Computadores

Por Rafael Leite, para o TechTudo

Divulgação/Dell

Decidir entre um PC de desktop ou um notebook é uma questão frequente na hora de investir em um computador novo. Embora alguns modelos possuam configurações semelhantes, há outros pontos que devem ser levados em conta antes da escolha — cada um dos dispositivos tem características específicas, que podem ou não ser compatíveis com o perfil do usuário.

Para facilitar na escolha, o TechTudo separou quatro vantagens e três desvantagens dos PCs em relação aos laptops. Confira e descubra se esta opção é a melhor para o seu tipo de uso.

PCs não possuem monitor, teclado, mouse, webcam e caixa de som integrados — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de abril de 2022.

VANTAGENS

1. Possibilidade de upgrades

Os PCs possuem diversas possibilidades de upgrades — Foto: Reprodução/Rafael Leite

A principal vantagem dos PCs é a possibilidade de upgrades. Enquanto os laptops normalmente se limitam a upgrades simples de memória RAM e armazenamento, os PCs permitem diversos tipos de melhorias, que vão da RAM até o próprio processador. Assim, os usuários podem atualizar a máquina de acordo com suas necessidades, novidades do mercado e possibilidades aquisitivas.

É possível, por exemplo, comprar um computador sem placa de vídeo e adicioná-la depois, quando houver orçamento para isso. Outro exemplo é um usuário que percebe que a máquina começou a apresentar alguns engasgos durante o uso: é possível adicionar mais memória RAM. Além disso, muitos computadores permitem vários discos de armazenamento interno conectados, enquanto laptops geralmente se restringem ao máximo de dois.

2. Preço

Comprar as peças separadamente e montar você mesmo pode ajudar a economizar — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Os laptops possuem outros acessórios integrados, como tela, teclado, trackpad e webcam. Assim, ao comprar o aparelho, você também está pagando por essas partes. Quando levamos em consideração apenas a torre do PC, ela tende a ser mais barata do que um laptop.

Também há a possibilidade de comprar as peças separadas e montar a máquina em casa: dessa forma, a economia pode ser ainda maior. Além de eliminar os custos da montagem das peças, isso amplia a possibilidade de modelos e fabricantes que o usuário pode adquirir. Assim, é possível gastar com componentes de maior qualidade, que podem durar por mais tempo — uma economia a longo prazo. A facilidade em upgrades também permite economizar, já que muitas vezes é possível apenas melhorar o que a pessoa já tem em vez de comprar uma máquina nova.

3. Poder de processamento

PCs possuem espaço para dissipadores e coolers maiores — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Os laptops possuem algumas limitações que tendem a diminuir seu desempenho. Como são pequenos e compactos, é necessário pensar bem na dissipação do calor e no tamanho do chip em si. Além disso, devido ao uso de bateria, os fabricantes também precisam pensar na economia de energia para que ela dure mais tempo.

Por não possuir essas limitações, geralmente os PCs apresentam um desempenho maior. Eles conseguem incluir chips em tamanhos maiores, coolers e dissipadores grandes (que podem gerenciar temperaturas mais altas) e não há preocupação em relação à bateria, já que eles não possuem uma. Além disso, há uma diversidade maior de placas gráficas disponíveis. A possibilidade de upgrade também ajuda no desempenho, já que é viável adaptar a máquina à intensidade de uso, sem a necessidade de trocá-la inteira.

4. Manutenção

Manutenção de computadores é mais simples em relação a laptops — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Geralmente, os laptops são transportados diariamente, e essa movimentação pode contribuir para seu desgaste mais rápido. Além disso, eles ficam sujeitos a quedas. Como os PCs normalmente ficam parados, isso colabora com sua conservação.

Em caso de defeito, os PCs também levam vantagem na hora do conserto, por ser mais fácil encontrar e substituir suas peças. Os laptops possuem peças mais específicas e difíceis de substituir. A mão de obra também precisa ser mais especializada, devido à miniaturização dos componentes. Assim, o custo do conserto de um laptop tende a ser maior em relação ao PC. Em alguns casos, pode valer mais a pena trocar o dispositivo que fazer o reparo.

DESVANTAGENS

1. Falta de portabilidade

Torres dos PCs geralmente são grandes e pesadas, o que deixa seu transporte mais complicado em relação a laptops — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Transportar PCs dá trabalho. A própria torre costuma ser um item grande e pesado, que não cabe numa mochila. Mesmo assim, o usuário ainda teria de transportar o mouse, o teclado e o monitor para que ele possa ser utilizável — fica totalmente inviável.

Já os laptops possuem todos os acessórios integrados e são feitos para serem portáteis. É possível, por exemplo, usá-lo deitado na cama, sentado no sofá ou até mesmo transportá-lo numa mochila. Já o PC precisa ter um espaço reservado para ele — e apenas lá ele será utilizado.

2. Depende de tomada

Além da tomada, os PCs possuem outros cabos conectados para funcionarem — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Os PCs não possuem bateria, então, para usá-los, não dá para fugir das tomadas. Por não serem dispositivos portáteis, esse problema pode não ser tão sério. Porém, em casos de apagões, por exemplo, você pode perder os trabalhos que estava realizando naquele momento.

3. Precisa de monitor, teclado e mouse

Monitor, teclado e mouse não são integrados nos PCs — Foto: Reprodução/Rafael Leite

Com apenas a torre do PC, você não consegue fazer absolutamente nada. Por isso, é necessário ter, no mínimo, um monitor, um teclado e um mouse, o que gera um gasto extra. De toda forma, há uma grande variedade de acessórios disponíveis no mercado, que podem agradar tanto quem possui um orçamento apertado quanto quem deseja peças de maior qualidade, apesar do preço mais salgado.

No caso dos laptops, o monitor, o teclado e o trackpad são integrados. Isso significa uma economia por não precisar de adquiri-los separadamente, mas limita as opções disponíveis. Para se manterem compactos, geralmente os monitores dos laptops são menores, por exemplo. No caso dos PCs, é possível escolher o tamanho da tela independente da escolha da configuração da torre.

Com informações de Business Insider, Make Use Of, PC World e TechRadar

Mais do TechTudo