Mapas e localização

Por Raisa Monteiro Capela, Para o TechTudo


O Google Maps tem uma série de funcionalidades pouco exploradas pelos usuários. Além de apresentar os melhores trajetos, o app disponível para celulares Android e iPhone (iOS) possibilita descobrir informações em tempo real sobre o trânsito, transportes públicos e estabelecimentos comerciais. Além disso, ele permite criar listas de lugares favoritos, avaliar destinos e usar o recurso “Combina com você” para descobrir novos locais. Veja, a seguir, seis funções do Google Maps para melhorar o uso do aplicativo.

Conheça funções pouco conhecidas por usuários do Google Maps — Foto: Henry Perks/Unsplash

Como favoritar um local no Google Maps? Descubra no Fórum do TechTudo.

1. Contribuir

Com a função “Contribuir”, os usuários do Google Maps podem fazer avaliações dos locais visitados, além de adicionar novos lugares e até mesmo fazer o upload de fotos. As informações inseridas ajudam a alimentar a comunidade virtual do aplicativo, de forma que outros viajantes podem ter acesso às contribuições feitas. Também é possível enviar correções de vias e lugares, e saber as métricas de visualizações das publicações que fizer.

Para fazer isso, toque ícone de + chamado "Contribuir", localizado no canto inferior direito da tela inicial do aplicativo. Lá, será possível encontrar opções como "Editar mapa", "Adicionar lugar", "Avaliar" e "Adicionar foto". Então, escolha a opção desejada para fazer a sua contribuição.

Passo a passo para usar a função "Contribuir" do Google Maps — Foto: Reprodução/Raisa Capela

2. Linha do Tempo

Através do histórico de localização, o Google Maps mostra a linha do tempo dos usuários, com lugares e trajetos visitados. É possível acessar as informações por dia, viagens, estatísticas, lugares, cidades, países e os meios de transporte utilizados. Para aumentar a precisão da linha do tempo, é necessário confirmar manualmente que esteve em determinado local. A linha do tempo só pode ser visualizada pelo próprio usuário e está disponível a partir da versão 9.12 do app Google Maps.

Para acessar a linha do tempo, aperte na foto de perfil, no canto superior direito, e pressione “Sua linha do tempo”.

Como acessar a linha do tempo no Google Maps — Foto: Reprodução/Raisa Capela

3. Baixar mapas off-line

Quando o usuário precisar fazer um trajeto no qual o sinal da internet é limitado, o procedimento para não ficar sem o serviço é simples. O Google Maps disponibiliza o download do mapa para que seja visualizado no modo off-line, tanto em smartphones quanto em tablets.

Os mapas ficam salvos no armazenamento interno do celular e funcionam normalmente. Para fazer o download, basta inserir o destino na caixa de busca. Então, selecione os três pontos localizados no canto superior direito e toque em “Fazer download de mapa off-line”.

Usuários sem dados móveis podem baixar mapas para navegar off-line — Foto: Reprodução/Raisa Capela

4. Modo Noturno

Outro recurso interessante é o "Modo Escuro", que deixa a interface do Google Maps escura. Além de reduzir o consumo de bateria, o modo facilita a leitura da tela e melhora a experiência do usuário que passa longos períodos usando o smartphone. Para ativá-lo, vá em Configurações > Tema > Sempre com o Tema escuro > Salvar.

Modo noturno traz mais conforto para a visão dos usuários que passam muito tempo utilizando celular — Foto: Reprodução/Raisa Capela

5. Alertas de velocidade

O Google Maps possibilita aos usuários verificar a velocidade e receber alertas de quilometragem máxima das vias. O recurso, adicionado em 2019, colabora para que motoristas fiquem atentos aos limites de velocidade e evitem acidentes e multas.

Para ativar o velocímetro, acesse "Configurações" e, depois vá até "Configurações de navegação". Lá, verifique as opções de direção e ative a chave exibida. No app ainda é possível acionar a previsão de chegada, acionar o recurso “Evitar pedágios”, “Evitar rodovias” e “Evitar balsas” como opções para o trajeto.

Google Maps permite que motoristas recebam alertas de velocidade — Foto: Reprodução/Raisa

6. Ocupação dos locais

Muita gente não sabe, mas o Google Maps destaca áreas muito movimentadas no mapa. É possível consultar em tempo real se restaurantes, bares e outros estabelecimentos comerciais estão cheios. O cálculo da área é realizado pelo Google através dos dados de usuários que ativam o histórico de navegação. Contudo, vale ressaltar que nem todos os locais cadastrados no app tem essa função.

Para checar se um local está mais movimentado que o habitual, insira o nome do estabelecimento no Google Maps. Role a tela até o final e veja “Horários de pico”. Neste tópico, ele sinaliza a condição atual lugar.

Google Maps sinaliza horários de pico de estabelecimentos comerciais — Foto: Reprodução/Raisa Capela

7. Ajuda para estacionar o carro

É possível usar o Google Maps para saber mais sobre a disponibilidade de vagas em determinados lugares de acordo com o horário estimado de chegada. Para isso, é necessário buscar o destino e, então, selecione a opção de rotas. Depois, toque na opção de direção, representada pelo símbolo do carro. Após fazer isso, role a tela para cima para poder ver mais informações sobre o trajeto — lá será exibida a ferramenta de estacionamento.

Veja se é possível estacionar o seu veículo através de recurso do Google Maps — Foto: TechTudo

Com informações de BGR, Support Google.

Veja também: Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Mais do TechTudo