Fones de ouvido

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Fones de ouvido com condução óssea, também chamados de open-ear, são produtos que usam sinais de vibração para transmitir o som. Entre os dispositivos disponíveis no Brasil via Amazon estão o Baoblaze F88, com Bluetooth, bateria que promete durar até dez horas e preços a partir de R$ 91,99*. Outra opção é o Kkmoon, com certificação IP55 para resistência à água e proposta voltada para atividades esportivas, sendo encontrado a R$ 185,99*. Confira a seguir sete modelos open-ear à venda no Brasil.

Fone poupa os tímpanos ao transmitir som por condução óssea — Foto: Divulgação/ConduitSports

O que são os fones de condução óssea?

Os fones por condução óssea se diferem dos modelos convencionais que utilizam drivers, substituindo o componente por motores de vibração que reverberam nos ossos do crânio, fazendo com que o som seja percebido por meio da ressonância. Desse modo, os acessórios não precisam ser introduzidos nas orelhas, o que deve manter o usuário atento ao ambiente.

Antes de realizar a compra, é interessante observar que os produtos presentes na lista são importados, ou seja, além do prazo de entrega ser maior na maioria das vezes, os dispositivos não têm garantia pela marca, e tampouco certificação da Anatel.

1. Baoblaze F88 – a partir de R$ 91,99

F88 é o fone de condução óssea mais acessível da lista — Foto: Reprodução/Amazon

O modelo Baoblaze F88 conta com um visual simples que promete agradar usuários que preferem produtos discretos. O equipamento oferece conectividade Bluetooth 5.0 e bateria de 140 mAh, que, segundo a fabricante, pode render uma autonomia de até dez horas.

Além disso, o fone atua em faixa de frequência entre 20 Hz e 20 kHz, sendo encontrado em três opções de cor: azul, preto ou vermelho. O Baoblaze F88 está disponível por R$ 92,99.

2. Gazechimp G1 Bone – a partir de R$ 113,99

G1 Bone traz oferece resistência a água e suor — Foto: Reprodução/Amazon

O modelo da Gazechimp lembra bastante um fone convencional, mas traz o recurso de condução óssea e conectividade Bluetooth, que permite um alcance de até dez metros. O produto é equipado com uma bateria de 130 mAh – a fabricante não detalha o tempo de autonomia estimado.

Oferecido apenas na cor preta, o G1 Bone promete ser uma opção leve e confortável, já que possui design que tende a se ajustar bem à cabeça do usuário. O modelo, que pode ser encontrado por valores a partir dos R$ 113,99 tem ainda resistência à água e suor.

3. Homozy 2020 – a partir de R$ 144,99

Gazechimp DYY-1 e Homozy são basicamente o mesmo fone — Foto: Reprodução/Amazon

O modelo da Homozy conta com uma bateria de 120 mAh que, segundo a fabricante, pode oferecer um tempo de reprodução de quatro a cinco horas seguidas. A recarga, por sua vez, deve levar cerca de uma hora e meia, e a promessa é de um produto leve e confortável, considerando o peso de 18 gramas.

A certificação IPX6 garante ainda proteção contra água, umidade, suor e poeira. O modelo possui ainda conectividade Bluetooth 5.0 e promete ser uma opção interessante para quem busca um fone para atividades esportivas e está disposto a investir pouco. Seu preço no varejo nacional começa em R$ 144,99.

4. Andoer V11 – a partir de R$ 168,59

Andoer V11 também tem visual similar a concorrentes, mas oferece mais recursos que fones de entrada — Foto: Reprodução/Amazon

Aparecendo como uma opção mais robusta, o V11 da Andoer é um fone que promete maior qualidade de áudio graças à membrana de 10 mm. Além disso, permite atender chamadas pelo microfone embutido, que tem ainda cancelamento ativo de ruído na captação.

O modelo tem Bluetooth 5.0 e proteção contra água e suor. Com bateria de 150 mAh, o V11 pode oferecer uma autonomia de até cinco horas de reprodução, segundo a fabricante. O produto possui um visual nas cores cinza e preto, sendo encontrado por, ao menos, R$ 168,59.

5. Sainyer Bluetooth – a partir de R$ 185

Proteção IPX7 e bateria para até dez horas são diferenciais do modelo — Foto: Reprodução/Amazon

O fone Sainyer Bluetooth promete uma boa experiência de uso prolongado, graças às bandanas projetadas com material confortável. Outro destaque vai para a tecnologia CVC 6.0, que, segundo a fabricante, deve garantir graves mais potentes.

O fone conta com proteção IPX7, sendo à prova d’água, conectividade Bluetooth 5.0 e bateria de 140 mAh, que deve oferecer autonomia de até dez horas com uma carga completa. O modelo aparece por R$ 185 no e-commerce.

6. Kkmoon – a partir de R$ 185,99

Kkmoon tem visual mais sóbrio que seus concorrentes. — Foto: Reprodução/ Amazon

O modelo Kkmoon possui conexão Bluetooth 5.0 e é à prova d’água, graças à certificação IP55. A faixa de frequência é de 20 Hz a 20 kHz e é possível encontrar o produto em cores cinza e azul. Segundo a fabricante, com uma carga de dez minutos é possível reproduzir até uma hora de áudio, de modo que a autonomia da carga completa é de cerca de cinco horas.

O fone traz ainda microfone embutido e permite regulagem para maior conforto durante atividades físicas. O Kkmoon pode ser adquirido por valores a partir dos R$ 185,99.

7. Btuty H10 – a partir de R$ 189

Btuty H10 possui um visual esportivo e acabamento com detalhes em azul ou vermelho. — Foto: Reprodução/ Amazon

O H10 é um fone de ouvido Bluetooth que tem como diferencial o espaço de armazenamento interno, de 8 GB, que permite salvar algumas músicas no dispositivo. A conectividade é o Bluetooth 5.0, além da presença de entrada USB-C.

A bateria do fone tem capacidade de 180 mAh, o que deve significar uma autonomia de até cinco horas, dependendo do uso. O acessório possui ainda resistência à água, o que faz com que o mesmo possa ser uma opção interessante para quem busca um fone para atividades esportivas. Seu preço no marketplace da Amazon é de R$ 189.

Sony WH-1000XM4 é bom? Veja ficha técnica e preço do fone Bluetooth

Sony WH-1000XM4 é bom? Veja ficha técnica e preço do fone Bluetooth

*Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação.

Mais do TechTudo