aventurar no meio competitivo, seja competindo ou criando sua própria equipe. Confira, na lista a seguir, as principais celebridades que possuem seus próprios times de Free Fire, como DJ Alok e MC Livinho.

Além de possuir um time, Alok também é personagem dentro de Free Fire — Foto: Divulgação/Garena

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Alok

O DJ Alok se tornou um ícone no Free Fire ao ganhar o seu próprio personagem em 2019. Em fevereiro deste ano, ele resolveu entrar de cabeça no Battle Royale ao criar a equipe profissional FUEGO. O time iniciou sua jornada profissional na Série B da LBFF, mas terminou em último do grupo A e acabou sendo rebaixado para Série C.

O elenco escolhido pelo DJ para representar a FUEGO é composto por sete jovens do Maranhão. Eles foram os vice-campeões e melhor time amador da 2ª edição do Campeonato do Alok, torneio que contou com mais de 11 mil equipes participantes e foi vencido pela Black Dragons.

2. MC Livinho

Livinho é sócio da ACÚPULA, equipe que chegou a disputar a elite do Free Fire — Foto: Reprodução/YouTube

MC Livinho é outro músico que resolveu investir no competitivo de Free Fire. Ele é sócio da equipe ACÚPULA, que participava da extinta Free Fire Pro League, hoje substituída pela LBFF. Além de um time competitivo profissional, a organização também conta com uma equipe academy, que tem como objetivo dar oportunidades aos fãs e seguidores, e um elenco feminino.

3. Rodrigo Lindoso

Rodrigo Lindoso, volante do Inter, criou a organização L19 recentemente — Foto: Divulgação/Internacional

Volante do Internacional, Rodrigo Lindoso criou recentemente a L19 Esports, que faz alusão ao seu número em campo (19). A vontade de criar um time competitivo veio da paixão que o jogador adquiriu pelo Free Fire, um de seus passatempos preferidos.

A L19 conta atualmente com dois elencos: Line Intactoz e Line X. Segundo Lindoso, o maior objetivo da equipe é impulsionar os novos talentos do game a realizarem seus sonhos. “Estou de peito e coração abertos para ajudar”, afirmou o volante em vídeo de apresentação no Instagram.

4. Henrique de Ferraz

Guila de Henrique Ferraz em Free Fire possui time masculino e feminino — Foto: Reprodução/Facebook

Henrique de Ferraz é mais um DJ fã de Free Fire. Além de ávido jogador, Ferraz também é dono da GR6 Explode, guilda competitiva que leva o mesmo nome do famoso canal de funk no YouTube.

Assim como a ACÚPULA de Livinho, a GR6 também investiu no cenário feminino e possui, além do time principal, um elenco composto inteiramente por mulheres. A equipe chegou a disputar a Série C da LBFF em 2019, mas atualmente compete em torneios menores.

5. Djonga

Djonga criou o Original GE Free Fire, que ainda não possui elenco competitivo — Foto: Reprodução/O Globo

O rapper Djonga criou o Original GE Free Fire em agosto do ano passado e, assim como o DJ Henrique de Ferraz, ele também pegou “emprestado” o nome da organização. Isso porque Original GE (Geração Elevada) é, originalmente, um coletivo de rap, que conta com a participação de Djonga, CoyoteBeatz e diversos outros rappers da cena mineira.

A primeira contratação da organização foi o streamer paranaense Luis “Arcanjo” Felipe, que recebeu de Djonga um setup completo, do computador a cadeira gamer, para fazer as transmissões. Apesar de já ter criado a Original GE há alguns meses e de ter afirmado que um de seus objetivos era competir no mais alto nível, Djonga ainda não definiu o elenco que defenderá a equipe nas competições.

Com informações de L19, Original GE, FUEGO, ACÚPULA e GR6

O que é Free Fire Rampage? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo