Video game

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


O Xbox Series X é um console top de linha da Microsoft lançado em novembro de 2020 para rivalizar com o PlayStation 5 (PS5). O videogame da nova geração foi anunciado junto com o Xbox Series S, versão mais básica, pelo preço sugerido de R$ 4.599 no Brasil. Porém, desde então enfrenta problemas relacionados ao abastecimento de estoque. Os novos modelos oferecem tempo de carregamento mais curto, gráficos de alta qualidade com direito ao Ray Tracing e acesso ao serviço de assinatura Xbox Game Pass.

Eles também contam com a retrocompatibilidade, que permite aos novos modelos executarem toda a biblioteca do Xbox One, além de diversos jogos do Xbox 360 e do Xbox original lançado em 2001. Para ajudar quem tem dúvidas sobre o Xbox Series X, o TechTudo preparou uma lista de cinco fatos para saber antes de comprar o videogame.

Xbox Series X: rival do PlayStation 5 oferece retrocompatibilidade de jogos do Xbox One — Foto: Murilo Molina/TechTudo

Qual é o melhor jogo de Xbox One? Comente no Fórum do TechTudo

1. Diferenças para o Series S

O Xbox Series X se destaca pelo hardware potente, ou seja, é a versão mais poderosa do console, o que faz com que o modelo tenha um preço mais elevado de R$ 4.599. Já o Xbox Series S é a opção de entrada para a nova geração, e chega oferecendo o básico para uma experiência com os novos recursos por valores a partir de R$ 2.659 na Amazon.

Além de um poder de processamento bem maior, o Series X oferece SSD de 1 TB de espaço de armazenamento e leitor de discos. Já o Series S conta com SSD de apenas 512 GB e não possui leitor de mídias físicas, sendo um console totalmente digital. O comparativo do TechTudo detalha todas as diferenças entre os videogames da nova geração.

Xbox Series X apresenta leitor de discos — Foto: Murilo Molina/TechTudo

2. Principais jogos em mídia física e digital

Um dos pontos fortes dos consoles da Microsoft é a presença do serviço de assinatura Xbox Game Pass. Os assinantes conseguem ter acesso a uma biblioteca gigante de jogos digitais por um valor mensal a partir de R$ 29,99. O plano permite que os donos do console consigam jogar títulos exclusivos como Forza Horizon 4, Gears 5, Ori and the Blind Forest, além de outros games populares como GTA 5, NBA 2K21 e mais.

Porém, no Xbox Series X ainda é possível utilizar mídias físicas, que por vezes aparecem em ofertas. Dentre os títulos de destaque que podem ser interessantes para quem está adquirindo um novo console, o Resident Evil Village promete levar os jogadores por um game de terror com história densa e jogabilidade consagrada por preços a partir de R$ 282. Outra opção é o game da série Assassin’s Creed, que em Valhalla coloca o clã de assassinos para mergulhar em uma aventura da mitologia nórdica por cifras a partir de R$ 249.

Assassin's Creed Valhalla é vendido por preços a partir de R$ 249 — Foto: Reprodução/Ubisoft

3. Como é a oferta de acessórios

Tanto o Xbox Series X quanto o Series S são compatíveis com os acessórios do Xbox One. Isso significa que quem migrar de um console da geração passada para a atual pode utilizar seus joysticks, assim como volantes e headsets.

A compatibilidade com os itens do console mais antigo permite que os novos Xbox já cheguem ao mercado com uma grande oferta de acessórios. Assim, não é difícil encontrar opções para completar a experiência durante os jogos. Os donos do Xbox Series X podem comprar o volante G920, da Logitech, por cerca de R$ 1.749. Já o joystick Carbon Black pode ser adquirido por R$ 436.

Controle do Xbox Series X/S segue o formato de seu antecessor — Foto: Murilo Molina/TechTudo

4. Quais são as evoluções em relação ao Xbox One

Os novos consoles oferecem maior poder de processamento, o que permite que os jogos sejam executados em resoluções mais altas. Os games também conseguem atingir uma taxa de quadros mais elevada e estável que os consoles antigos.

O armazenamento em SSD é outra novidade que promete impactar a experiência, fazendo com que os jogos abram mais rapidamente. A mudança também diminui os tempos de carregamento e possibilita a implementação de recursos como o Quick Resume, que permite que os jogadores alternem imediatamente entre os jogos e aplicativos abertos.

Quick Resume permite alternar rapidamente entre jogos no Xbox Series X — Foto: Reprodução/Murilo Molina

5. Funções curiosas do console

O Xbox Series X oferece diversos recursos que podem não só aprimorar a experiência na hora da jogatina, mas também permitem que os jogadores capturem os momentos em alta qualidade. Após fazer a captura do trecho desejado, é possível editar os clipes direto do videogame. O console possui uma arquitetura capaz de explorar todo o potencial do hardware por meio de machine learning, para oferecer qualidade extrema de imagem e mais funcionalidades para os jogadores.

Um dos novos recursos do console é o Auto-HDR, que aprimora a exibição das cores em telas compatíveis mesmo em games que não contam com suporte nativo ao sistema de cores aprimorado. O Series X também conta com uma ferramenta de captura que promete oferecer qualidade de até 4K a 60 quadros por segundo, o que vai criar arquivos grandes, mas com alta fidelidade de imagem.

É possível editar os clipes com o Xbox Series X/S — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Nintendo Switch: quatro fatos sobre o console para saber antes de comprar

Nintendo Switch: quatro fatos sobre o console para saber antes de comprar

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo