Celular
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Celulares de 64 GB oferecem armazenamento que tende a ser suficiente para a maioria dos usuários. Este espaço para dados permite guardar uma boa quantidade de documentos, apps e fotos no smartphone sem receber o aviso de que a memória do telefone está cheia. Os aparelhos ainda podem ter suporte a cartão microSD para expandir a capacidade de memória e atender quem armazena muitos arquivos pesados.

Empresas como Samsung, Motorola, LG e Apple oferecem opções por preços que variam entre R$ 970 e R$ 4.470. O Motorola One Action oferece câmera de ação no estilo da GoPro por valores a partir de R$ 1.799 na Amazon, enquanto o Galaxy A21S traz bateria potente por cifras que partem de R$ 1.469. Confira a seguir sete celulares de 64 GB para comprar no Brasil.

Celular 64 GB: Samsung, Motorola e LG comercializam smartphones que tendem a atender a maioria dos usuários — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

1. Moto E7 Plus – a partir de R$ 970

O Moto E7 Plus é um celular de entrada da Motorola que apresenta um visual mais simples que os modelos da linha Moto G. O destaque do smartphone é a bateria de 5.000 mAh que promete durar até dois dias longe das tomadas. Além dos 64 GB de armazenamento, o telefone ainda tem suporte a cartão microSD de até 512 GB. Ele foi lançado em setembro de 2020 pelo preço sugerido de R$ 1.499, mas já pode ser visto por valores que partem de R$ 970 — desconto de R$ 529.

O sucessor do Moto E6 Plus traz um notch em formato de gota na tela de 6,5 polegadas com resolução HD+ (1600 x 720 pixels). O processador do Moto E7 Plus é o Snapdragon 460, da Qualcomm, um chip octa-core de até 1,8 GHz que trabalha em conjunto com 4 GB de memória RAM.

A ficha técnica fica completa com uma câmera dupla que inclui principal de 48 MP e um sensor de profundidade de 2 MP para realizar o modo retrato, famoso recurso que desfoca o fundo da imagem. Já a câmera frontal registra selfies de até 8 MP. O aparelho sai de fábrica com o Android 10, sistema operacional do Google.

Moto E7 Plus traz bateria grande de 5.000 mAh — Foto: Divulgação/Motorola

2. Nokia 2.4 – a partir de R$ 999

O Nokia 2.4 é um smartphone básico da Nokia, que retornou ao Brasil em uma parceria comercial com a Multilaser. O celular traz como destaque a câmera dupla e a bateria de 4.500 mAh, que promete proporcionar uma autonomia de dois dias. O telefone traz 64 GB de armazenamento que pode ser expandido com cartão microSD de até 512 GB. O aparelho foi lançado em março de 2021 por R$ 1.399, mas atualmente pode ser adquirido por cifras a partir de R$ 999, redução de R$ 400.

A tela IPS do Nokia 2.4 é de 6,5 polegadas com resolução HD+ (1600 x 720 pixels). O processador é o Helio P22, da MediaTek, e a memória RAM tem 3 GB. O smartphone da Nokia também utiliza um notch em formato de gota para abrigar a câmera frontal de 5 MP e traz na parte traseira um conjunto com dois sensores, sendo um de 13 MP e outro de 2 MP. O celular é dual chip, ou seja, comporta dois chips de operadora.

Nokia 2.4 tem câmera dupla de até 13 MP e sensor de impressão digital na traseira — Foto: Divulgação/Nokia

3. LG K62 – a partir de R$ 1.036

O LG K62 é um celular básico da LG que se destaca pela tela de 6,6 polegadas de resolução HD (1600 x 720 pixels) e câmera quádrupla de até 48 MP. Além disso, o modelo apresenta resistência militar com a certificação MIL-STD-810G, que é aprovada pelo Exército dos Estados Unidos. O telefone tem 64 GB de armazenamento e conta com suporte a cartão microSD de até 2 TB. O smartphone chegou ao Brasil em outubro de 2020 por R$ 1.799, mas pode ser encontrado por R$ 1.036 atualmente — R$ 763 de desconto.

O display do dispositivo sul-coreano é diferente de outros modelos que contam com o notch para abrigar a câmera. Ele traz o sensor frontal em um furo dentro da tela. O chipset é o MediaTek Helio P35 com oito núcleos, sendo que quatro deles atuam a 1,8 GHz e os outros a 2,3 GHz. O smartphone possui 4 GB de RAM e conjunto de quatro câmeras na parte traseira, sendo uma de 48 MP, uma de 5 MP e duas de 2 MP, enquanto a câmera frontal é de 13 MP. Já a bateria é de 4.000 mAh.

LG K62 tem câmera quádrupla e sensor frontal dentro da tela — Foto: Divulgação/LG

4. Zenfone Max Pro (M2) – a partir de R$ 1.293

O Zenfone Max Pro (M2), da Asus, é outra opção de celular de 64 GB com suporte a cartão microSD de até 512 GB. O smartphone traz uma bateria de 5.000 mAh que promete durar o dia inteiro e tem uma tela de 6,3 polegadas com resolução Full HD+ (2280 x 1080 pixels), o que tende a oferecer uma qualidade de imagem superior em comparação com modelos de entrada. Ele desembarcou no Brasil em setembro de 2019 pelo preço sugerido de R$ 1.699, mas hoje pode ser adquirido por R$ 1.293 — desconto de R$ 406.

O aparelho traz um chipset Snapdragon 660, da Qualcomm, e 4 GB de memória RAM. O modelo também utiliza um notch e conta com câmera dupla de até 12 MP na parte traseira.

Zenfone Max Pro (M2) traz tela com notch e câmera dupla — Foto: Divulgação/Asus

5. Galaxy A21S – a partir de R$ 1.469

O Galaxy A21S se destaca pela câmera quádrupla de 48 MP e a bateria grande. O componente de 5.000 mAh promete deixar o celular da Samsung por até dois dias sem carregar. O aparelho possui uma tela de 6,5 polegadas com resolução HD+ (1600 x 720 pixels). O armazenamento de 64 GB ainda pode ser expandido com microSD de até 512 GB. O telefone foi anunciado em junho de 2020 por R$ 1.999, mas já pode ser encontrado por R$ 1.469, redução de R$ 530.

A ficha técnica ainda inclui chipset Exynos 850, próprio da gigante sul-coreana, e 4 GB de memória RAM. O celular da Samsung traz a câmera frontal em um pequeno furo na parte superior esquerda da tela. As quatro câmeras traseiras oferecem 48, 8, 2 e 2 MP respectivamente, o que deve ser o suficiente para boas capturas e para realizar o efeito bokeh.

Galaxy A21S apresenta 64 GB e suporte a cartão microSD de até 512 GB — Foto: Divulgação/Samsung

6. Motorola One Action – a partir de R$ 1.799

O Motorola One Action se destaca por trazer uma câmera de ação no estilo da GoPro. O aparelho da Motorola traz 64 GB de espaço para dados que podem ser expandidos com microSD de até 512 GB. Ele tem tela alongada de 6,3 polegadas com aspecto de 21:9 e resolução de Full HD+ (2520 x 1080 pixels). O telefone pode ser adquirido por R$ 1.799 na Amazon.

O dispositivo traz uma action cam que promete melhor qualidade em capturas em movimento ou em ação. Apesar de ser um aparelho da Motorola, o One Action conta com um chipset da Samsung, o Exynos 9609, e 4 GB de RAM. O smartphone traz a câmera frontal em um furo na tela ao lado esquerdo superior, enquanto nos sensores traseiros conta com três câmeras, sendo uma de 16 MP, uma de 12 MP e outra de 5 MP. A bateria do smartphone é de 3.500 mAh.

Motorola One Action traz action cam no estilo da GoPro — Foto: Bruno De Blasi/TechTudo

7. iPhone 11 – a partir de R$ 4.470

O iPhone 11 é o celular de entrada da linha anunciada pela Apple em 2019. Ele se destaca pelo processador A13 Bionic, chip que superou o poder computacional até de PCs. O sucessor do iPhone XR apresenta uma versão com 64 GB de armazenamento, mas como é de praxe nos smartphones da empresa da maçã, não é possível expandir o espaço para dados por meio de cartão de memória. O aparelho chegou ao Brasil por R$ 4.999, mas já pode ser visto por R$ 4.470 — redução de R$ 529.

A ficha técnica ainda apresenta tela LCD de 6,1 polegadas com resolução de 1792 x 828 pixels e também traz um notch para abrigar a câmera frontal. Ele saiu de fábrica com o iOS 13, mas poderá ser atualizado para o iOS 15. O aparelho conta com três câmeras, sendo tanto a frontal, quanto as traseiras de 12 MP.

iPhone 11 poderá ser atualizado para o iOS 15 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Conheça as funções do novo iOS 15

Conheça as funções do novo iOS 15

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo