Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Chromebook é o nome dado a notebooks de Acer, Lenovo e Samsung que rodam o Chrome OS, do Google. A plataforma, que é construída em torno do Google Chrome, consiste em um sistema operacional leve e com foco em apps e recursos disponíveis na nuvem, algo que explica porque Chromebooks oferecem hardware mais simples e barato.

Além de rodar aplicativos para Chrome, Chromebooks mais recentes oferecem compatibilidade com apps do Android e software para Linux, expandido a oferta de aplicativos disponíveis. A seguir, listamos uma série de perguntas referentes aos Chromebooks para você tirar suas dúvidas e descobrir se a plataforma é ideal para você.

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Chromebook tem programas de edição de fotos e vídeos?

Chromebooks com versões mais recentes do Chrome OS permitem a instalação de apps completos para Linux e Android, abrindo a possibilidade de uso de ferramentas de nível profissional para edição de imagem, como o Inkscape, GIMP, DaVinci Resolve, Kdenlive e Krita, disponíveis para Linux. Além disso, o usuário pode rodar apps para Android, como as versões de ferramentas da Adobe para a plataforma.

Além dessas opções, os Chromebooks rodam aplicativos desenvolvidos especificamente para Chrome OS ou Google Chrome. Entre os exemplos de editores de imagens, estão Pixlr e Photopea que, embora bastante funcionais e integrados ao sistema, ficam devendo em funcionalidades mais avançadas como as encontradas no Photoshop, por exemplo.

Chromebooks mais atuais suportam apps de Android e Linux — Foto: Divulgação/Samsung

A limitação, no entanto, é que aplicações nativas do Windows ou do macOS, como a suíte Adobe tradicional, não estão disponíveis para Chrome OS. Profissionais e estudantes acostumados a apps como Lightroom, Photoshop, Premiere Pro, Illustrator, InDesign, entre outros, terão de aprender a se adaptar a alternativas para Linux, ou desistir da ideia de investir num Chromebook.

Dá para jogar no Chromebook?

Os Chromebooks não tendem a se destacar pelo hardware, e isso tem impacto na oferta de games para a plataforma: grandes lançamentos e jogos de PC mais badalados acabam passando longe do sistema operacional do Google.

Entretanto, ainda há como curtir games no Chromebook. Títulos com edições para Linux podem rodar no sistema – inclusive com direito à instalação da versão Linux do app da Steam. Outra fonte de jogos são os títulos de navegador, disponíveis na Chrome Store, além de jogos de Android ou emuladores.

Sistema ChromeOS conta com apps e games nativos, além de oferecer acesso a titulos para Android — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Chromebook só funciona conectado à Internet?

O ChromeOS é um sistema operacional pensado para depender muito da nuvem e isso tem impacto na experiência de uso: embora o computador vá funcionar normalmente sem conexão com a rede, é possível que uma série de funcionalidades acabem inacessíveis sem acesso à Internet. Uma boa dica é prestar atenção no nível de suporte que os apps que você usa ou pretende usar oferecem sem Internet.

É algo parecido com o seu celular: sem Internet, ele funciona, permite que você veja os e-mails no app do Gmail, abra fotos e vídeos, edite um documento ou imagens. Entretanto, sincronizar a caixa de entrada, responder a mensagens, armazenar seus arquivos na nuvem – algo essencial no Chromebook – são funcionalidades que, necessariamente, irão depender de acesso à Internet.

Chromebooks tem experiência de uso mais limitada sem acesso à Internet — Foto: Divulgação/Samsung

Em resumo, você não precisa se preocupar tanto com o acesso integral à web para usar um Chromebook, mas é importante ter em mente que, offline, o computador acaba mais limitado e pode dificultar a sua vida. Chromebooks com 32 ou 64 GB de espaço interno são comuns e dependem muito de uso da Internet para armazenamento em plataformas como o Google Drive.

É verdade que a bateria de um Chromebook dura mais?

Em geral, Chromebooks prometem autonomia mais generosa de bateria, e isso não é um mito. A razão para que esses computadores durem mais longe da tomada está no hardware, em geral mais simples e econômico do que o de notebooks com Windows 10. Chromebooks de maior qualidade podem contar com bateria para mais de 9 ou 10 horas de uso, enquanto notebooks tradicionais costumam ter dificuldade de igualar esses intervalos.

Outro fator que também contribui para que Chromebooks tenham bateria mais durável é a própria natureza mais despojada do ChromeOS. Como é um sistema operacional mais leve, ele tende a pesar menos nos recursos do sistema e isso economiza energia.

Para quais tipos de uso o Chromebook é indicado?

Chromebooks são ideais para estudantes — Foto: Divulgação/Acer

Chromebooks tendem a ser computadores acessíveis e indicados para uso mais casual ou não tão intensivo, em que o usuário precisa de algo eficiente para navegar na Internet, curtir redes sociais, streaming e vídeos, redigir e-mails e ter acesso a suítes de produtividade para estudo ou trabalho.

Um perfil de uso bem recorrente em se tratando de Chromebooks é o de estudantes. No Brasil, Chromebooks tendem a oferecer hardware de entrada e telas menores para atender a esse público, que precisa de hardware barato, super portátil e eficiente para acompanhar aulas.

Os Chromebooks podem ficar devendo performance para quem procura algo mais poderoso, seja para rodar games, estudar ou atuar em áreas que dependem de configurações mais sofisticadas e acesso a software mais específico, como AutoCAD, Blender ou a já mencionada suíte Adobe. Nesses casos, é mais sensato ir atrás de um PC com Windows ou investir em um Mac.

Eu consigo baixar apps de Android no Chromebook?

Chromebooks com versões mais recentes do ChromeOS permitem a instalação de apps do Android — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Sim. Chromebooks mais recentes oferecem suporte a instalação de apps do Android, expandindo muito o catálogo de aplicações disponíveis para a plataforma. Você só precisa ter atenção quanto ao fato de que nem todo Chromebook oferece esse tipo de suporte: modelos mais antigos, com versões anteriores do ChromeOS, podem não ter acesso aos aplicativos de Android.

Outra questão diz respeito à forma como esses apps rodam no Chromebook. Como a execução dos aplicativos depende de emulação, há situações em que apps e games podem simplesmente rodar de forma mais lenta ou com algum nível de inconsistência. Apps sem modos de compatibilidade podem rodar com problemas na interface gráfica causados por problemas de escala para encaixar na tela maior do laptop.

Se o uso de apps do Android é uma das suas necessidades, vale considerar os Chromebooks com processadores melhores e mais memória RAM, já que esses recursos de hardware ajudam a acelerar o processo de emulação de apps mais pesados.

Quais são as marcas e modelos disponíveis no Brasil?

No Brasil, três marcas investem mais pesado em Chromebooks: Acer, Lenovo e Samsung. No momento, todas oferecem modelos com processador Celeron da Intel, armazenamento interno de 32 ou 64 GB e sistema atualizado com suporte a apps do Android. Bastante compactos, os Chromebooks disponíveis no mercado nacional têm tela pequena de 11,5" ou 12,2 polegadas e são destinados, principalmente, para estudantes.

Com informações de LaptopMag, Starryhope, Lenovo e ChromeComputing

Mais do TechTudo