Fones de ouvido

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo


A AKG produz fones de ouvido voltados para o uso profissional. Com um portfólio robusto no Brasil, a fabricante integra o grupo empresarial da Samsung, que detém marcas como Harman Kardon e JBL. Os modelos mais em conta, como o K414 P, aparecem por valores a partir de R$ 154 na Amazon, enquanto as opções intermediárias são vistas por R$ 329 como o AKG A52.

Os headphones são, em sua maior parte, acompanhados de fios e estrutura ajustável. Porém, os produtos podem variar de acordo com o preço, de modo a oferecer mais recursos como microfone integrado e conexão Bluetooth. Confira a seguir sete fones de ouvido da AKG para comprar em 2021.

Fone de ouvido AKG: modelos podem apresentar conexão Bluetooth e formato intra-auricular — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Qual o melhor fone de ouvido para celular? Dê sua opinião no Fórum TechTudo

1. AKG K414 P - a partir de R$ 154

O K414 P é a opção mais em conta entre os fones listados. Apesar de ter cifras menores, ele conta com recursos como o design trabalhado para impedir que ruídos e sons externos interfiram na experiência sonora. Além disso, a estrutura pode ser dobrada para facilitar o transporte. O dispositivo é vendido por preços que partem de R$ 154.

A conexão é feita pelo cabo com entrada P2 e a recomendação de uso é para escolas, salas de conferência e visitas guiadas. A frequência que consta na ficha técnica é de 13 até 27 kHz e a impedância é de 32 Ohms.

AKG K414P é opção mais em conta com promessa de som de qualidade — Foto: Divulgação/AKG

2. Samsung AKG ‎EO-IC100BBEGBR - a partir de R$ 174

Esta opção da AKG, subsidiária da Samsung, traz um modelo com entradas intra-auriculares. Diferente das outras versões, este item inclui um microfone na estrutura. A conexão é feita por um cabo com saída USB-C, ideal para smartphones que contam com este tipo de entrada. O produto é encontrado por cerca de R$ 174.

Apesar de ser uma composição mais simples, os fones prometem entregar qualidade sonora, além de proporcionar facilidade no controle por meio dos botões de volume e de play/pause localizados no cabo.

Samsung AKG tem conexão tipo C e cabo em tecido — Foto: Divulgação/Samsung

3. AKG K72 - a partir de R$ 300

O K72 traz cabo unilateral e faixa com ajuste para a cabeça. Além disso, tem indicação de testes de resistência por parte da fabricante, que afirma avaliar a durabilidade do produto ao ser exposto em quedas, altas frequências e dobras excessivas de fio. Os consumidores podem adquirir o fone por valores que partem de R$ 300.

O plugue usado contempla saída P2, de 3,5 mm, mas também traz um adaptador de 6,3 mm. Os drivers que acompanham o K72 são de 40 mm e a frequência oferecida vai de 16 Hz até 20 KHz. Ele é indicado para ser usado em estúdios.

AKG K72 apresenta conexão P2 — Foto: Divulgação/AKG

4. AKG K52 - a partir de R$ 329

O AKG K52 traz um sistema ajustável para a cabeça. Portanto, além de se adequar de forma anatômica, os fones podem proporcionar maior durabilidade. A estrutura traz o cabo de 2,5 metros em apenas um lado, o que deve conferir maior mobilidade. Ele é encontrado por cifras a partir de R$ 329.

A fabricante menciona um teste de durabilidade que o K52 foi submetido e sugere resistência a quedas, picos de frequência e dobras no cabo. Em termos de composição, o headphone traz drivers de 40 mm, além de frequência de 18 a 20 KHz. O design de baixa impedância permite a compatibilidade do produto com equipamentos profissionais de estúdio ou aparelhos eletrônicos como celulares.

AKG K52 tem cabo de 2,5 metros — Foto: Divulgação/AKG

5. AKG K361 - a partir de R$ 699

O headphone K361 traz um design com formato oval. Além da promessa de isolamento acústico, o som é indicado como preciso e neutro, proveniente da frequência estendida entre 15 Hz e 28 kHz. É possível encontrar o acessório por cerca de R$ 699.

A estrutura dobrável facilita o transporte e também oferece a possibilidade de executar o som com ou sem fios. A ficha técnica apresenta drivers de 50 mm, Bluetooth 5.0 e microfone integrado. O produto pode atender a demanda de produtores, podcasters, youtubers e streamers.

AKG K361 traz formato oval e promessa de isolamento acústico — Foto: Divulgação/AKG

6. AKG ‎K92 - a partir de R$ 699

O K92 traz um design diferente, já que apresenta uma cor a mais na composição. Mais uma vez a estrutura over-ear é mencionada como forma de proporcionar uma experiência de som imersivo, que também diminui ruídos externos. Esta opção é vendida por cerca de R$ 699.

A fita ajustável também marca presença no produto, de modo a oferecer adaptabilidade e ergonomia. Outras características são o cabo de três metros, conector P2 e drivers de 40 mm na composição dos fones. Quanto à frequência, o K92 oferece uma faixa de 16 Hz a 22 kHz e potência máxima de 200 mW.

AKG K92 promete oferecer som imersivo — Foto: Divulgação/AKG

7. AKG K271 MKII - a partir de R$ 1.917

O K271 MKII é o produto mais caro da lista, mas traz especificações pensadas majoritariamente para uso profissional. Usuários que trabalham em estúdios, que fazem mixagens e até bateristas são o público-alvo do headphone que alcança a casa dos R$ 1.917. Entre os recursos oferecidos pelo acessório estão o som imersivo proporcionado pela vedação do fone e a possibilidade de ajuste na cabeça.

Desta vez, a AKG investe em recursos como interruptores intuitivos que silenciam os fones de ouvido quando eles são retirados da cabeça. Além disso, um cabo de cinco metros é oferecido pelo produto, de modo a conferir maior mobilidade para o usuário. A frequência entre 16 Hz e 28 kHz, um mini conector XLR e drivers de 30 mm também fazem parte das especificações do K271.

AKG K271 MKII é focado em uso profissional — Foto: Divulgação/AKG

Com informações da AKG (1/2/3/4/5/6)

Cinco acessórios para casa inteligente

Cinco acessórios para casa inteligente

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo