Internet
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Conduta de ódio e assédio estão entre os comportamentos que podem causar de suspensões leves ou até permanentes na plataforma de streaming Twitch. Por conta de polêmicas ocorridas nos últimos anos, o serviço da Amazon selecionou algumas palavras que não devem ser ditas pelos streamers durante suas transmissões. Outros termos, no entanto, não contaram com aviso prévio da Twitch, mas colecionam algumas suspensões entre streamers famosos também. Conheça algumas dessas palavras a seguir e as razões que levaram elas a serem banidas.

Veja algumas palavras que são banidas na Twitch e podem levar a suspensões — Foto: Reprodução/Unsplash

Por que alguns termos são proibidos?

Segundo a Amazon, os streamers precisam entender que não conhecem todos os espectadores de seu chat. Mesmo que utilize certas palavras em contextos diferentes ou como parte de uma brincadeira, elas podem acabar por ofender alguém e tornar aquele espaço desagradável. Assim, a Twitch passou a contar com algumas palavras que não podem ser ditas em hipótese alguma, como variações de termos racistas e homofóbicos. O mesmo vale para algumas expressões que eram comuns serem utilizadas no próprio título da live antigamente, mas que passaram a ser proibidas.

São proibidos para o streamer e para o público?

Os principais alvos dos termos proibidos são os streamers. Afinal, os espectadores que os acompanham fazem parte da comunidade que ele criou em seu espaço na Twitch. Dessa forma, o streamer fica responsável por evitar que seu chat se torne tóxico e use palavras ou frases inteiras que possam ser consideradas como ofensivas. Vale destacar que essa responsabilidade se aplica até quando a live está offline. Ferramentas para banir espectadores ou aplicar uma suspensão temporária do chat estão disponíveis para evitar esse tipo de situação.

Por sinal, a responsabilidade do streamer pelo chat foi impactante em 2021, na época que Twitch enfrentava problemas com as "hate raids". Essas ondas lançavam diversos bots no chat do streamer e enviavam mensagens racistas, homofóbicas e transfóbicas. Os responsáveis pelas raids chegavam a enviá-las quando o canal de seu alvo estava offline e o denunciavam, ocasionando uma suspensão injusta do streamer.

O que pode acontecer com quem usá-los?

As punições podem variar de um até 30 dias de suspensão. Porém, caso a infração tenha sido muito grave, o streamer pode encarar um banimento permanente da plataforma.

Lista de palavras proibidas na Twitch TV

Não há muitas palavras sozinhas que a Twitch oficialmente baniu de sua plataforma. Além disso, mesmo que esses termos tenham sido banidos, é importante destacar que a suspensão geralmente só ocorrerá se elas forem utilizadas em um sentido negativo, para ofender outras pessoas durante sua transmissão. Confira quais são essas palavras que não podem ser ditas e uma que foi banida dos títulos:

  • Virgin/Virgem – Utilizado para ofender pessoas que ainda não tiveram relações sexuais;
  • Simp – Um termo em inglês que é usado para provocar uma pessoa que tenta agradar muito alguém. Em português, esse termo seria algo semelhante a "gado", mas não se sabe se ocasionaria em uma suspensão igual à da gíria em inglês;
  • Incel – Termo que reúne as sílabas iniciais da expressão "involuntary celibates" ou celibatários involuntários. Em resumo, chamam de incel as pessoas, principalmente homens, que não conseguem se relacionar e culpam os outros por suas falhas;
  • Blind – A expressão "blind playthrough" era muito utilizada por streamers que realizavam a jogatina de um jogo às cegas, ou seja, pela primeira vez, e que não desejavam ajuda ou spoilers. Porém, a Twitch baniu o uso desse termo com o objetivo de evitar que pessoas com deficiência visual se ofendam, visto que "blind" significa "cego". A criação de um comando "!blind" no chat para explicar a jogatina também pode ocasionar em suspensão.

Embora algumas palavras não tenham sido lembradas pela plataforma, elas entraram na lista conforme suspensões foram ocorrendo. Um exemplo bastante emblemático por parte da comunidade brasileira é o de Felipe “YoDa” Noronha. Em uma live realizada em 2020, o streamer utilizou do termo "mongolóide" e recebeu uma suspensão de pouco mais de um dia. Quando foi explicar para os seus espectadores o ocorrido, ele se referiu à palavra dizendo "megazorde" e sofreu outra suspensão, gerando revolta na comunidade.

Outros streamers famosos no Brasil, como João "Jovirone" Rodrigues e Flávio "Jukes" Fernandes, também foram suspensos pelo uso da mesma palavra, que pode ter um sentido ofensivo para pessoas da Mongólia e pessoas com deficiência. Dessa forma, a Twitch deixou bastante claro que o uso dessa palavra estava proibido. A comunidade de streamers brasileiros também evita falar "megazorde" em suas lives por conta do ocorrido com YoDa.

YoDa foi suspenso em 2020 duas vezes por falar mongolóide e megazorde em sua live — Foto: Reprodução/Riot Games

Outra palavra que é terminantemente proibida é a polêmica N-word, um insulto racial usado na língua inglesa, principalmente nos Estados Unidos. No Brasil, Jukes já foi banido pelo uso dessa palavra ao falar o nome Black Cleaver, um item no League of Legends, e substituir o "Cleaver" pelo termo, um ato que ele afirmou não ter sido intencional. O astro do Fortnite Turner “Tfue” Tenney já enfrentou a mesma suspensão por ter utilizado essa palavra também enquanto xingava personagens de Minecraft.

Em um caso mais recente, ocorrido no começo de junho de 2022, o streamer e atleta profissional de jogos de luta Seon-woo "Infiltration" Lee também foi banido da plataforma devido ao uso da N-word enquanto conversava com seus espectadores. Sua situação, no entanto, foi bem pior devido a ele já ter se envolvido em outros tipos de polêmicas no passado. Com isso, além de ter sido banido na Twitch, o sul-coreano também foi suspenso de diversos torneios de jogos de luta.

Infiltration, conhecido pelos diversos títulos conquistados em jogos de luta, foi banido da Twitch e de outros torneios por conta da N-Word — Foto: Reprodução/Panda Global

Com informações Twitch, Twitter (1 e 2), TheGamer, TheVerge, Eventhubs e Stream Scheme

JOGOS QUE VIRARAM FENÔMENO NA TWITCH

JOGOS QUE VIRARAM FENÔMENO NA TWITCH

Mais do TechTudo