Por Igor Oliveira, para o TechTudo


UFL é um novo jogo de futebol grátis anunciado em 2021 que promete rivalizar com os tradicionais FIFA e eFootball (antigo PES). O título é criação da empresa Strikerz Inc. e desenvolvido na Unreal Engine, o que aumenta as expectativas quanto aos gráficos do jogo. Em desenvolvimento desde 2016, o game será gratuito para jogar, além de trazer uma gameplay focada na criação de clubes e acesso a mais de cinco mil atletas reais.

O jogo ainda não possui data de lançamento divulgada, mas já garantiu estrelas como Cristiano Ronaldo, Kevin de Bruyne e Romelu Lukaku no papel de embaixadores do novo game. O TechTudo reuniu as principais informações sobre o game UFL, que promete surpreender.

Proposta de UFL é ser um game de futebol realista, completamente online e sem pay-to-win — Foto: Divulgação/Strikerz

Live com detalhes

Um pouco do mistério de UFL foi saciado na última semana, quando a Strikerz Inc. realizou uma transmissão de revelação do game. Apesar de mostrar pedaços de jogabilidade durante a live, não é possível ver com muitos detalhes a gameplay de UFL.

Entretanto, os gráficos do jogo estão extremamente mais refinados do que os do rival eFootball, por exemplo. Além disso, em quase 20 minutos de apresentação, a empresa demonstrou foco no conceito “Free to play, fair to play”, que em tradução livre significa "gratuito para jogar, justo para jogar". A aposta é bater de frente com os modos myClub e Ultimate Team, dos games de Konami e EA, respectivamente.

UFL tem data de lançamento?

Até o momento, UFL não possui uma data de lançamento específica divulgada. Entretanto, o jogo é aguardado ainda para 2022. Além disso, a Strikerz Inc. também não divulgou quais serão as plataformas para as quais UFL estará disponível, mas a expectativa é que ele seja lançado para PlayStation 4 (PS4), PlayStation 5 (PS5), Xbox One e Xbox Series X/S.

UFL será gratuito?

UFL será gratuito para jogar e o foco principal da apresentação do game pontuou que ele será justo – em uma alfinetada no rival FIFA, cujo modo FUT é bastante monetizado. A promessa é de que o game da Strikerz Inc. não seja "pay to win", termo utilizado para jogos em que usuários precisam gastar muito dinheiro para ter vantagem nos games.

A missão de UFL é focar em um sistema balanceado entre quem gasta e os que não fazem investimentos na plataforma. Esse é um aspecto que deve tornar o título competitivo em relação ao FIFA. O jogo da EA é criticado pela forma desbalanceada com a qual lida com microtransações em sua plataforma.

Quais times e jogadores estarão em UFL?

Roberto Firmino é um dos craques garantidos em UFL — Foto: Reprodução/Igor Oliveira

No momento, UFL conta com mais de cinco mil atletas reais licenciados. Além disso, a apresentação divulgou West Ham, Sporting CP, AS Monaco, Shakthar Donetsk, Besiktas, Borussia Mönchengladbach, Celtic, Glasgow Rangers e Bayer 04 Leverkusen como equipes participantes no game, todos europeus. Vale ressaltar que a Strikerz Inc. informou que trabalha diariamente para trazer mais clubes para o jogo. Existe a expectativa de que mais parcerias sejam anunciadas no futuro.

Além das equipes, UFL já conta com alguns jogadores famosos licenciados. Os principais são, inclusive, embaixadores do game. Assim, o jogo tem presença garantida de craques como Cristiano Ronaldo, Kevin de Bruyne, Romelu Lukaku, Roberto Firmino e Oleksandr Zinchenko.

Jogabilidade de UFL

Em termos de gameplay dentro das partidas, o que foi mostrado de UFL não se difere tanto do que o público está acostumado a ver em FIFA e eFootball. Entretanto, por ser desenvolvido na Unreal Engine, em alguns momentos é possível perceber uma maior suavidade na movimentação dos jogadores, mas nada tão gritante. Contudo, por utilizar esse motor gráfico, a expectativa é que o game tenha mais campo para evoluir neste sentido.

Quanto a modos de jogo, o título promete trazer uma liga mundial unificada chamada Premier Division. Assim, um ranking mundial é estabelecido e os jogadores vão progredindo aos poucos. Um detalhe onde UFL promete fazer valer o slogan de “fair to play” é na criação de partidas, o chamado matchmaking. Segundo os desenvolvedores, um dos focos é fazer com que o ranking mundial seja bem estabelecido e que os adversários escolhidos nos modos de partida online sejam equilibrados de acordo com cada equipe.

Esquemas de UFL lembram Ultimate Team do FIFA — Foto: Reprodução/Igor Oliveira

A Strikerz Inc. não detalhou os modos que estarão presentes em UFL, informando apenas que terá opções online e offline. Entretanto, eles deram uma amostra de como será a parte de montagem da equipe, sendo possível perceber que, nesse sentido, a plataforma lembra bastante o FUT, do FIFA. Contudo, como um dos diferenciais, o game promete que os jogadores da equipe poderão ser trabalhados de forma mais individual, com pequenos modos de upgrades de jogadores.

UFL terá sequência?

Por fim, a promessa da desenvolvedora é de que os fãs nunca verão uma sequência para UFL. Assim, a expectativa é que o game seja um jogo serviço que estará em contínua atualização, recebendo melhorias constantemente. A promessa da Strikerz Inc. é que o título seja uma plataforma "totalmente acessível, justa e com uma experiência nova no cenário de jogos de futebol".

Com informações de Dexerto

Mais do TechTudo