Redes sociais

Por Luiza Loubak, para o Techtudo


Escolher uma boa foto para LinkedIn ajuda usuários a melhorarem sua imagem na rede profissional. Um registro de alta qualidade pode causar boas impressões nos recrutadores e aumentar as chances de conseguir um emprego. Dados divulgados pela própria plataforma mostram que perfis com foto no LinkedIn possuem 21 vezes mais chances de serem vistos e recebem nove vezes mais solicitações de conexões.

Fatores como cenário, iluminação e resolução da imagem são importantes e devem receber a atenção de quem está buscando mais oportunidades no LinkedIn, uma recolocação profissional ou até mesmo estabelecer parcerias de negócios. Confira, a seguir, 10 dicas para tirar boas fotos para o LinkedIn e melhorar sua imagem na plataforma de networking.

Foto no LinkedIn: lista apresenta dicas para usuário melhorar imagem na rede social — Foto: Foto: Divulgação/LinkedIn

LinkedIn: como configurar meu perfil? Opine no Fórum do TechTudo

1. Escolha uma boa luz para fotografar

Escolher uma boa iluminação na hora de fotografar é fundamental. Geralmente, imagens com pouca luminosidade transmitem uma sensação negativa e sombria. Em contrapartida, uma foto de perfil devidamente iluminada passa uma impressão positiva para quem visualiza a página.

Use luz natural para sua foto pessoal do LinkedIn ficar mais clara e sem muitas sombras — Foto: Divulgação/LinkedIn

Nesse sentido, uma dica é aproveitar a iluminação natural de uma janela, posicionando-se bem na frente do local de entrada da luz, para que o rosto fique nítido e visível. Vale dizer que bons horários para tirar retratos são entre 10h e 11h ou entre 15h30 e 17h (horário de Brasília), por conta da incidência solar. Caso esteja em um ambiente que não tenha iluminação natural, tente chegar o mais próximo possível de uma fonte de luz artificial, usando luminárias ou ring lights, por exemplo.

2. Dê preferência a fundos neutros

Outra dica importante é priorizar cenários neutros. O candidato é o elemento mais importante da foto de perfil para o LinkedIn, portanto é válido evitar planos de fundo e elementos que roubem a atenção, como animais, objetos ou outras pessoas. O fundo do retrato deve ser o mais simples possível. Nesse sentido, uma parede lisa de cor sólida e uniforme é uma ótima opção para focar no seu rosto.

Foto profissional para LinkedIn: procure uma parede branca ou de cor única para fazer uma foto sem muitos elementos — Foto: Divulgação/LinkedIn

3. Selecione uma imagem atualizada e em alta resolução

Atualizar a foto de perfil constantemente, de acordo com as suas mudanças de visual, é importante para transmitir uma mensagem mais real e confiável. Usar imagens desatualizadas, em contrapartida, pode ser uma escolha problemática. Isso porque os recrutadores do LinkedIn dificilmente reconhecerão você fora da rede, fator que pode atrapalhar a obtenção de boas oportunidades de emprego.

Como fazer foto profissional no LinkedIn? É importante manter o avatar de perfil sempre atualizado — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Também é válido prestar atenção na qualidade da resolução da foto. Imagens granuladas, embaçadas ou sem foco podem prejudicar sua visibilidade na rede e serem consideradas como descuido ou falta de habilidade pelos recrutadores. Por isso, certifique-se que sua câmera renderá imagens de boa resolução. Caso necessário, peça ajuda a outra pessoa para tirar a foto e garantir a melhor qualidade possível do registro.

4. Não 'recicle' fotos em grupo

Evitar usar fotos com outras pessoas na hora de definir seu avatar no LinkedIn é outra boa tática pra deixar sua conta mais profissional e convidativa. Fotos recicladas de grupos tendem a apresentar um enquadramento de baixa qualidade e iluminação ruim, principalmente quando tiradas à noite. Vale lembrar que o foco da imagem deve ser somente o candidato, e não outras pessoas. Além disso, fotos mal cortadas podem acusar uma postura de desleixo por parte do usuário.

5. Sorria

Um sorriso pode abrir boas oportunidades de emprego e facilitar conexões com as outras pessoas no LinkedIn. De acordo com estudo divulgado pelo site Photofeeler, o sorriso com dentes visíveis foi classificado como um grande indicador de competência, influência e positividade entre as avaliações da plataforma.

Foto para LinkedIn: sorrir no registro ajuda a impressionar recrutadores e demonstrar acessibilidade — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Considerando que a foto ajuda a compor as primeiras impressões sobre um perfil, investir no sorriso é uma boa aposta para impressionar recrutadores e demonstrar acessibilidade. Entretanto, vale dizer que o sorriso não é obrigatório e pode ser contido caso o candidato deseje transmitir uma imagem mais série e reflexiva em seu perfil profissional.

6. Certifique-se de que o seu rosto cobre pelo menos 60% do avatar

O candidato também deve se atentar ao enquadramento do seu rosto na foto de perfil e verificar se ele cobre, pelo menos, 60% do avatar do LinkedIn. É recomendado que apenas cabeça, pescoço e o topo dos ombros sejam visíveis nas fotos. Evite fotografar de longe ou em qualquer outra posição em que o rosto não fique nítido.

Além disso, é importante olhar diretamente para a câmera no momento do clique. Nesse sentido, fotografar com a câmera um pouco acima da sua cabeça é uma boa pedida. Isso porque quando a câmera está baixa demais, o usuário acaba evidenciando algumas partes desnecessárias do corpo, como os braços, além de estar sujeito a problemas com sombras.

7. Tenha cuidado ao aplicar filtros

Evite exageros e filtros desnecessários ao tratar as fotos que serão utilizadas no LinkedIn. Alterar cor de cabelo, formato dos olhos, boca ou nariz pode ser uma uma alternativa perigosa, já que o candidato corre o risco de transmitir uma imagem irreal aos recrutadores. Caso necessário, retoque apenas detalhes como rugas, olheiras e outras imperfeições.

Adicionar um filtro na foto de perfil do LinkedIn pode ser um erro — Foto: Reprodução/Marvin Costa

Uma boa ferramenta para usar nesses casos é o Adobe Photoshop, que oferece recursos precisos de edição de imagens. Além disso, é válido evitar outros tipos de fotografia que não contribuem pra construção de um perfil profissional no site, como as fotos em preto e branco ou sépia.

8. Vista-se como você se vestiria para o trabalho

A escolha da roupa para fazer uma foto de perfil no LinkedIn deve ser condizente com o estilo do candidato. Normalmente, camisas sociais e gravatas caem bem para homens; ao passo que vestidos, blazers e blusas sociais valorizam o perfil das mulheres. Lembre-se que o mais importante é que as peças evidenciem os ombros e pescoço, já que estas são as regiões que vão aparecer no enquadramento da foto.

Evite usar roupas que possam deixar sua foto do LinkedIn muito descontraída e pouco profissional — Foto: Divulgação/LinkedIn

Roupas mais escuras são ótimas opções por não chamarem tanta atenção e valorizarem os contornos do rosto, mas isso não significa que os candidatos não podem usar peças coloridas. No caso de mulheres, é recomendado evitar roupas muito ousadas, bem como maquiagem e penteados extravagantes, para que esses detalhes não desviem o foco da imagem profissional e proporcionem julgamentos.

9. Evite usar selfies

Selfies não costumam ser apropriadas para redes profissionais como o LinkedIn. Ao fazer uma selfie, o candidato aposta em poses e expressões mais descontraídas, o que dificulta a execução de uma foto de alta qualidade e a construção de um perfil que transmita mais seriedade.

Além disso, o usuário pode causar uma impressão de desleixo aos recrutadores, por parecer que a foto não é tão importante e pouco profissional. Logo, prefira utilizar esse tipo de foto para outras redes sociais, como Instagram e Facebook, e dê preferência aos retratos tradicionais na hora de escolher uma imagem de perfil no LinkedIn.

10. Use o Snapper

O Snapper é um site que analisa a foto de perfil do LinkedIn por meio de inteligência artificial, identificando se a imagem cumpre os requisitos da plataforma. A ideia do serviço é auxiliar na escolha da melhor foto para estabelecer boas conexões com outros perfis. A ferramenta é simples de usar: basta acessar a plataforma pelo navegador e fazer login com sua conta do LinkedIn. O Snapper também permite fazer o upload de fotos do PC.

Snapper apresenta nota para suas fotos do LinkedIn — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Feito login, a página exibirá resultados da análise na tela, incluindo sugestões de melhoria. O Snapper divide a análise em três pontos principais – rosto, composição e edição – e testa várias fotos para ver qual tem maior potencial na rede. Quanto maior for a pontuação inicial, mais adequada estará a imagem para estampar seu perfil do LinkedIn.

Com informações de Linkedin, Meero e Forbes

Veja também: Wattpad Web: veja como usar o site para ler livros grátis

Wattpad Web: veja como usar o site para ler livros grátis

Wattpad Web: veja como usar o site para ler livros grátis

Mais do TechTudo