Editores

Por Clara Fabro, para o TechTudo


Aplicativos "de Photoshop" podem ser uma boa alternativa ao tradicional editor de imagem da Adobe. O programa, que é conhecido por ser um editor profissional, requer assinatura e tem mensalidade de R$ 90, o que o torna pouco acessível ao público geral. Pensando nisso, o TechTudo reuniu seis editores com funções similares ao Photoshop que possuem download gratuito para Android e iPhone (iOS). Confira a lista a seguir.

Vale lembrar que os programas da lista também oferecem opções planos de assinatura com recursos extras, mas suas mensalidades são opcionais e também mais acessíveis.

Apps de edição alternativos ao Photoshop: lista traz seis opções para Android e iPhone (iOS) — Foto: Reprodução/Apple

Photoshop dando erro? Veja soluções no Fórum do TechTudo.

1. InShot

O InShot está disponível para Android e iPhone (iOS) e oferece diversas opções de edição. Com ele, é possível adicionar diferentes filtros, modificar escalas de temperatura, saturação, brilho e contraste de cor e ainda aumentar ou diminuir destaques e sombras. Acrescentar efeitos de vinheta e granulados, que simulam falhas, distorções e filtros retrôs, também é uma possibilidade.

O app ainda deixa escolher o tamanho e a proporção para a foto, que pode ter as dimensões ideais para os Stories do Instagram ou para a capa do Facebook. Também é possível adicionar adesivos, caixas de texto e molduras à sua criação. O diferencial do InShot é que, além de oferecer diversas opções de edição de imagens, o app também permite editar vídeos de forma simples pelo celular.

InShot está disponível para Android e iPhone (iOS) e reúne uma série de opções de edição no celular — Foto: Reprodução/Clara Fabro

2. PicsArt

O PicsArt é um editor bastante completo. Ele traz diversas ferramentas de edição, que permitem adicionar efeitos variados de distorção e movimento às imagens, além da função "clonar", que deixa copiar e replicar uma parte da foto. Esse recurso é útil, por exemplo, para remover pequenas imperfeições das imagens. Outro diferencial do PicsArt é a ferramenta que permite apagar o fundo de fotos. Com o recurso, você pode modificar o cenário de uma imagem em poucos passos, e o app ainda disponibiliza algumas opções de fotos para substituir o fundo original.

Além disso, o PicsArt conta com uma aba que reúne ferramentas de edição para fotos de rosto e selfies. Por lá, é possível retocar as imagens, suavizando rugas, removendo manchas e espinhas da pele e modificando a cor do cabelo e dos olhos. No entanto, alguns recursos estão disponíveis apenas para assinantes, que devem desembolsar R$ 15,99 por mês ou R$8,08 mensais no plano anual para ter acesso aos serviços.

O PicsArt permite modificar o fundo das fotos — Foto: Reprodução/Clara Fabro

3. AirBrush

O Airbrush é um aplicativo de edição de imagens com foco em fotos de rosto e selfies. O app oferece uma grande variedade de ferramentas para aprimorar a qualidade das fotos e permite remover algumas imperfeições do rosto, como manchinhas e espinhas. Também é possível melhorar o contorno da face, remover olheiras, clarear o sorriso, adicionar maquiagem, experimentar franjas e mais.

O app deixa remover pessoas em segundo plano nas imagens para se livrar de "intrusos" em uma foto que tirou na praia, por exemplo. O Airbrush está disponível para Android e iPhone (iOS) e traz uma série de recursos extras para membros premium, por R$14,90 no plano mensal ou R$ 5,92 por mês no plano anual.

O AirBrush é um app edição com foco em selfies e fotos de foto — Foto: Reprodução/Clara Fabro

4. Lensa

Assim como o Airbrush, o Lensa tem foco em retratos e selfies. O app usa inteligência artificial, é para ajustar imagens com edições automáticas em um único clique. O Lensa também permite modificar o fundo de fotos, adicionar maquiagem e alterar a cor do cabelo. Disponível para Android e iPhone (iOS), ele ainda traz edições mais avançadas para diminuir o volume das bochechas e deixar os lábios com maior destaque.

Configurações como exposição, nível de contraste, saturação, temperatura, sombras e brilho das fotos também podem ser modificadas, e o app também possui uma biblioteca com filtros que podem ser adicionados às fotos. O Lensa permite editar até cinco fotos por semana no plano gratuito. Usuários que desejarem aumentar o limite devem assinar o plano premium de R$ 9,99 por semana, R$ 26,99 por mês ou R$ 104,99 por ano.

O app de edição de fotos Lensa é baseado em Inteligência Artificial — Foto: Reprodução/Clara Fabro

5. PREQUEL

O Prequel é um editor de fotos e vídeos disponível para Android e iPhone (iOS). O app possui uma vasta biblioteca de efeitos e filtros acessível a partir de ícones no lado direito da tela no menu inferior. As opções de filtros incluem temas como "Halloween", "Cyberpunk", "Filme" e "Retrô".

Configurações como exposição, contraste, saturação, temperatura, nitidez, claridade, destaques, sombras e brilho da imagem podem ser acessadas por meio dos ajustes. Também é possível adicionar caixas de texto com letras diferentes às suas imagens. Assim como os outros apps da lista, o Prequel oferece recursos extras para assinantes, que podem contratar o plano premium por R$ 16,99 por semana ou R$ 154,99 por ano.

O Prequel reúne grande variedade de filtros e efeitos — Foto: Reprodução/Clara Fabro

6. VSCO

O VSCO é o único aplicativo da lista que requer obrigatoriamente um cadastro para acessar os serviços gratuitos. Pelo app, é possível fazer ajustes de exposição, contraste, saturação, temperatura, granulação e nitidez das imagens. O app também sugere opções de edições automáticas a partir da aba "Predefinições". Um diferencial do VSCO é a ferramenta "Receitas", que permite salvar uma espécie de passo a passo de seus ajustes preferidos para editar fotos.

Se você mexe primeiro na exposição da foto e logo em seguida adiciona um filtro, a aba "Receitas" salva esse processo para, na próxima vez em que você usar o app, facilitar a edição das imagens. Algumas funcionalidades do VSCO estão disponíveis apenas para membros premium, como a opção de adiciona texto ou bordas coloridas às fotos. Usuários que desejarem desbloquear os recursos precisam desembolsar R$ 41,99 por mês ou R$ 104,99 por ano.

O VSCO possui uma função que permite salvar um passo a passo das edições para usá-las mais tarde com facilidade — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Photoshop: cinco dicas para usar o programa

Photoshop: cinco dicas para usar o programa

Mais do TechTudo