Casas Inteligentes
Publicidade

Por Vitor Garcia, para o TechTudo

Reprodução/Amazon

A Alexa vem ganhando cada vez mais espaço na rotina dos brasileiros. Com diversos modelos de smart speakers no mercado e valores mais acessíveis, a assistente virtual da Amazon hoje é compatível com vários serviços e equipamentos já disponíveis no Brasil, como TVs, lâmpadas e outros aparelhos smart. Assim como todo eletrônico, existem alguns cuidados que devem ser seguidos para manter o bom funcionamento e otimizar o desempenho da Amazon Echo, tais como evitar ambientes com líquidos ou lugares perto de outras fontes de som.

A partir de R$ 217 é possível adquirir o modelo Amazon Echo Dot, a "caixinha" da assistente virtual. Para mantê-la em bom estado, o TechTudo separou seis coisas que você não deve fazer com sua Alexa.

Instalar sua Alexa em locais fora do alcance de estranhos pode garantir uma melhor privacidade — Foto: Reprodução/Unsplash

1. Deixar perto da janela

Manter sua Alexa perto de janelas ou lugares em que estranhos podem acessá-la deve ser evitado. Uma pessoa desconhecida pode ativar sua assistente virtual e controlar a sua casa inteligente, seja por trote ou com alguma malícia.

O ideal, portanto, é posicioná-la em um local em que apenas pessoas de confiança têm acesso. Dessa forma, desconhecidos não terão a oportunidade de controlá-la e nem de acessar os seus dados pessoais.

2. Deixar longe do Wi-Fi

Se sua Alexa não conseguir se conectar ao Wi-Fi da sua casa, ela não conseguirá te auxiliar nas tarefas que você desejar. Verifique se o local escolhido para instalar seu equipamento está coberto com o sinal da rede sem fio e que ela não fique desconectando; caso isso aconteça com frequência, veja se ela está conectada na rede 2.4 GHz da sua casa (que geralmente tem uma abrangência maior de sinal).

Se o problema não se resolver, verifique se existem muitos equipamentos desnecessários conectados à rede ou ainda pense se já não é a hora de trocar para um roteador mais potente.

Evite deixar a Alexa distante do roteador — Foto: Pond5

3. Permitir contato com líquidos

Tome cuidado com locais molhados, seja com água ou qualquer outro líquido — Foto: Divulgação/Amazon

Pode ser interessante deixar sua Alexa em um local como banheiro — para que ela seja, por exemplo, uma assistente de banho para crianças ou idosos — ou na cozinha — para que ajude no preparo de alimentos, ditando receitas ou controlando eletrodomésticos smart.

No entanto, a Amazon Echo não é à prova d'água. Assim, é muito importante que a assistente virtual fique longe de qualquer tipo de líquido, seja água ou até os molhos da cozinha, visando a não danificar sua assistente virtual.

4. Deixar perto da TV

Os comerciais podem ativar sua Alexa acidentalmente, então é melhor mantê-la afastada — Foto: Reprodução/Unsplash

Isso pode dificultar o entendimento da sua voz devido aos sons produzidos pela TV. Pode acontecer, inclusive, de o aparelho acionar a assistente acidentalmente por meio de comerciais que pronunciem "Alexa" ou palavras similares.

As caixinhas Echo Dot possuem tecnologia para escutar "Alexa" mesmo no meio de ruídos. Contudo, é bom evitar ambientes com som muito alto para que seu funcionamento não seja atrapalhado.

5. Colocar dois dispositivos muito próximos

Duas Alexas juntas podem "competir" para resolver sua solicitação — Foto: Divulgação/Amazon

Este não é tecnicamente um problema, mas ter dois dispositivos muito próximos pode fazer com que eles se confundam para executar as funções. Você pode por exemplo pedir que sua Alexa mude o canal da TV e uma Echo Dot sem acesso a essa televisão poderá tentar atender ao seu pedido, sem sucesso.

Por isso, é interessante manter uma distância considerável entre os dois dispositivos.

6. Guardá-la em banheiros

Por fim, já falamos aqui para evitar locais com líquidos, mas deixar sua Alexa em um banheiro tem outro problema: por mais limpo que você mantenha o local, o banheiro tem sempre muitos germes. Se por qualquer motivo você precisar instalar sua Alexa em um banheiro, tente mantê-la longe de vasos sanitários, banheiras, chuveiros e locais de roupa suja.

Com informações de CNET

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de abril de 2022.

Mais do TechTudo