Por Vitória Bernardes, para o TechTudo


Para comprar um notebook bom e barato durante a Black Friday de 2021 é importante verificar algumas configurações. Pessoas em busca de modelos para rodar jogos leves nem sempre precisam comprar uma alternativa com placa de vídeo dedicada, por exemplo. Essa escolha interfere no preço final, sem deixar o usuário na mão quanto ao que ele procura. Empresas como Acer, Asus e Samsung vendem modelos com excelentes preços e ótimas especificações.

Uma característica também importante é o armazenamento. Nos dias de hoje, mesmo que custe um pouco mais para o bolso, o SSD é essencial para aumentar a performance dos eletrônicos. Veja a seguir seis dicas que o TechTudo separou sobre como escolher um notebook bom e barato durante a Black Friday 2021, sem perder a qualidade.

No mercado brasileiro há marcas de notebooks com preços bons e ótimas configurações — Foto: Divulgação/Positivo

1. Processadores intermediários

AMD é uma das alternativas junto à Intel — Foto: Divulgação/AMD

AMD e Intel são as principais fabricantes de processadores para notebooks no mundo. Todos os anos são lançados novos modelos, que acompanham as novidades em computadores e laptops. Porém, não é necessário comprar um aparelho recém lançado para ter qualidade. O usuário pode investir em um processador Intel Core i3 de nona geração, se as configurações atenderem às expectativas do consumidor.

É importante pesquisar no site das fabricantes o que cada processador promete, além de ver reviews sobre como a peça se desenvolve no notebook. Com essas informações em mãos, o consumidor pode procurar modelos que não são lançamentos do ano, mas que ainda garantem bom desempenho.

2. SSD no lugar de HD

SSDs melhoram a velocidade e o desempenho dos notebooks — Foto: Divulgação/Kingston

SSD deve ser um prioridade mesmo que um notebook com HD esteja na promoção durante a Black Friday 2021. Com as mudanças que aconteceram nas tecnologias, hoje em dia as pessoas estão acostumadas com a rapidez dos smartphones. Laptops que usam HD são bastante lentos e podem até mesmo fazer com que a máquina trave diversas vezes.

Na hora de escolher um modelo bom e barato, opte pelo SSD com menos armazenamento. A Lenovo, por exemplo, vende modelos a partir de 128 GB de armazenamento SSD. Caso seja necessário mais espaço, existem opções com 256 GB e até 480 GB. É importante saber qual a média de espaço ideal para escolher o notebook com melhor preço durante a Black Friday deste ano.

3. Resolução da tela

Resolução Full HD é ideal para fãs de filmes e séries, que não dispensam uma boa qualidade de imagem — Foto: Divulgação/Asus

HD, Full HD e 4K. Essas três resoluções diferem bastante, principalmente em relação ao preço. Quem procura modelos de notebook com valores baixos durante a Black Friday de 2021 pode tirar o Ultra HD da lista, já que o preço é certamente mais alto. Alternativas como HD e Full HD são mais indicadas, já que podem reduzir o custo total do laptop, sem perder qualidade em relação a outras peças.

Usuários que gostam assistir a séries e filmes na Netflix ou no Globoplay não podem abrir a mão da tela Full HD. Nessa situação, a resolução é duas vezes maior que a HD, com mais definição e realismo. Os modelos da Vaio podem ser alternativas interessantes com essa configuração. Porém, quem quer comprar um notebook apenas para função básica, máquinas com tela HD já são suficientes.

4. Placa de vídeo dedicada

Nvidia GTX 1050 é uma das opções focadas em custo-benefício — Foto: Divulgação/Nvidia

Notebook com placa de vídeo dedicada pode acrescentar um pouco mais no preço do aparelho, mas promete ser uma característica que agrada alguns públicos. Pessoas que gostam de jogos intermediários ou pesados precisam dessa peça para que a partida rode sem travamentos e de forma fluida. Não é necessário estar na resolução máxima, mas é fundamental ter uma boa jogabilidade.

A GTX 1050 de 2 GB, da Nvidia é uma alternativa de entrada, mas que pode proporcionar jogatinas mais fluidas para alguns jogos. Fortnite, por exemplo, é um jogo bastante famoso e que não exige configurações de excelência. Por isso, na hora de escolher um notebook bom e barato durante a Black Friday de 2021, leve em consideração as características que seu jogo favorito exige.

5. Sistema operacional

Modelos de notebook já são comercializados com Windows 11, lançamento recente da Microsoft — Foto: Divulgação/Microsoft

Um ponto de atenção na hora de escolher notebooks bons e baratos durante a Black Friday é o sistema operacional. É comum que o preço fique mais baixo quando se trata de modelos com Linux, uma interface pouco utilizada pelos usuários comuns. Antes de escolher o seu laptop, verifique qual é esse sistema e se é realmente o que está em busca.

Se usar o Linux realmente for uma opção interessante, certamente os preços serão mais baixos. Contudo, se essa não é uma escolha para o seu futuro notebook, não opte por esse sistema mesmo o preço sendo mais baixo. Nesse caso, seria necessário comprar o instalador do Windows 10 ou 11, que sai ainda mais caro para o seu bolso.

6. Histórico de preços

Para conferir os melhores preços da Black Friday 2021 é importante acompanhar o histórico de preços — Foto: Divulgação/Asus

Embora as lojas digam que os preços estão com descontos durante a Black Friday 2021, é importante verificar se realmente existem descontos e se vale a pena comprar naquele momento. Uma forma de acompanhar essa variação nos valores é por meio do Compare TechTudo, uma plataforma que verifica as mudanças que acontecem nos preços todos os dias.

Por meio da oscilação nos valores é possível analisar se as promoções são interessantes e se o notebook cabe no seu bolso. Basta escolher o modelo desejado ou a marca de interesse que a plataforma avisa quando houver algum tipo de queda no valor e quando ele realmente está em preço promocional. Com essa ferramenta, fica muito mais fácil comprar um notebook bom e barato durante o período de Black Friday.

Conheça os vencedores do prêmio melhores do ano TechTudo 2021!

Conheça os vencedores do prêmio melhores do ano TechTudo 2021!

Mais do TechTudo