Publicidade

Por Adânia Souza, para o TechTudo


O FIFA 22 foi lançado nesta sexta-feira (1) trazendo algumas novidades. A mais nova edição da franquia da EA Sports apresenta melhorias na mecânica dos goleiros e na marcação, além de aumentar as opções personalizáveis dos modos Carreira, VOLTA e Pro Clubs. Confira a seguir as principais mudanças do novo game em relação ao FIFA 21. Vale lembrar que o game está disponível para PlayStation 5 (PS5), PlayStation 4 (PS4), Xbox One, Xbox Series X/S, Nintendo Switch e PC.

FIFA 22 eleva níveis de personalização e apresenta mudanças nos modos de jogos — Foto: Reprodução/Steam

Inovações na gameplay

Todo ano a franquia traz mudanças nos gráficos, mas as novidades do FIFA 22 marcam também uma nova mecânica, relacionada à tecnologia HyperMotion nos consoles de nova geração. PS5 e Xbox Series trazem uma ação menos robótica tanto no ataque quanto na defesa, permitindo aos jogadores aplicarem diferentes estilos de jogo em cada metade do campo.

A intensidade na marcação é maior e o jogador precisa entregar tudo fisicamente para recuperar a bola e estar sempre atento aos possíveis contra-ataques, recurso muito presente em FIFA 22. O atleta pode tocar na bola apenas para alterar sua direção, sem precisar recuperar a posse imediatamente, e jogadores com notas altas recuperam a bola com maior facilidade frente a atletas com overall baixo.

FIFA 22 traz a tecnologia HyperMotion para movimentos mais realistas em campo — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

O game da EA traz uma nova opção que permite ao jogador trocar de atleta em controle com mais precisão quando o time está defendendo. Ao todo, são quatro opções disponíveis, que podem ser selecionadas pelo analógico direito.

Outros recursos permitem ainda enviar outro marcador para pressionar o adversário e tentar roubar a bola, além de acionar um jogador para correr por trás do defensor ou se aproximar para receber o passe. Os duelos 1v1 ganham sprints explosivos, tanto para o atacante quanto para o defensor, e as comemorações de gols estão mais diversas, incluindo até o banco de reservas. A física da bola também recebeu melhorias, como no atrito com o solo, na velocidade e na resistência do ar.

Marcação ganhou uma nova opção para trocar de jogador em controle no FIFA 22 — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Atenção especial aos goleiros

Embaixo das traves, a tomada de decisões fica mais inteligente. A nova mecânica dos goleiros trabalha com mais de 600 animações e adiciona mais confiança à posição. O FIFA 22 promete agregar mais personalidade, dependendo de velocidade, tempo de reação e físico dos goleiros. Com movimentos mais verossímeis, o jogador também sentirá diferenças no estilo de cada atleta, na saída do gol em escanteios, como saltam ou antecipam chutes, entre outras características.

Modo Carreira totalmente personalizável

O FIFA 22 permite criar um time do zero no modo Carreira. É possível escolher nome, escudo, cores, uniformes, idade dos jogadores, habilidade média da equipe, poder financeiro, além de customizar a torcida e o estádio (incluindo o estilo da grama). No papel de manager, o jogador define qual liga quer integrar, optando por campeonatos de elite do futebol mundial ou divisões inferiores (é necessário substituir um dos times originais).

A trajetória começa com jogadores genéricos, mas as portas se abrem aos atletas reais conforme a evolução do clube. Também é possível começar com um time já existente, como já acontecia antes.

Novo Modo Carreira permite customização de escudos e uniformes — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Já o Modo Carreira de jogadores apresenta a chegada dos desafios de desempenho, que devem ser completados ao longo dos jogos e rendem pontos com o treinador. A árvore de habilidades converte essa pontuação em melhoria nos diversos atributos. O FIFA 22 permite a substituição desse jogador de Carreira durante a partida, por outro lado, um desempenho de destaque rende um mosaico personalizado nas arquibancadas dos estádios.

Pro Clubs com jogadoras femininas

O criador de Craques Virtuais do FIFA 22 inclui, pela primeira vez, avatares femininos para competir no mesmo nível e com jogabilidade idêntica à dos masculinos. O Pro Clubs também contará com os Arquétipos, que podem ser adquiridos por Pontos de Habilidades e aumentam significativamente as qualidades de criação da ou do atleta, além garantir a identidade em campo.

Outra grande mudança no Pro Clubs está na Partida Improvisada, que permite a preparação de um time com até quatro amigos ou players recentes antes de começar a busca pela competição. Isso permite o ganho de XP jogando com colegas de Clube sem afetar o histórico.

Pro Clubs do FIFA 22 permite a criação de avatares femininos pela primeira vez — Foto: Reprodução/EA Sports

VOLTA Arcade e nova proposta

O modo "street" do FIFA aparece muito diferente no 22, com foco no multiplayer e temporadas renováveis a cada seis semanas, com novos itens e ambientes, além de objetivos a serem cumpridos. A versão repaginada do VOLTA também permite desenvolver o jogador em si, e não mais o time todo como em FIFA 21, que trazia recrutamento da outros atletas, ícones e mesmo personalidades da vida real.

O jogo em si também mudou, trazendo uma pegada mais Arcade com o medidor de habilidades. Dribles, fintas, passes com estilo e roubadas de bola concedem pontos que alteram o multiplicador de gols até 4x. Os atributos dos atletas chegam apenas a 96 ao invés de 99, o que, segundo a EA, vai estimular o trabalho em equipe. As Batalhas VOLTA substituem o Jogo Online Solo.

Novo VOLTA traz medidor que pode aumentar valor dos gols, além de liberar habilidades especiais — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Outra novidade é a habilidade especial que cada jogador tem disponível. Ao todo, são três opções: Bomba (finalizações poderosas), Pura Raça (aumento na velocidade) e Dividida Agressiva (melhora a precisão de carrinhos e disputas de ombro). Além disso, o VOLTA Arcade traz minijogos disponíveis apenas durante os finais de semana e divididos em oito categorias: Queimada, Bobinho, Futê-Tênis, Sebo nas Canelas, Gol Rápido, Eliminação no Paredão, Galeria de Alvos e Disputa nos Cantos.

Nova estrutura do FUT

O FIFA Ultimate Team, ou FUT, introduz um sistema renovado de progressão da temporada, que será atualizada a cada seis semanas. O Divisões é composto por fases e classificações, com recompensas semanais e finais. O resultado de cada partida determina o avanço na classificação e uma sequência acima de três vitórias acelera ainda mais o progresso.

Além disso, o game ganhou pontos de controle para permitir a manutenção da evolução e duelos entre adversários sempre do mesmo nível. Dessa forma, a etapa final de uma temporada determina a da próxima.

O brasileiro Cafu é um dos FUT Icon do FIFA 22 — Foto: Divulgação/EA Sports

O FUT Champions também fica mais acessível, com formato semanal e sistema de mata-mata como qualificatório para as finais, disputadas nos finais de semana em 20 jogos com a mesma duração usada na Weekend League do FIFA 21. O sistema de progressão é baseado em pontos ao invés de vitórias, permitindo o avanço mesmo com derrotas.

Outra novidade é a adição da Divisão de Elite, superior à Divisão 1. A ascensão é baseada no sistema de Classificação de Habilidade e os 200 melhores aparecem no Placar de Líderes Global. Quem chega à Divisão de Elite permanece nela até o fim da temporada.

Com informações de EA (1, 2, 3, 4 e 5), IGN e Push Square

TOP 5 Remasters lançados em 2021

TOP 5 Remasters lançados em 2021

Mais do TechTudo