Consoles
Publicidade

Por Igor Oliveira, para o TechTudo

Future Publishing/Getty Images

A nova geração de consoles já completou mais de um ano de lançamento e, para muitos, ainda há dúvidas quanto a qual modelo comprar entre PlayStation 5 (PS5) e Xbox Series X/S. Entretanto, os novos consoles foram lançados em meio à pandemia da Covid-19, com o mundo sendo afetado também pela crise dos chips semicondutores. Assim, a oferta dos videogames de nova geração ainda não é a ideal e os consoles mais antigos acabam parecendo opções ainda interessantes.

Dessa forma, o usuário pode cogitar comprar um PS4 Pro, Xbox One X e Nintendo Switch ao invés dos aparelhos mais recentes. Pensando nisso, o TechTudo listou os modelos à venda no país e algumas das características de cada um deles.

PS5 é potente, mas com preço comparável à sua força — Foto: Divulgação/Sony

PlayStation 5 (PS5) - a partir de R$ 4 mil

O PlayStation 5 possui uma potência equivalente ao seu tamanho robusto, sendo capaz de rodar jogos em 4K a 120 fps e com suporte ao HDR. Além disso, a Sony acertou no design do novo controle DualSense que possui adaptadores hápticos que aumentam o nível de imersão nos jogos. Lançado em duas versões, o PS5 pode ser comprado com leitor de disco ou sem. No Brasil, o preço padrão de um PS5 com leitor de disco é de R$ 4,5 mil, enquanto a versão digital custa a partir de R$ 4 mil.

Por enquanto o console da Sony conta com alguns exclusivos, tendo alguns destaques como Deathloop, Returnal, Ratchet & Clank: Rift Apart e Horizon: Forbidden West lançados. Entretanto, uma vitória da comunidade foi convencer a Sony a aderir à retrocompatibilidade em seu novo console. Assim, a biblioteca de jogos do PlayStation 4 está disponível para este novo console.

O modelo mais recente da Sony enfrenta os problemas de abastecimento citados no início do texto, mas ainda assim é um pouco mais comum encontrá-lo em estoque. Além disso, é possível ativar um alerta em sites como Amazon, que notificam quando o console está disponível para compra. Vale ressaltar que sites de maior renome costumam seguir o padrão de preço estipulado, mas é possível encontrar o console fora de lojas oficiais com uma variação de preço.

Xbox Series X é a aposta parruda da Microsoft para a próxima geração — Foto: Murilo Molina/TechTudo

O Xbox Series X é a aposta da Microsoft na nova geração e conta com especificações semelhantes às do concorrente PS5. Ele consegue rodar os jogos mais recentes em desempenho de altíssimo nível, além de possuir um leitor de discos. Ainda que seu controle continue sendo bem desenvolvido com pegada ergonômica, houve pouca evolução nesse sentido em relação à geração passada. Inclusive, é possível utilizar controles de Xbox One no Xbox Series X. No Brasil, o preço sugerido pela Microsoft para o console é de R$ 4.349, mas atualmente ele é encontrado por a partir de R$ 5,8 mil.

Para a nova geração, a aposta da Microsoft não é tanto em exclusivos, mas sim no Game Pass. Dessa forma, o Series X recebeu lançamentos famosos como Far Cry 6, Marvel’s Guardians of the Galaxy e Resident Evil Village. Entretanto, o futuro parece ser bem diferente, uma vez que a Microsoft comprou empresas como Bethesda que já garantiram AAAs como Starfield de forma exclusiva para consoles Xbox.

Se é difícil encontrar um PS5 para comprar, o Series X é ainda mais raro. O abastecimento dele é feito de forma mais espaçada do que o do competidor. Mas seu irmão mais humilde e simples é encontrado com facilidade, sendo a escolha de muitos que não querem investir tanto em um videogame.

Xbox Series S é o console de nova geração de maior custo-benefício atualmente — Foto: Divulgação/Microsoft

Até então, este é um dos grandes sucessos da nova geração, pelo menos nas vendas. O Xbox Series S é a versão menos robusta da Microsoft para a nova geração. Sem leitor de disco e com um hardware mais simples, o Series S promete rodar todos os jogos da nova geração de forma otimizada. Apesar de ter capacidade para desempenhar taxas de 120 fps, o console não roda 4K. Entretanto, o grande diferencial do videogame é o preço: o Series S tem valor sugerido de R$ 2,6 mil e, em alguns casos, custa menos que consoles da geração passada. Na Amazon, pode ser encontrado por a partir de R$ 2,5 mil.

Assim como o irmão mais potente, o console mostra que o foco da Microsoft para essa geração é no fortalecimento do Game Pass, e o Series S desempenha muito bem neste sentido, sendo uma boa opção de compra em união à assinatura do serviço. Por fim, ajuda e muito nas vendas, além do preço, o fato de ser encontrado facilmente em estoque também reforça seu sucesso no mercado.

Nintendo Switch padrão está com preço mais acessível após lançamento do OLED (Foto: Divulgação/Nintendo) — Foto: TechTudo

Lançado em 2017, o Nintendo Switch já está no mercado há alguns anos e segue sendo um dos consoles mais vendidos a cada ano que passa. A razão é o seu design, que permite utilizar o modelo tanto como um console portátil, com tela própria, quanto ligado ao deck garantindo ainda uma resolução melhor se conectado a uma TV.

Com o vasto catálogo de exclusivos da Nintendo, o Switch possui armazenamento de 32 GB e é um console considerado mais família, mas ainda assim possui games muito exaltados como The Legend of Zelda: Breath of the Wild, além dos recentes Pokémon: Legends Arceus e Metroid Dread. Sempre em estoque, o Nintendo Switch pode ser encontrado na Amazon por a partir de R$ 2,5 mil.

Novo Nintendo Switch é um pouco maior que o padrão e mais caro — Foto: Divulgação/Nintendo

Além do modelo padrão, atualmente é possível encontrar o Nintendo Switch OLED. Com níveis de desempenho similares aos do Switch padrão, esta edição é um pouco maior e conta com a tecnologia OLED na tela. Com qualidade de imagem melhor, essa versão conta ainda com outras adições, como recursos extras no dock, que agora tem, por exemplo, porta para cabo de rede. Além disso, ele possui um armazenamento maior que o padrão, com 64 GB. Esta versão pode ser encontrada por a partir de R$ 3,2 mil na Amazon.

Outra versão do Switch disponível no país é o Nintendo Switch Lite. Ele possui o mesmo desempenho quando portátil que os seus irmãos mais potentes. A diferença é que ele funciona apenas neste formato, não sendo possível utilizá-lo em um dock. Logo, os joycons desta edição não são destacáveis. Entretanto, por ser uma versão mais limitada, ela também é uma opção mais barata no mercado, ainda que possua o mesmo catálogo que os seus irmãos mais tradicionais. O Switch Lite custa cerca de R$ 1,5 mil na Amazon.

Nintendo Switch Lite só pode ser utilizado de forma portátil — Foto: Reprodução/CNET

PlayStation 4 (PS4) - a partir de R$ 4,8 mil

Atualmente, a versão mais fácil de se encontrar do PlayStation 4 é o PS4 Pro. Ele traz mais poder gráfico e de processamento, além do padrão leitor de disco. O grande diferencial da edição Pro em relação ao seu antecessor é a velocidade de processamento. No PS4 Slim, ela acontecia em 1,6 GHz enquanto no Pro é de 3,1 GHz. Além disso, ele roda jogos em HDR, além de conseguir simular uma renderização 4K.

No Brasil ele ainda é encontrado com facilidade nas lojas, mas normalmente em bundle (ou seja, vendido junto a alguns games). Dessa forma, quando comprado novo, pode sair bem mais caro do que modelos de segunda mão. Na Amazon, por exemplo, o console é encontrado em kits com títulos como Ghost of Tsushima e God of War por a partir de R$ 4,8 mil. No entanto, vale lembrar que modelos adquiridos em lojas oficiais mantêm garantia de um ano, o que pode ser um ponto a considerar na hora da compra.

PS4 Pro (direita) foi a última versão do console da geração antiga da Sony — Foto: Divulgação/Sony

O Xbox One possui duas versões que ainda são encontradas no mercado: One S e One X. No caso da versão S, em termos de potência ela se equipara bastante ao competidor PS4 Pro, mas ainda assim fica um pouco para trás em desempenho, uma vez que HDR e 4K estão disponíveis apenas na reprodução de vídeos e não durante as jogatinas. Além disso, essa versão possui um processador mais simples do que o competidor.

Já o One X é uma versão parruda do videogame da geração anterior da Microsoft. Esse sim conta com desempenho nativo em HDR e 4K, caso a TV tenha suporte. Além disso, ele conta com um processador de 2,3 GHz, ao contrário do seu irmão mais fraco, que possui um de 1,6 GHz.

Xbox One X é potente e chega a ser comparado por alguns com o Series S — Foto: Divulgação/Microsoft

Diferente da Sony, que prolongou a vida útil do PS4, a Microsoft informou que os consoles Xbox One foram descontinuados após o lançamento da linha Series. Assim, encontrar o One S e One X é um pouco mais difícil e normalmente acontece por meio de revenda. Na Amazon, ainda é possível adquirir a versão simples do Xbox One via importação por valores a partir de R$ 4,9 mil, um valor "salgado" quando comparado à edição de entrada da nova geração, o Series S.

Com informações de Xbox, TechSpot, Reuters

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de fevereiro de 2022.

Mais do TechTudo