Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Quer comprar um notebook gamer bom e barato na Black Friday 2021? Antes de escolher o modelo certo, é importante conhecer algumas diferenças que podem impactar bastante na experiência do usuário, de acordo com o perfil do jogador. O jogo, o estilo de gameplay e até preferências pessoais podem fazer com que um modelo agrade mais, enquanto outro pode não atender algumas demandas específicas.

No Brasil, marcas como Acer, Asus, Dell, Lenovo e outras oferecem opções de notebooks para jogos com as mais variadas especificações e propostas, tendo desde equipamentos que privilegiam o custo-benefício até soluções premium para melhor performance em jogos. A seguir, o TechTudo apresenta informações importantes a observar antes de comprar um notebook gamer na Black Friday 2021.

Seis dicas para escolher o notebook gamer certo na Black Friday 2021 — Foto: Divulgação/Dell

Quais jogos pretende jogar?

O tipo de jogo que o usuário pretende jogar é um dos pontos a se considerar, uma vez que, de acordo com cada título, existe um laptop mais adequado. Enquanto para MOBA e outros jogos casuais se pode investir em um notebook intermediário, para jogos competitivos e para quem é exigente em desempenho e gráficos existem opções que trazem hardware de ponta para uma experiência muito mais avançada.

Jogos como League of Legends, Fortnite e PUBG não exigem um hardware tão parrudo para uma boa experiência, mas jogos competitivos como Call of Duty: Warzone e CS:GO, que são títulos que pedem um número de quadros maior, normalmente acima dos 100 FPS no modo competitivo, exigem não só uma GPU mais avançada, mas um processador capaz de entregar um número tão elevado de quadros.

L340 é o notebook gamer de entrada da Lenovo. — Foto: Divulgação/Lenovo

O processador e os jogos

O processador é sempre um protagonista em qualquer configuração de PC, e nos jogos isso não é diferente, uma vez que além de permitir que se extraia todo o desempenho da GPU, os processadores precisam ser capazes de gerir processos de mapas, movimentação de personagens, partidas online e, em muitos casos, realizar multitarefas com serviços de streaming.

A maior parte dos notebooks gamer traz processadores Intel, que oferece, nos modelos com sufixo H, opções que prometem desempenho extremo. Notebooks gamer com processadores AMD não são tão populares, mas isso deve mudar com a chegada dos novos modelos de AMD Ryzen 4000.

Existem ainda algumas soluções como os modelos de notebooks da 2 A.M., que são laptops gamer que contam com processadores de desktop. Isso faz não só com que se tenha um clock e um número de núcleos maior que modelos para dispositivos móveis, mas também pode permitir a troca do processador, assim como em um PC de mesa.

Série H conta com os processadores parrudos da Intel para notebooks — Foto: Divulgação/Intel

Encontrando a GPU ideal

Se nos processadores para notebooks gamer existe uma certa dominância da Intel, no segmento de GPU para jogos em laptops o domínio fica por conta da Nvidia. A maior parte dos modelos gamer do mercado traz soluções da fabricante, tendo desde opções com as placas GTX 1050 ou GTX 1650, até modelos que trazem as poderosas placas da linha RTX.

Para jogos mais leves ou mesmo para utilização apenas na tela do notebook, mesmo as soluções de entrada da Nvidia devem ser capazes de atender muito bem na resolução Full HD, mas para quem pretende utilizar monitores externos ou precisa de um número maior de quadros por segundo, investir em uma solução como a RTX 2060 pode ser o ideal.

Essa é uma escolha muito importante, uma vez que a GPU de notebooks normalmente não pode ser substituída, a menos que seja algum modelo com suporte a GPU externa, que por sua vez, são muito raras no mercado brasileiro.

GPUs gamer para notebooks da Nvidia são superiores às da AMD — Foto: Divulgação/Nvidia

Display

Sem dúvida o display é um dos pontos mais importantes nos jogos, afinal, a tela é que vai exibir todo o resultado do trabalho do hardware. A maior parte dos modelos de notebooks gamer traz painéis Full HD, o que é o essencial para uma experiência adequada em jogos modernos, sendo uma espécie de padrão na indústria, uma vez que jogar em 4K ainda exige demais do hardware até mesmo de desktops.

Além da resolução, uma taxa de atualização maior também é fundamental, pois vai permitir que se tenha mais fluidez e até mesmo vantagem competitiva em jogos que exploram esta característica. Jogos competitivos e o cenário de esports já utiliza os 144 Hz como meta para uma gameplay equilibrada.

Por fim, investir em um painel com tecnologia IPS pode fazer com que os aspectos visuais dos jogos sejam ainda mais bonitos, o que é uma característica interessante principalmente em jogos com uma narrativa mais imersiva, como é o caso do recém-anunciado God of War, que deve chegar com gráficos estonteantes em 2022 na Steam.

Avell A65 Mob é notebook de ponta com tela Quad HD; atualização de 165 Hz promete funcionar bem para jogos — Foto: Divulgação/Avell

Armazenamento e RAM

Seja em um notebook ou em um desktop, um SSD pode mudar completamente a experiência com o equipamento, de modo que os discos rápidos são essenciais ao menos para alocar o sistema operacional.

Em games, os SSDs também podem ser um diferencial, como vimos com a nova geração de consoles como PlayStation 5 (PS5) e Xbox Series X/S, que adotaram SSDs de alto desempenho para tornar o tempo de carregamento dos jogos cada vez menor. Por isso, investir em um notebook que já traga um SSD ou ao menos ofereça suporte aos dispositivos M.2 (preferencialmente NVMe) pode fazer com que sua jogatina se torne muito mais confortável.

RAM é outro ponto importantíssimo, principalmente quando consideramos que mesmo jogos single-player modernos têm solicitado ao menos 8 GB de memória em seus requisitos. Para não haver nenhuma limitação, o interessante é considerar modelos gamer que já tragam ao menos 16 GB de RAM, o que vai dar uma margem maior, além de dispensar o investimento em um novo módulo de memória a curto prazo.

Instalação do SSD NVMe Kingston SA2000M8/250G em notebook — Foto: Divulgação/Kingston

Opções disponíveis

Com um visual agressivo e sendo um dos principais players no seu segmento, o Acer Nitro 5 é uma opção que, além de processador Intel Core i5 9300H, traz uma GPU da Nvidia GTX 1650 com 4 GB de VRAM, o que deve entregar uma performance muito boa na resolução Full HD nativa do display de 15,6 polegadas do equipamento.

Para o armazenamento, além de um SSD de 256 GB que traz o sistema operacional Windows 10, o equipamento também conta com um HD de 1 TB (SATA), o que possibilita a agilidade com disco mais rápido e maior volume de armazenamento com o disco mais lento. O Acer Nitro 5, que conta ainda com 8 GB de RAM, é oferecido por cerca de R$ 5.000 no Brasil.

Acer Aspire Nitro 5 é um dos principais laptops gamer de entrada no Brasil — Foto: Divulgação/Acer

Para quem busca uma opção com visual menos extravagante, o Lenovo IdeaPad L340 pode ser uma boa alternativa, sendo um notebook com tela de 15,6 polegadas Full HD com tecnologia IPS. O laptop é equipado ainda com processador Intel Core i5 9300H, 8 GB de RAM, armazenamento em SSD de 256 GB e placa de vídeo GTX 1050 com 3 GB, que são especificações que podem servir como porta de entrada para os jogos de PC, mas não devem entregar o melhor do aspecto visual. Atualmente o L340 é oferecido por cerca de R$ 6.300 no mercado brasileiro.

Já o Dell G15-i1100-M50P é um notebook com tela Full HD de 15,6 polegadas que oferece uma configuração com promessa de desempenho e visuais de ponta. O modelo é equipado com processador Intel Core i7 11800, 16 GB de RAM, armazenamento em SSD NVMe de 512 GB e placa de vídeo RTX 3060 da Nvidia, que é uma GPU que oferece suporte a ray tracing e DLSS, duas tecnologias que são o que há de mais moderno em jogos.

Com um visual mais arrojado e sendo claro, um notebook grande, o modelo é encontrado no Brasil por valores próximos aos R$ 9.400, sendo ainda um equipamento que já é comercializado com o novo sistema operacional Windows 11.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo