Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Mesmo um PC fraco pode rodar jogos famosos e de grande sucesso, já que alguns títulos são menos exigentes e dispensam hardware de ponta. Entre eles, estão Minecraft, Undertale e até mesmo o recente Disco Elysium. Além disso, é possível também jogar alguns games mais antigos, porém renomados, como Far Cry 3 e Fallout: New Vegas. Na lista a seguir, conheça dez jogos leves que rodam em computadores fracos.

Vale dizer que, nesta listagem, o TechTudo considerou como "PC fraco" aqueles que têm placa de vídeo integrada, com processadores dual-core de gerações mais antigas e que demandam menos memória RAM. Nas próximas linhas, confira também as especificações mínimas de cada jogo e descubra se sua máquina é capaz de rodá-los.

Loop Hero é um game recente, de 2021, que pode ser rodado em máquinas mais fracas — Foto: Reprodução/Carolina Zanatta

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Stardew Valley

Stardew Valley é um jogo de fazenda que mistura RPG com elementos de simulação, exploração e sobrevivência. Grande sucesso em várias plataformas, vendeu mais de 10 milhões de cópias e conquistou uma dedicada comunidade de fãs, que investe centenas de horas na experiência. Inspirado na série Harvest Moon, o game conta com gráficos 2D bastante leves, podendo rodar até mesmo em PCs simples.

Stardew Valley segue os moldes da clássica série Harvest Moon e vai além, apesar de ter sido criado por apenas uma pessoa — Foto: Divulgação/ConcernedApe

Stardew Valley, na verdade, está entre os mais leves da lista. Para jogar, você precisa de um processador equivalente ou superior ao Core 2 Duo E4400 (lançado em 2007 pela Intel), 2 GB de RAM ou mais, qualquer placa gráfica com 256 MB de memória RAM, além de 500 MB de espaço livre para a instalação.

2. Minecraft

Sendo um título já tradicional e histórico, Minecraft vendeu mais de 200 milhões de cópias até hoje, e soma 126 milhões de jogadores ativos mensalmente em suas diversas plataformas. Com premissa simples, o jogo instiga a criatividade e permite aos usuários investir centenas de horas explorando, construindo e se divertindo com suas ilimitadas possibilidades de criação. Lançado originalmente em 2010, Minecraft é bem leve para rodar no PC.

Minecraft já vendeu mais de 200 milhões de cópias e pode rodar em PCs fracos — Foto: Divulgação/Mojang

As recomendações de hardware oficiais indicam que o usuário precisa apenas de um Core i3 3210, de 2013 (ou processadores de perfil equivalente), além de 4 GB de memória RAM e pelo menos 180 MB de espaço em disco. Com gráficos simples, Minecraft pode rodar em placas de vídeo integradas da Intel e da AMD, performando bem até mesmo em monitores antigos, de 1024 x 768 pixels de resolução máxima.

3. Disco Elysium

Disco Elysium é um RPG isométrico de 2019, que venceu quatro categorias no The Game Awards e é bastante elogiado pela narrativa complexa e imersiva. Sua jogabilidade dispensa um modo de combate tradicional, favorecendo uma história profunda e cheia de nuances, que varia conforme a maneira em que você aprimora o personagem principal.

Disco Elysium tem gráficos caprichados em estilo isométrico, mais leves do que o 3D comum — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Embora tenha uma estética toda especial, com gráficos mais exigentes do que games como Stardew Valley ou Minecraft, Disco Elysium pode, sim, rodar em computadores mais simples. De acordo com as recomendações de hardware anunciados pelo próprio desenvolvedor, um sistema operacional de processador dual-core, com 2 GB de memória RAM e placa gráfica de 512 MB de memória, pode executar o RPG.

4. Cuphead

Famoso pela dificuldade e pelo nível de desafio, Cuphead é um jogo de plataforma 2D que investe na estética dos desenhos animados da década de 1930. Com gráficos em duas dimensões, o que pesa no título é a ação frenética que apresenta. Isso, vale dizer, depende mais do processador do que placa de vídeo. Ainda assim, o jogo pode ser considerado econômico, já que roda mesmo com um Core 2 Duo de mais de dez anos atrás.

Cuphead tem uma direção de arte única, dificuldade elevada e ação frenética em 2D — Foto: Reprodução/Rafael Monteiro

Embora seja mais exigente do que os outros games da lista, demandando uma placa gráfica, Cuphead pode ser jogado em PCs mais fracos. Suas recomendações mínimas são processador equivalente ou superior ao Intel Core 2 Duo E8400 (lançado em 2008), 2 GB de memória RAM, placa gráfica equivalente ou superior à GeForce 9600 GT da Nvidia (2008), além de DirectX 9.0c instalado e sistema Windows 7.

5. Among Us

Among Us virou uma febre em 2020, com sua jogabilidade que aposta em intriga e investigação. Nele, um número de quatro a dez jogadores deve identificar um impostor à bordo de uma nave para eliminá-lo e vencer a partida. Com gráficos bastante modestos, o game aposta em diversão e jogabilidade, deixando de lado visuais mais exigentes. Isso torna o título bastante indicado para PCs mais fracos.

Among Us tem gráficos simples e gameplay que envolve intriga e traição — Foto: Reprodução/Rafael Monteiro

Para você ter uma ideia do quão econômico o jogo é, um sistema com Intel Pentium 4, de 2002, poderia executá-lo sem problemas. Among Us é tão leve que a maior restrição é, na verdade, o requerimento de sistema exigido para instalar o aplicativo do Steam – que, vale dizer, é necessário para instalar a versão de PC do game.

6. Loop Hero

Loop Hero é um RPG com elementos rogue-like e sem um fim definido, lançado ainda em 2021. Ele vem fazendo bastante sucesso no Steam, com mais de 500 mil jogadores na plataforma. No game, o mundo acabou e cabe ao jogador reconstruí-lo, em uma jornada que envolve inúmeras aventuras.

Gráficos simples e gameplay envolvente são os pontos fortes de Loop Hero — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

O RPG é bem leve e requer apenas processador equivalente ou superior ao Intel Core 2 Duo E4500, além de 2 GB de memória RAM, placa gráfica com acesso a 256 MB de memória e apenas 200 MB de espaço livre em disco.

7. Undertale

Undertale é uma prova de que jogos não precisam de gráficos hiperrealistas para encantar e divertir. Fruto do trabalho de um único desenvolvedor, o game aposta em uma estética de RPG dos anos 1980 e investe em uma história inusitada, cheia de humor e diversão. Nela, o jogador pode trilhar seu próprio caminho, combatendo inimigos dentro de Undertale, ou dialogando e apaziguando conflitos.

RPG roda em computadores modestos e apresenta história bem humorada e gameplay inovador — Foto: Divulgação/tobyfox

Com trilha sonora bastante elogiada, gameplay repleto de escolhas e finais alternativos, Undertale requer pouco do sistema. Um computador com Windows XP, 2 GB de memória RAM, placa de vídeo com 128 MB de memória e 200 MB de espaço livre em disco já dá conta do recado.

8. The Witcher 2: Assassins of Kings

Quem tem PC fraco também pode considerar jogos mais antigos, que um dia exigiram bastante dos computadores, mas hoje podem rodar bem mesmo em PCs mais simples. Uma das opções é The Witcher 2, que foi lançado em 2011 e oferece uma história cheia de caminhos alternativos e finais diferentes em mundo aberto.

The Witcher 2 é de 2011 e roda em PCs da última década — Foto: Divulgação/CD Projekt Red

Na época de seu lançamento, o jogo tinha um perfil exigente, mas já tolerava computadores com processadores de alguns anos de idade. The Witcher 2 requer apenas um processador dual-core de 2,2 GHz (com mais núcleos, a velocidade pode ser menor), placa gráfica equivalente à GeForce 8800 de 2006, 2 GB de RAM e 25 GB de espaço em disco.

9. Fallout: New Vegas

New Vegas, de 2010, está entre os títulos mais queridos da série Fallout. O RPG conta uma aventura em um mundo pós-apocalíptico, em que o jogador vive um mensageiro encarregado de fazer uma entrega na cidade do game. Após ter a encomenda roubada, o jogador precisa investigar o roubo e acaba envolvido em uma complexa disputa entre facções rivais pelo controle de New Vegas e do deserto de Mojave.

Fallout: New Vegas leva jogadores para uma nova Las Vegas pós-apocalíptica — Foto: Reprodução/GameInformer)

Um computador com Windows XP, processador dual-core de 2 GHz, 2 GB de memória RAM, placa gráfica GeForce ou equivalente de 2006 em diante e 10 GB de espaço livre já consegue rodar título. Assim como outros games antigos, em especial do gênero RPG, há mods disponíveis para Fallout, que podem aprimorar o gameplay.

10. Far Cry 3

RPGs como os anteriores são envolventes, mas podem tomar bastante tempo. Se você busca por algo mais casual, com boa história e gameplay, Far Cry 3 pode ser uma boa escolha. Em um mundo aberto em primeira pessoa, o jogo tem enredo interessante, personagens que ficaram famosos e jogabilidade que é propícia parar gerar caos na tela e momentos divertidos.

Far Cry 3, de 2012, roda em computadores com especificações mais simples — Foto: Divulgação/Ubisoft

Far Cry 3 foi lançado para PCs e consoles ainda em 2012 e, por isso, consegue rodar normalmente em PCs com nove anos de idade, ou até mesmo mais antigos. Ele requer um computador com Windows XP, processador Core 2 Duo E6700 (de 2006), RAM de 2 GB, placa equivalente ou superior à GeForce GTX 8800 de 2006 e 15 GB de espaço em disco.

Com informações de Extreme Tech, Kotaku, GG Deals e Logitech

Quais são os 10 melhores jogos na sua opinião? Comente no Fórum do TechTudo.

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

Mais do TechTudo