Campeonatos

Por Davi Bicalho, Para o TechTudo


O 1º split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) de 2022 está prestes a começar. A partir deste sábado (22), os melhores players do Brasil irão lutar pelo título do principal torneio de LOL do país. Sabendo disso, o TechTudo preparou uma lista com oito atletas para ficar de olho nessa primeira etapa. Entre os destaques, estão jogadores como Gabriel "Aegis", atual campeão do CBLOL, e Francisco "fNb" que agora irá defender a camisa da FURIA.

Aegis em ação promocional para o Mundial de LOL 2021 — Foto: Divulgação/Riot Games

Gabriel "Aegis" (RED Canids)

A lista não poderia começar com outro nome. Campeão do 2º split de 2021, Aegis foi a grande estrela do cenário no ano passado, sendo eleito o melhor jogador do torneio e levando também outros troféus como os de revelação e melhor caçador no Prêmio CBLOL 2021. Sem dúvidas, ele está no melhor momento de sua carreira até agora e contará com o apoio de seus companheiros para levar a RED Canids ao bicampeonato.

Aegis começou sua jornada no competitivo em 2018 e até hoje não trocou de time. De lá para cá, o jogador de 22 anos tem se mostrado um player muito dinâmico e talentoso. Seus campeões favoritos são Lee Sin e Kindred, o primeiro, inclusive, virou marca registrada dele nos últimos anos. Seu único campeonato internacional disputado foi o Mundial de 2021. Infelizmente ele e sua equipe não conseguiram fazer uma campanha muito boa, sendo eliminados na Fase de Entrada.

Ygor "RedBert" (FURIA)

Um dos mais experientes da competição, RedBert foi campeão do CBLOL em três ocasiões, no 2º split de 2017, no 1º split de 2019 e no 2º split de 2020. Agora, o suporte foi contratado pela FURIA para somar ao seu projeto ambicioso e levar o título inédito para a organização. Assim, ele fará dupla na rota inferior com o atirador Lucas "Netuno". Entre seus campeões prediletos estão: Thresh, Rakan e Alistar.

RedBert começou sua carreira em 2013, jogando pela extinta Seven Wars e-Sports. Desde então, ele teve passagens por equipes de destaque como a Big Gods, g3nerationX, Team oNe eSports, INTZ e Flamengo. Sua primeira experiência internacional foi no Mundial de 2017 que disputou pela Team oNe, caindo na Fase de Entrada. Logo depois, defendeu as cores da INTZ no MSI de 2019 e no Mundial de 2020, também amargando eliminações na Fase de Entrada nas duas ocasiões.

RedBert defendendo a INTZ; agora o suporte representa a FURIA — Foto: Divulgação/Riot Games Brasil

Daniel "Decoy" (INTZ)

O neozelandês de 24 anos chega aos Intrépidos após cinco temporadas na liga da Oceania, tendo passagens por equipes como Legacy Esports, Gravitas, Dire Wolves e, mais recentemente, Pentanet.GG. Nesta última, ele chegou a disputar o MSI 2021 na Islândia, guiando sua equipe na Fase de Entrada e classificando a Oceania pela primeira vez a um evento principal.

Decoy atua competitivamente desde 2017, absorvendo muita experiência desde então. Agora o suporte chega como uma grande aposta para o cenário brasileiro e parece ser uma das esperanças da INTZ para que a organização volte aos dias de glória após um 2021 desastroso.

Decoy disputou o MSI na Islândia em 2021 pela Pentanet.GG — Foto: Divulgação/Riot Games

Lucas "Netuno" (FURIA)

Destaque pelo Flamengo em 2021, Netuno é mais um entre as jovens promessas do cenário. O player foi campeão do CBLOL Academy no 1º split e, por conta disso, imediatamente subiu para o time principal onde também teve um bom desempenho. Apesar de pouca experiência, ele demonstrou ser um jogador muito talentoso e disciplinado.

Nascido em Frederico Westphalen, cidade de um pouco mais de 30 mil habitantes no interior do Rio Grande do Sul, o atirador de 18 anos sempre foi obcecado por games. Ele teve seu contato com o LOL por volta de 2014 e logo se apaixonou. Após um tempo, Lucas afirmou para sua mãe que gostaria de jogar profissionalmente. Ele obteve o seu apoio, entretanto, sendo alertado sobre as dificuldades que ele enfrentaria para chegar ao topo.

Netuno vestindo a camisa do Flamengo em 2021 — Foto: Divulgação/Flamengo Esports

Thiago "tinowns" (LOUD)

Campeão em algumas edições do CBLOL, tinowns deixa o meio da paiN para se aventurar na LOUD onde irá se reencontrar com Leonardo "Robo", seu antigo companheiro de time. Tinowns é tido por muitos como um dos melhores jogadores da história do país, já tendo representado o Brasil em campeonatos internacionais.

Tin, como é conhecido no cenário, começou no LOL quando a modalidade ainda estava surgindo no Brasil. Seu primeiro time foi a Nex Impetus, porém, pouco tempo depois foi contratado pela KaBuM!, onde ficou por vários anos. Pelos Ninjas, ele foi campeão brasileiro em 2014, sendo os primeiros brasileiros a disputarem um Mundial. Em 2017, o jogador foi para a paiN e, após anos sem ser destaque, em 2021 ele levou a equipe ao título do 1º split e consequentemente ao MSI daquele ano, sendo muito elogiado pela sua atuação até por especialistas estrangeiros.

Tinowns foi uma engrenagem importante para a paiN em 2021 — Foto: Reprodução/Riot Games Brasil

Matheus "Drop" (Netshoes Miners)

Drop conseguiu mostrar seu imenso potencial em 2021. Ele é um dos poucos jogadores remanescentes da Miners para 2022, tendo em vista que a equipe passou por uma enorme reformulação. Muitos podem pensar que a Miners terá problemas de entrosamento, porém como o suporte Gabriel "Hawk" continua na equipe, talvez esse problema seja amenizado (pelo menos na rota inferior).

Nascido na cidade do Rio de Janeiro e tendo Vayne como campeã favorita, Drop é um atirador que já possui certa experiência. Ele iniciou no cenário em 2018 pela T SHOW e possui passagens por Redemption POA, Santos, Vivo Keyd e Cruzeiro. O seu nickname foi uma ideia do seu irmão, que o batizou como "Dropdead". Depois de um tempo, o player mudou para "Dropherdy" e, por fim, encurtou para "Drop".

Drop é uma das apostas da Netshoes Miners para 2022 — Foto: Divulgação/BBL Esports

Francisco "fNb" (FURIA)

O jogador teve um 2021 de destaque, evoluindo notavelmente e levando a Vorax (atual Liberty) à decisão do 1º split. Mesmo não tendo ganhado nenhum título, fNb mostrou ser um player completo e, certamente, é um jogador para ficar de olho, principalmente no quesito mecânica de jogo.

fNb começou na IDM Pirata em meados de 2017, nessa época ele já era tido como uma das promessas do cenário. Entretanto, ele acabou não ficando lá por muito tempo, já que foi contratado pela ProGaming. fNb também passou pelo Santos e pela Prodigy até chegar na Vorax, onde ele realmente se destacou. Sua campeã favorita é a Camille.

fNb defendendo as cores da Prodigy Esports — Foto: Divulgação/Riot Games Brasil

Lee "Parang" (KaBuM!)

Para encerrar a lista, Parang, campeão do 1º split de 2020 pela KaBuM!, deixa o Flamengo depois de uma boa temporada para voltar para sua antiga equipe e tentar repetir o feito de dois anos atrás. O topo sul-coreano será uma peça fundamental neste split e a expectativa é que, com ele, os Ninjas possam vencer mais um CBLOL.

Parang iniciou sua jornada na Stardust da Coreia, em seguida foi para a ROCCAT da Europa onde já começava a mostrar uma gameplay diferenciada. Ele retornou à Coreia para defender camisas poderosas como as da MiraGe, da DAMWON e da ES Sharks. Antes de vir para o Brasil, ele jogou na All Knights do Chile, tendo pouco destaque. Só assim ele chegou na KaBuM! para mostrar a todos os motivos que o fazem ser um atleta tão respeitado.

Parang com a camisa da KaBuM! e-Sports — Foto: Divulgação/Riot Games Brasil

Com informações de LoL Esports e Fandom

Mais do TechTudo