TVs
Publicidade

Por Vitória Bernardes, para o TechTudo


As TVs são aparelhos que precisam de cuidados especiais para continuarem intactas e no seu pleno funcionamento. Para isso, é importante rever alguns hábitos prejudiciais que, a princípio parecem comuns, mas podem estar estragando a sua televisão. Alguns deles são limpar a tela com produtos químicos ou deixá-la próximo a um local onde bate muito sol. Essas e outras práticas rotineiras podem causar defeitos no eletrônico e até mesmo diminuir a sua vida útil, sendo necessário gastar dinheiro para consertá-lo ou até comprar um novo.

Por isso é importante saber quais são os cuidados fundamentais para evitar esse tipo de problema. Nas linhas abaixo, o TechTudo lista oito hábitos que podem estragar a sua TV e você não sabe.

Conheça cuidados importantes para manter a vida útil de sua TV — Foto: Divulgação/LG

1. Deixar a TV pegando sol

Tome cuidado para que os raios solares não fiquem em contato direto com a TV — Foto: Divulgação/LG

Embora muitas pessoas gostem de deixar a TV próxima à janela, é importante verificar se o ponto onde o aparelho está posicionado pega sol ou não. Isso porque quando o eletrônico é submetido a temperaturas mais altas, pode sofrer superaquecimento e queimar alguma peça.

A televisão precisa ficar em ambientes com ventilação e sem exposição aos raios solares. Dessa forma, além de não ter interferência na qualidade de imagem enquanto você assiste filmes e séries, as chances de desenvolver algum defeito pelo excesso de calor são menores.

Vale ressaltar que o aparelho também não pode ficar em locais muitos gelados — procure sempre o equilíbrio.

2. Forçar cabos ou deixá-los embolados

Canaleta é uma solução barata e fácil de instalar para esconder fios de TV — Foto: Reprodução/InkaWall

TVs livres de cabos são uma novidade no mercado, embora muitos usuários ainda tenham ou prefiram modelos com fios. Para aqueles que usam as versões convencionais, é importante tomar cuidado na hora de manusear os cabos. Forçá-los demais pode quebrar alguma ligação interna, assim como dobrá-los ou deixá-los embolados.

Não se deve embolar os fios atrás da TV. Eles precisam ficar firmes e sem nenhuma dobra. O mesmo vale para quando o fio fica muito esticado, com chances de arrebentar alguma ligação interna.

3. Pressionar a tela

Evite tocar ou pressionar a tela para não danificá-la — Foto: Divulgação/Samsung

A construção da tela de uma TV passa por diferentes processos. O painel e o display são responsáveis pela exibição das imagens com alta qualidade para o usuário. Embora as empresas invistam em tecnologias para garantir alta resolução, as telas ainda são muito sensíveis e podem estragar facilmente.

Para evitar danificar o painel é fundamental não pressioná-lo, seja na hora de limpar alguma sujeira ou até mesmo durante o transporte após a compra. Qualquer fissura no display pode queimar a tela. O conserto geralmente tem valores altos ou nem mesmo é indicado, já que sai mais caro que comprar um aparelho novo.

4. Limpá-la com produtos químicos

Para limpar, faça sempre movimentos leves e delicados — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

As televisões não foram feitas para suportar todo tipo de produto. Na hora de limpar a tela, é importante usar um pano de microfibra seco ou úmido, mas que não deixe o display encharcado ou com manchas. Além disso, para painéis que estão mais sujos, vale investir em limpa-telas, que são vendidos em lojas de material de construção ou pela internet.

Caso esses cuidados não sejam levados à risca, podem começar a surgir manchas espalhadas pela tela. Em alguns casos, o próprio display para de funcionar e é necessário fazer a troca de todo o painel — o que geralmente custa caro.

5. Posicionar outros aparelhos junto a ela

Mantenha outros equipamentos separados por nichos, sem que fiquem próximos uns dos outros — Foto: Divulgação/Samsung

É comum que as pessoas coloquem a TV junto a outros aparelhos em cima do rack. Não há nenhum problema nessa organização caso estejam em diferentes nichos. No entanto, pode ocorrer superaquecimento se a TV estiver acompanhada de roteador, aparelho de som e até videogames muito próximos.

A primeira medida para evitar esse problema é na hora de separar as tomadas. Evite que todos os eletrônicos fiquem conectados em apenas um multiplicador de tomadas, já que pode acontecer algum curto-circuito e até mesmo causar acidentes. Depois, deixe os eletrônicos separados para não aquecê-los demais e danificar a TV pelo calor excessivo.

6. Não protegê-la contra variações de energia

Filtro de linha é essencial para evitar problemas causados por quedas de luz — Foto: Divulgação/SMS

Por falar em energia, é importante tomar cuidado com as variações que acontecem na eletricidade da sua casa. Lugares que têm muita queda de luz precisam de um filtro de linha que suporte qualquer descarga de energia e evite que o eletrônico sofra algum dano.

Se você mora em locais com grande incidência de queda de luz, com chuvas constantes ou que estão em obra, é imprescindível investir nesse acessório. Além de servir como uma pequena extensão, ele evita que sua TV queime durante uma descarga de energia.

7. Utilizar as configurações máximas de brilho

Verifique se a configuração de brilho da sua TV está de acordo com as recomendações de fábrica — Foto: Divulgação/Samsung

As empresas de TV disponibilizam configurações como ajuste de brilho para que o usuário adapte a tela da forma que mais gosta. No entanto, uma recomendação dos especialistas é evitar usar o brilho máximo, já que pode diminuir a vida útil da sua televisão e causar danos oculares pela exposição excessiva de luz.

Verifique quais são as indicações no manual da TV antes de mudar as configurações. Veja também a posição em que o aparelho irá ficar, já que quanto mais próximo do usuário estiver, maiores são as chances de causar algum problema de vista graças ao brilho.

8. Deixar a TV ligada durante o dia inteiro

Jogar direto na TV é um tipo de lazer, mas pode ocasionar problemas como superaquecimento — Foto: Divulgação/LG

Assim como qualquer outro aparelho, a TV também precisa descansar. Quando submetida a horas contínuas de uso, o eletrônico pode superaquecer e ter alguma peça danificada. Por isso, evite que a televisão fique ligada o dia inteiro todos os dias. Uma vez ou outra não são capazes de estragá-la, mas feito constantemente aumenta o risco de gerar algum defeito.

Vale ressaltar que isso significa que os usuários não podem usar a TV com frequência. O aparelho foi desenvolvido para ter uma boa vida útil, mas é importante tomar cuidado com a quantidade de horas que ela fica ligada durante a semana.

Com informações de Family Handyman e Urban Company.

No vídeo abaixo, veja o que você precisa saber para comprar uma smart TV nova

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Mais do TechTudo