Qual Comprar?
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


SSD para notebook pode impactar positivamente na experiência de uso do laptop, já que estes componentes são mais rápidos que os HDs convencionais. Com eles, sistema operacional, abertura de programas ou arquivos e transferências ficam mais velozes. Marcas como Samsung, Adata, Kingston, SanDisk e outras oferecem opções com várias capacidades de memória no mercado brasileiro. Outra vantagem é que praticamente qualquer notebook pode receber um SSD, afinal, boa parte dos modelos utilizam a interface SATA, a mesma utilizada por HDs.

Por pouco mais de R$ 170 é possível encontrar opções de 120 GB no mercado brasileiro, o que torna o upgrade de armazenamento uma opção interessante para quem tem sentido lentidão ao utilizar o notebook. Já o SanDisk Plus é um modelo de 240 GB que pode ser adquirido por R$ 281. Confira a seguir sete SSDs para notebook para comprar no Brasil em 2021.

SSDs para notebook: empresas como Kingston, Adata, Samsung e SanDisk oferecem modelos por a partir 170 — Foto: Divulgação/Kingston

1. ADATA SU650 – a partir de R$ 170

O ADATA SU650 é um SSD de 120 GB para quem prioriza um dispositivo mais barato. Sendo assim, o volume de armazenamento é limitado, mas deve ser o suficiente para os principais sistemas operacionais e alguns softwares que o usuário mais utiliza. O componente é visto por preços a partir de R$ 170.

O modelo com interface SATA pode ser utilizado em praticamente qualquer notebook. Ele entrega velocidade de leitura de 520 MB/s e gravação de 450 MB/s, o que já é muito superior ao oferecido por um HD tradicional e tende a tornar a inicialização do sistema mais ágil.

ADATA SU650 é um SSD para notebook de 120 GB — Foto: Divulgação/ADATA

2. SanDisk Plus – a partir de R$ 299

O SanDisk Plus é mais uma opção SATA, ou seja, pode ser utilizado tanto em PCs quanto em notebooks por ter um formato que se assemelha ao de um HD de laptops. Com 240 GB, os usuários que optarem pelo Plus podem ter um pouco mais de espaço além do exigido pelo sistema, permitindo que mais programas sejam instalados no armazenamento mais rápido. O preço fica perto dos R$ 299.

De acordo com a fabricante, o SSD é resistente a choques e entrega velocidade de leitura de 530 Mb/s e velocidade de gravação de 440 Mb/s. Segundo a SanDisk, estes números representam um ganho de 20 vezes em relação aos HDs convencionais.

SanDisk Plus pode ser usado no notebook e tem 240 GB — Foto: Divulgação/SanDisk

3. Kingston SA400S37/480G – a partir de R$ 349

O Kingston SA400S37/480G é uma opção SATA que oferece volume de armazenamento de 480 GB, o que pode ser o ideal para quem precisa armazenar muitos arquivos pesados. Ao utilizar um armazenamento mais rápido, a tendência é de que a abertura e a execução dos arquivos também seja agilizada. Para comprá-lo, o usuário vai gastar aproximadamente R$ 349.

As velocidades de leitura e de gravação ficam dentro da média de outros equipamentos do mesmo segmento, com 500 Mb/s de leitura e 450 Mb/s de gravação, o que é praticamente o limite de velocidade do barramento.

Kingston SA400S37/480G é opção de SSD para quem precisa de mais espaço — Foto: Divulgação/Kingston

4. Kingston SA2000M8/250G – a partir de R$ 421

O Kingston SA2000M8/250G é voltado para quem busca ainda mais desempenho, já que é um modelo SSD NVMe, o que deve fazer com que o PC ou notebook alcance velocidades de leitura e gravação ainda mais altas. No entanto, os componentes que utilizam conexões M.2 requerem que os computadores tenham suporte, o que é comum em notebooks mais modernos. O modelo da Kingston com 250 GB pode ser comprado por cifras próximas aos R$ 421.

O formato diferente exige que estes SSDs sejam instalados direto na placa-mãe. Porém, ao utilizar o barramento PCIe, os discos do mesmo segmento deste modelo da Kingston podem entregar velocidades de leitura e de escrita na casa dos 2.000 Mb/s.

SSD NVMe SA2000M8 é opção da Kingston para quem busca mais desempenho — Foto: Divulgação/Kingston

5. WD Blue – a partir de R$ 456

O WD Blue, da Western Digital, é mais uma solução para quem precisa de bastante espaço de armazenamento, com 500 GB em um dispositivo de interface SATA. O modelo é uma boa alternativa para quem busca espaço para jogos, por exemplo, já vez que deve gerar um tempo de carregamento menor e impactar na experiência geral dos jogadores. Ele é vendido por R$ 456.

A velocidade de leitura é de 560 Mb/s e a velocidade de gravação pode chegar aos 530 Mb/s, tendo assim um desempenho muito similar a outros modelos do segmento. A velocidade não é necessariamente o maior destaque do modelo, mas ter 500 GB em um armazenamento rápido é uma grande opção em qualquer cenário.

WD Blue utiliza padrão SATA o que faz do modelo compatível com mais dispositivos — Foto: Divulgação/Western Digital

6. WD Green – a partir de R$ 749

Com 1 TB de espaço, o WD Green em versão SATA pode ser ideal para notebooks que não contam com conexões M.2, fazendo com que seja possível trocar o HD por um SSD sem abrir mão de um volume de dados mais elevado.

Quem se interessar pode encontrar o modelo por preços próximos dos R$ 749. Segundo a Western Digital, esta opção oferece velocidade de leitura de 545 Mb/s e velocidade de gravação de até 430 Mb/s, tendo assim um bom desempenho para um disco com volume tão grande.

WD Green é a linha de entrada com unidades SATA em 2,5 polegadas e no formato M2 2280 — Foto: Divulgação/Western Digital

7. Samsung 870 QVO – a partir de R$ 798

O Samsung 870 QVO é mais um SSD que traz capacidade de armazenamento generosa, com 1 TB. A interface SATA faz do 870 QVO compatível com um número maior de dispositivos. A velocidade de leitura é de 560 Mb/s, enquanto a velocidade de gravação pode chegar aos 530 Mb/s.

O componente também é vendido em opções de 2 TB, 4 TB e 8 TB. A versão de 1 TB pode ser comprada por aproximadamente R$ 798.

Samsung 870 QVO é um SSD que oferece capacidade de até 8 TB — Foto: Divulgação/Samsung

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo