Sistemas Operacionais
Publicidade

Por Clara Fabro, para o TechTudo


Windows 11 SE é a edição do sistema operacional focada em notebooks de entrada usados no mercado educacional. A nova versão foi anunciada pela Microsoft na última terça-feira (9), com a promessa de ajudar alunos a manter o foco nos estudos. Mais leve, o Windows 11 SE prioriza aplicativos em nuvem e chega para competir com o Chrome OS, sistema do Google.

O TechTudo reuniu seis perguntas e respostas sobre o Windows 11 SE. A seguir, entenda em detalhes a proposta do novo sistema operacional da Microsoft, conheça os recursos que ele apresenta e confira dispositivos compatíveis com a nova edição do OS.

Windows 11 SE: lista traz cinco perguntas e respostas sobre a edição do sistema com foco no setor educacional — Foto: Divulgação/Windows

Windows 11: você vai atualizar? Participe no Fórum do TechTudo

1. O que é o Windows 11 SE?

O Windows 11 SE é a nova versão do Windows 11 desenvolvida com foco no setor educacional e projetada para computadores de baixo custo. De acordo com a Microsoft, a plataforma foi construída a partir de feedbacks de professores, e a ideia é que o sistema operacional seja mais simples e intuitivo, funcionando em dispositivos de entrada de forma segura.

O novo sistema é focado em nuvem e possui suporte a uma série de aplicativos educacionais baseados na web. Além disso, o Windows 11 SE também é capaz de rodar apps offline. Aplicações pertencentes ao Microsoft 365, tais como Word, Excel, PowerPoint, OneNote e OneDrive, poderão ser acessadas por alunos sem acesso à Internet em casa.

2. Em quais dispositivos o Windows 11 SE irá funcionar?

A nova edição do sistema operacional virá instalada de fábrica em computadores de baixo custo de marcas como Acer, Asus, Dell, HP, Lenovo e Positivo. Além disso, a Microsoft lançou o seu próprio notebook, o Surface Laptop SE, que surge para rivalizar com os Chromebooks.

Surface Laptop SE, da Microsoft, vem para rivalizar com os Chromebooks — Foto: Divulgação/Microsoft

O laptop da Microsoft chega ao mercado custando cerca de de US$ 249 (cerca de R$ 1359, na cotação atual da moeda). O modelo traz tela de 11,6 polegadas e é equipado com processador Intel Celeron, 4GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento eMMC.

3. O Windows 11 SE tem os mesmos recursos do Windows 11?

Não. Como o objetivo da nova edição do sistema operacional é oferecer suporte para que os estudantes mantenham o foco nos estudos, a Microsoft removeu alguns recursos que podem ser considerados "distrativos". Entre eles estão a loja oficial de aplicativos da companhia — a Microsoft Store — e o painel de Widgets, introduzido com o lançamento do Windows 11.

Além disso, a configuração multitarefa Snap Layout, que permite abrir várias janelas ao mesmo tempo no PC também foi limitada no Windows 11 SE. O recurso ainda está disponível, mas os alunos poderão abrir, no máximo, dois apps ao mesmo tempo para dividir a tela.

4. O Windows 11 SE vem com quais apps?

A nova edição do Windows 11 é otimizada para o Microsoft Edge e para os aplicativos do pacote Microsoft 365, que incluem o Word, PowerPoint, Excel, OneNote e o OneDrive — as "experiências educacionais mais usadas", de acordo com a companhia. Ainda assim, a nova versão do sistema operacional também vai oferecer suporte a apps de terceiros, como Chrome e Zoom.

Chrome: navegador estará presente no Windows 11 SE — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Os aplicativos da Microsoft poderão funcionar offline no Windows 11 SE, e o OneDrive também será capaz de armazenar documentos localmente no PC. Assim, quando não houver conexão com a Internet, os alunos conseguirão salvar trabalhos ou acessar os arquivos do computador mesmo sem acesso à rede. Quando retornarem à escola e a conexão for restabelecida, os arquivos salvos serão sincronizados com a nuvem automaticamente.

5. Quem pode instalar novos aplicativos no Windows 11 SE?

Somente os profissionais de TI da escola poderão baixar e instalar novos aplicativos nos computadores com o Windows 11 SE. Além disso, os apps permitidos também estão restritos a algumas categorias, que incluem apenas apps utilizados para a realização de testes e avaliações, apps para filtrar conteúdos e aplicativos com foco em acessibilidade, além de outras aplicações que podem ajudar na organização e comunicação em sala de aula. De acordo com a Microsoft, a medida foi adotada como forma de manter os alunos e os computadores seguros.

6. Quando o Windows 11 SE estará disponível?

O Windows 11 SE será disponibilizado apenas em PCs de baixo custo que são vendidos em grandes quantidades para escolas e outras instituições com fins educacionais. Portanto, não será possível encontrar computadores com o sistema operacional à venda em grandes varejistas. Segundo a Microsoft, a expectativa é que os dispositivos comecem a ser vendidos por meios de canais educativos ainda este ano e ao longo de 2022.

Com informações de Microsoft (1, 2 e 3), The Verge, XDA Developers, WindowsCentral e ZDNet

Veja também: Cinco destaques do Windows 11

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Mais do TechTudo