Publicidade

Por Felipe Hamati, para o TechTudo


Como qualquer eletrônico, os videogames possuem vida útil que varia conforme os cuidados de conservação tomados pelo jogador. Consoles como PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series S/X e Nintendo Switch podem durar mais tempo tomando certas precauções, como não desligar o aparelho durante atualizações. Além disso, também vale a pena não colocar o produto em espaços fechados e sem ventilação. Por isso, o TechTudo reuniu seis dicas para ajudar você a preservar a vida útil dos consoles. As recomendações valem para todos os modelos de videogames, tanto antigos quanto os mais novos.

Dicas podem fazer os consoles durarem muito mais tempo funcionando corretamente — Foto: Rubens Achilles/TechTudo

Não coloque objetos em cima

Colocar objetos em cima do console pode danificá-lo — Foto: Murilo Molina/TechTudo

Parece óbvio, mas seguir a recomendação de não colocar objetos em cima do videogame pode salvar o eletrônico de acidentes fatais, como derrubar bebida, encharcando-o. Outros aparelhos, como decodificadores de televisão e notebooks também não devem ser empilhados no console, já que podem danificá-lo, sobretudo a médio e longo prazo.

Assim, é importante evitar utilizar os consoles como apoio, por mais que pareça o melhor caminho para organizar a prateleira de eletrônicos ou o jeito mais prático de deixar um acessório próximo. Se a intenção é cuidar e preservar o videogame, é melhor prevenir.

Evite mantê-lo em espaços fechados

Os consoles precisam de espaço suficiente para "respirarem" e não aquecerem demais — Foto: Reprodução/Victor Teixeira

Um local ventilado para armazenar os consoles é fundamental para que durem mais tempo. Assim, não devem ser colocados em prateleiras fechadas ou muito próximos à parede para que a circulação de ar não seja prejudicada. Isso evita o superaquecimento do sistema.

Outro ponto de atenção é notar onde ficam as saídas de ventilação para evitar que sejam bloqueadas de outras formas. Assim, é possível avaliar se é melhor deixar o console na vertical ou na horizontal, além de checar se a refrigeração do aparelho está entrando em contato com a de outro eletrônico. Apesar da necessidade de ventilação, os videogames não devem ser colocados em espaços expostos ao sol e à chuva. Quanto menor a umidade, melhor será a preservação.

Não desligue durante atualizações

Desligar o console durante atualização de sistema pode danificar o videogame — Foto: Reprodução/Victor Teixeira

Como os próprios consoles costumam indicar, os usuários não devem desligar o sistema durante atualizações para evitar problemas com o disco rígido, como dados corrompidos. Portanto, o processo de atualizar o sistema deve ser feito cautelosamente. Interromper a atualização não resultará, necessariamente, em um problema instantâneo, mas vale o cuidado para não ter que lidar com adversidades no futuro.

Nunca conecte direto na tomada

Consoles antigos podem sobreviver ao longo do tempo caso sejam bem cuidados e armazenados — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Ao conectar um eletrodoméstico diretamente na tomada, o risco de queimá-lo é maior. Isso porque as quedas de energia submetem o aparelho a picos de eletricidade que podem danificá-los. Assim, alguns produtos são recomendados para a prevenção de eletrônicos queimados, como nobreaks e filtros de linha.

Os nobreaks são equipamentos que protegem dispositivos eletrônicos de oscilações, regulando a voltagem e a pureza da energia. Em caso de queda de luz, o nobreak alimentará os consoles através de sua própria bateria até que o usuário possa desligar o aparelho. São mais caros, porém mais seguros. Uma opção mais econômica e eficiente para proteger o videogame são os filtros de linha. Não devem ser confundidos com as réguas simples, que não oferecem muita proteção.

Não transporte com CD no leitor

Os discos devem ser retirados antes de transportar os consoles — Foto: Divulgação/Sony

Para conservar melhor tanto os jogos físicos quanto o leitor do console, uma recomendação de fabricantes é retirar o CD antes de transportar o videogame. Isso ocorre, pois, ao movimentar o PlayStation ou Xbox, move-se também o disco Blu-Ray no dispositivo. Desta forma, o jogo pode acabar riscando. Essa dica vale para todos os consoles que suportam mídia física em formato de CD, como é o caso de versões de consoles de última geração como o PS5 e Xbox Series X.

Não desbloqueie para baixar jogos de graça

Desbloquear consoles, principalmente os mais recentes, é desvantajoso e arriscado — Foto: Reprodução/Murilo Molina

Ainda que o desbloqueio de consoles seja tentador aos brasileiros, possibilitando o download de jogos e aplicações pirateados de graça, este recurso acaba não sendo vantajoso para o dono. Isso submete o videogame a um procedimento não confiável, já que as empresas produtoras não o realizam oficialmente. Além disso, o aparelho perde sua garantia.

É possível que, após desbloquear, o console fique sem conexão com a Internet, incapaz de realizar novas atualizações, de acessar lojas oficiais e até com problemas para deletar games, o que compromete a capacidade de armazenamento. Assim, o videogame será muito mais limitado em relação a um oficial não modificado. Um problema pode levar a outro e, por não haver mais garantia, o investimento feito no aparelho pode ser perdido.

Com informações de Life Hacker, Cnet, Batterss Hack e LevelSkip

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

VALORANT: confira as quatro skins de arma mais caras do game

Mais do TechTudo