Celular
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

Chegamos à metade do ano e os consumidores querem saber qual o melhor Xiaomi de 2022. Ainda falta conhecer alguns lançamentos da fabricante chinesa, mas o Xiaomi 12 desponta como o principal lançamento tanto no exterior quanto no Brasil. O smartphone é vendido por R$ 9.499, numa faixa que compete até mesmo com o iPhone. Este não é o único modelo da fabricante chinesa lançado neste ano que merece a sua atenção. Nas linhas a seguir, conheça também o Poco X3 Pro, Redmi Note 10 Pro e o Redmi Note 11 Pro.

Vale lembrar que os celulares da Xiaomi são o principal alvo de contrabando no país. Antes de fechar a compra, é importante checar a credibilidade do vendedor e do produto ou optar pelo site oficial da marca.

Qual o melhor Xiaomi? Conheça os 3 celulares mais potentes de 2022

Qual o melhor Xiaomi? Conheça os 3 celulares mais potentes de 2022

1. Xiaomi 12 (R$ 9.499)

Xiaomi 12 tem tela com 120 Hz de taxa de atualização — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O mais novo celular topo de linha da fabricante chinesa trouxe mudanças importantes em relação ao modelo anterior. O Xiaomi 12 vem equipado com um dos melhores conjuntos em termos de tecnologia móvel disponíveis atualmente. O processador, por exemplo, é um chipset Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1. Combinado com a GPU Adreno 730, o modelo oferece foi considerado o quarto celular mais veloz do universo Android em março no ranking do aplicativo AnTuTu.

A tela AMOLED de 6,28 polegadas do smartphone tem resolução Full HD (2400 x 1800 pixels) com taxa de atualização variável que chega a 120 Hz. A tecnologia garante movimentos de animação de sistema mais fluidos e uma melhor experiência em jogos compatíveis com a tecnologia. O vidro tem tratamento do Gorilla Glass Victus, a mais moderna tecnologia da Corning para proteger displays.

Xiaomi 12 tem câmeras avançadas e processador potente — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Outra parte em que o Xiaomi 12 se sai bem é no conjunto fotográfico. Na parte de trás existem três sensores: um principal de 50 MP (f/1.9), um ultra wide de 13 MP (f/2.4) e uma câmera teleobjetiva + macro de 5 MP (f/2.5). O sensor de selfies tem 32 MP. O arranjo possui também tecnologias especiais da Xiaomi, como o ProFocus, que busca sempre focar na região dos olhos da pessoa ou do bicho de estimação, além do Ultra Night Video, que promete capturar 51% mais luz em ambientes pouco iluminados.

Na parte de bateria são 4.500 mAh, mas o modelo se destaca dos concorrentes graças ao suporte para carregamento rápido de 67W, o que possibilita o aparelho ir do zero ao 100% de bateria em cerca de 39 minutos, de acordo com a Xiaomi. No Brasil, o modelo é comercializado no Brasil por R$ 9.499 em versão única com 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento.

2. Redmi Note 11 Pro 5G (R$ 3.999)

Redmi Note 11 Pro 5G tem câmera principal de 108 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi

Lançado em abril no Brasil, o Redmi Note 11 Pro 5G se destaca pela tela de 6,67 polegadas, com resolução Full HD+ e tecnologia AMOLED, que garante níveis profundos de preto. Para agradar os amantes de jogos, o display ainda vem equipado com uma alta taxa de atualização de 120 Hz.

As câmeras também prometem não fazer feio, já que o dispositivo vem com um conjunto triplo de lentes traseiras, com um sensor principal de 108 MP. Na frente, são 16 MP para selfies. Um dos recursos que chamam atenção aqui é o modo de super câmera lenta, capaz de gravar vídeos em até 960 quadros por segundo, uma das mais taxas mais altas do mercado.

Redmi Note 11 Pro tem carregamento rápida — Foto: Divulgação/Xiaomi

Na parte de processamento, o celular traz o chip Snapdragon 695 5G (Qualcomm), preparado para a rede de telecomunicações do futuro, a 5G. A fabricante promete alto desempenho em jogos e compartilhamentos, além de “downloads ultrarrápidos”. Outro ponto rápido aqui é o carregamento, já que o kit do produto inclui um carregador de 67W para abastecer a bateria de 5.000 mAh do celular em menos de uma hora.

Clientes podem encontrar o Redmi Note 11 Pro 5G por R$ 3.999 nas cores branco, cinza e azul. O armazenamento interno é de 128 GB.

3. Poco X3 Pro (R$ 3.999)

Poco X3 Pro tem sistema de resfriamento líquido — Foto: TechTudo

O Poco X3 Pro tem várias características avançadas na ficha técnica. Uma delas é o chip Qualcomm Snapdragon 860. Junto com o processador gráfico Adreno 640 e os 6 GB de memória RAM, o smartphone entrega um ótimo desempenho, mesmo em jogos mais exigentes.

Um detalhe especial do smartphone é a presença da tecnologia de resfriamento líquido, que dissipa o calor e resfria o processador em até 6º C. Com isso, os usuários podem continuar jogando em alta velocidade sem se preocupar com a integridade dos componentes internos. São poucos os celulares que contam com esse recurso.

Poco X3 Pro tem câmera principal de 48 MP — Foto: Divulgação/Xiaomi

Falando em games, a tela de 6,67 polegadas Full HD+ também dispõe de uma alta taxa de atualização de 120 Hz. A tecnologia do painel é o IPS LCD, que garante um branco mais fiel, mas que demanda mais energia do produto. A bateria, por outro lado, tenta compensar isso: são 5.160 mAh e a Xiaomi disponibiliza na caixa um carregador de 33 Watts, que, segundo a marca, fornece 59% de energia em 30 minutos e, em 59 minutos devolve a carga completa do celular.

Na parte de trás, o modelo tem câmera quádrupla com sensor principal de 48 MP; a câmera selfie tem 20 MP. Na parte das funções, destaca-se o Dual Vídeo, capaz de gravar vídeos utilizando as câmeras traseiras e a frontal simultaneamente. O Modo Noturno também marca presença no telefone, além da gravação de vídeos em 4K a 30 fps com a lente traseira e em 1080p a 30fps na frontal.

O Poco X3 Pro foi lançado no Brasil em maio de 2021 em versão única de 128 GB de armazenamento interno pelo preço sugerido de R$ 3.999. Apesar do tempo considerável no mercado, ele ainda se mantém como uma das opções mais interessantes da marca, principalmente pela boa relação custo-benefício.

4. Redmi Note 10 Pro (R$ 3.999)

O Redmi Note 10 Pro participa da lista de intermediários premium da Xiaomi e se destaca pelo conjunto fotográfico capaz de realizar fotos em altíssima resolução. A traseira tem um conjunto quádruplo de câmeras com um sensor principal de 108 MP. Na frontal, a câmera entrega 16 MP. A fabricante promete fotos nítidas, mesmo em condições menos favoráveis de iluminação.

Redmi Note 10 Pro suporta internet 5G — Foto: Divulgação/Xiaomi

Em testes, o telefone superou o iPhone SE na parte de câmera, com boas avaliações relacionadas ao foco automático e estabilização de vídeo. Além disso, as câmeras do smartphone possuem inteligência artificial para otimização de fotos. O alcance dinâmico do aparelho também está maior, isso significa que o dispositivo consegue fazer fotos mais nítidas, mesmo em situações com pontos de iluminação e fotos "contra a luz", como em janelas.

Não só isso, como o produto vem com o chip Qualcomm Snapdragon 732G. Para multitarefas, o dispositivo vem com 6 GB que é um bom número para uma boa experiência Android sem engasgos. Por fim, vale destacar ainda a bateria de 5.020 mAh de capacidade que, de acordo com a fabricante, é suficiente para dois dias de uso moderado.

O Redmi Note 10 Pro, que está disponível nas cores cinza, azul e bronze, custa R$ 3.999 na loja oficial da Xiaomi e está disponível em versão única de 128 GB de armazenamento interno.

O que muda entre os modelos?

Os smartphones possuem preços diversos e muitas similaridades, como alto desempenho das câmeras e baterias potentes com a tecnologia de carregamento rápido. O Poco X3 Pro é o único modelo da lista que não é compatível com a internet 5G, de altíssima velocidade.

Apesar da tecnologia das telas dos celulares acima variar, todos os displays têm uma alta taxa de atualização de 120 Hz, o que deve agradar muito os usuários que desejam consumir jogos e filmes com os dispositivos. Apesar de todos os modelos contarem com bons processadores, o Xiaomi 12 é o que performa melhor para games, mas também é o mais caro.

Com informações da Xiaomi

Confira no vídeo abaixo 3 produtos inovadores da Xiaomi

Três produtos inovadores da Xiaomi que são pouco conhecidos

Três produtos inovadores da Xiaomi que são pouco conhecidos

Mais do TechTudo