Publicidade

Por Igor Oliveira, para o TechTudo


Subway Surfers, popular jogo mobile ao estilo Temple Run que marcou época quando os celulares começavam a se popularizar, completa dez anos nesta terça-feira (24). Disponível para smartphones Android e iPhone (iOS), o game segue o gênero de corrida infinita, onde o jogador deve fugir de um policial pelos trilhos de uma estação de metrô pelo maior tempo que puder. Com diversos obstáculos, a velocidade do mapa aumenta de acordo com a progressão do usuário, que pode coletar vários poderes para manter a distância de seu perseguidor.

Nesses dez anos de existência, Subway Surfers colecionou diversas curiosidades e até mesmo histórias inusitadas. Pensando nisso, o TechTudo separou uma lista com 7 fatos curiosos sobre o game ao longo desse tempo. Confira:

Subway Surfers completa 10 anos; veja curiosidades sobre o game — Foto: Divulgação/SYBO Games

👉 Como impedir celular de bloquear em tela cheia nos jogos? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

1. Subway Surfers já foi o jogo mobile mais baixado da década

Antes dos jogos Battle Royale ganharem popularidade e dominarem os rankings de downloads em lojas de aplicativos como Apple Store e Google Play Store, Subway Surfers dominava o cenário dos games mobile. Em um levantamento de 2019 feito pelo site App Annie, o jogo foi apontado como o mais baixado da década de 2010. A pesquisa não mostrou exatamente qual foi o número de downloads do game, contudo, para aqueles que viveram o início da era dos smartphones, o resultado definitivamente não impressiona.

2. O game tem mais de três bilhões de downloads no mundo todo

O levantamento feito pelo site App Annie pode não ter indicado os números exatos de download do game, mas o CEO da Kiloo, desenvolvedora de Subway Surfers, já falou sobre o assunto. Em 2018, um relatório divulgado pela empresa mostrou que, até aquele ano, o game já tinha batido o número de um bilhão de downloads. Atualmente, este dado já evoluiu para três bilhões, e Subway Surfers segue como uma tendência no ramo de jogos mobile, mesmo após tanto tempo.

3. O recorde mundial

Em Subway Surfers, a dificuldade aumenta conforme o jogador se mantém firme nos trilhos — Foto: Reprodução/SYBO TV

Com uma gameplay infinita, Subway Surfers contabiliza pontos que crescem de acordo com o tempo que o jogador sobrevive. Dessa forma, um dos fatores de sucesso do game é o desafio de alcançar novas marcas de pontuação. Até o momento de publicação desta matéria, o jogador que lidera o ranking mundial com mais pontos é o paquistanês Karim Mayur. Ele conta com 2.000.001.660 pontos, enquanto o segundo colocado aparece com 1.706.059.214.

4. O jogo tem fases de cidades de quase todos os continentes

Subway Surfers tem temporadas que se passam em diferentes cidades de quase todos os continentes do planeta (até o momento, o game só não explorou a Antártica nesse sentido). Normalmente, os desafios em cada uma dessas temporadas é coletar itens temáticos da cultura do local em específico. Aliás, os mapas também são projetados como forma de fazer uma representação cultural da cidade escolhida para ambientar as novas fases, além de trazer reimaginações dos locais selecionados.

Atualmente, por exemplo, Subway Surfers está com uma temporada baseada em Copenhague, na Dinamarca, mas com uma estilização futurista da cidade. No passado, o game chegou a se passar no Rio de Janeiro, trazendo roupas carnavalescas, poderes especiais como o de Tucano e um visual que mostrava alguns detalhes da cidade, como o Cristo Redentor, por exemplo.

Subway Surfers já passeou por todo o mundo, inclusive pelo Brasil — Foto: Reprodução/TechTudo

5. História trágica da origem do jogo viralizou, mas era mentira

Em 2020, a suposta história de origem de Subway Surfers viralizou nas redes sociais do mundo. De acordo com os boatos, o game teria sido criado por um pai que perdeu o filho após ele sofrer um acidente enquanto andava de skate por trilhos de trem. Contudo, logo a desenvolvedora fez uma publicação oficial desmentindo o caso. Em um post no Twitter oficial do game, a SYBO Games afirmou que a inspiração para o jogo foi a cultura de rua e a diversidade, e não um caso específico.

6. Os trilhos não têm fim

Como dito acima, Subway Surfers é um jogo do gênero corrida infinita, ou seja, os trilhos dos mapas são gerados de acordo com o tempo que o jogador se mantém ativo no game. Vale ressaltar, no entanto, que, quanto mais tempo ele passa em cima dos trilhos, mais rápido o personagem se movimenta (e mais difíceis são os obstáculos). O legal desta informação é que, mesmo que Karim Mayur atualmente detenha o recorde, ele poderá ser batido a qualquer momento, assim como o próximo recordista.

7. Aproximadamente 27 milhões de pessoas jogam todos os dias

Subway Surfers tem uma base grande de jogadores: quase 27 milhões de usuários por dia — Foto: Divulgação/Google Play

Quase 27 milhões de usuários se aventuram no Subway Surfers a cada dia. Para quem já experimentou o game, a justificativa parece fácil. Isso porque o jogo serve para um propósito casual que jogos populares competitivos, como Battle Royale, podem acabar não cumprindo.

As partidas de Subway Surfers duram poucos minutos e, caso algum compromisso surja, elas podem ser encerradas a qualquer momento e sem tanto peso no coração (a não ser que você esteja em uma longa corrida). Outro fator essencial para a popularidade do game é que ele pode ser aproveitado de forma offline e não exige conexão com a Internet.

Com informações de Games.lol, Record Setter, data.ai, App Annie

Mais do TechTudo