Sistemas Operacionais
Publicidade

Por Clara Fabro, para o TechTudo


Usuários de celulares Android e iPhone (iOS) podem observar algumas similaridades entre os dispositivos, especialmente quando o assunto é sobre recursos parecidos disponíveis nos dois sistemas operacionais. É comum que funções que não existam em um software sejam anunciadas em updates futuros, e tanto o do Google quanto o da Apple já se 'inspiraram' um no outro para trazer atualizações aos seus OS. Para o Android 13, por exemplo, foram anunciadas funções de privacidade semelhantes aos do iOS 14.

Já no iPhone, um recurso capaz de detectar textos em imagens em tempo real foi liberado apenas em 2021, mesmo que no Android já existisse uma função semelhante pelo Google Lens desde 2018. Veja, na lista abaixo, seis funções que o Android 'copiou' do iPhone e vice e versa.

Três vezes que o iPhone “copiou” funções do Android - e vice-versa — Foto: Marvin Costa/TechTudo

1. Live Text

O iOS 15 trouxe uma novidade para o iPhone que já era velha conhecida dos usuários de Android. O recurso, que recebeu o nome de Live Text no sistema da Apple, funciona de maneira muito similar a uma funcionalidade já presente no Google Lens há bastante tempo. Ambas as ferramentas conseguem reconhecer textos em imagens e traduzi-los em tempo real a partir da câmera do celular. Além disso, também é possível fazer pesquisas na web a partir de ambos os recursos.

O Live Text do IOS 15 funciona de maneira similar a um recurso presente no Google Lens desde 2018 — Foto: Reprodução/Apple

2. Maps

O sistema operacional da Apple usou o app de mapas do Google como aplicativo oficial até o iOS 6, quando o iPhone anunciou uma plataforma nativa de navegação. De lá para cá, o Apple Maps já sofreu diversas reformulações e, atualmente, pode ser considerado o principal rival do Google Maps. No iOS 15, o app de mapas da Apple também sofreu mudanças importantes, e passou a exibir faixas, pontos de ônibus e informações sobre linhas de transporte público. A função, no entanto, já estava disponível no Google Maps desde 2017.

O Apple Maps recebeu atualizações no iOS 15, incluindo um recurso para checar o transporte público similar ao do Google — Foto: Reprodução/Apple

3. Mais recursos de personalização

A Apple introduziu os widgets no iPhone apenas no iOS 14. Os itens, que funcionam como ícones interativos de apps instalados no celular e permitem uma maior personalização da tela, já estavam disponíveis no Android desde o seu lançamento. Atualmente, os widgets dos dois sistemas têm funcionamento bastante similar — apesar disso, a Apple promete tornar seus ícones ainda mais interativos no iOS 16, com personalizações para a Tela de Bloqueio e de Início.

Além dos widgets, o iPhone também introduziu novos recursos para customizar e reorganizar o celular no iOS 15 - que vai permitir, entre outras coisas, excluir ícones de apps da tela de início. A função, no entanto, também não foi novidade para os donos de Android, que já podiam remover apps da tela há bastante tempo.

Os widgets, velhos conhecidos dos donos de Android, só foram disponibilizados no iPhone no iOS 14 — Foto: Reprodução/Apple

1. Localização aproximada em aplicativos

O Android 12 introduziu um recurso de privacidade para permitir que usuários compartilhem apenas a localização aproximada com aplicativos, em vez de coordenadas exatas. Dessa forma, apps que solicitam acesso à localização do dispositivo para funcionar não precisam saber do endereço exato do usuário sem necessidade. O recurso, no entanto, já estava disponível para usuários de iPhone desde o lançamento do iOS 14.

As duas ferramentas funcionam similarmente: podem ser ajustadas individualmente para cada aplicativo nas configurações dos smartphones, ou podem ser habilitadas assim que o usuário abrir um app recém-baixado pela primeira vez.

Aviso de localização aproximada no Android 12 — Foto: Divulgação/Google

2. Mais recursos de privacidade

O Android também "copiou" alguns recursos de privacidade que já estavam disponíveis no iPhone há algum tempo. Um deles é o que exibe pequenos ícones na barra de tarefas para indicar quando um app acessa a câmera e o microfone do aparelho. No iPhone, a função foi lançada no update do iOS 14, e exibe pequenas bolinhas laranjas e verdes.

Já no Android, o recurso foi liberado com a atualização do Android 12, e exibe pequenos desenhos de câmera e microfone para indicar que os recursos estão sendo acessados por algum aplicativo.

O Android 12 introduziu ícones indicativos para mostrar quando apps acessam a câmera e o microfone do dispositivo — Foto: Divulgação/Google

Além dessa, outra função que já estava presente no iPhone e que foi integrada no Android 13 é o recurso que avisa quando um app acessou a área de transferência do celular. Além de exibir notificações ao usuário, no Android, o recurso também vai apagar os conteúdos copiados da área de transferência de forma automática, o que vai garantir ainda mais privacidade.

No Android 13, aplicativos recém-instalados também vão pedir permissão para enviar notificações ao usuário, função que também já está disponível no iPhone. Além disso, outro recurso 'inspirado' no iOS e que será lançado no próximo update do sistema do Google são os dados detalhados de privacidade dos apps.

Pop-up de permissão de notificações no Android 13 — Foto: Reprodução/9TO5Google

3. API de Photo Picker similar ao do iPhone

Outra função lançada no Android 13 que é similar a um recurso já presente no iPhone desde a atualização do iOS 14 é o seletor de fotos. Com ele, é possível evitar que apps que solicitam permissão à galeria do dispositivo acessem todas as fotos salvas no celular - o que garante mais privacidade e segurança ao usuário.

No iPhone, ao abrir um app que pede acesso à galeria do aparelho, é possível escolher entre três opções: "Selecionar Fotos...", "Permitir Acesso a Todas as Fotos" e "Não permitir". Ao tocar sobre "Selecionar Fotos", é possível indicar, individualmente, quais fotos da galeria do celular um determinado app poderá abrir. No Android, o recurso terá funcionamento bastante similar, e as fotos e vídeos poderão ser selecionadas a partir de um novo menu.

Vale lembrar que, antes do lançamento do recurso, quando um app requeria permissão à galeria do dispositivo, ele tinha acesso a todas as fotos salvas — portanto, com a função, é possível proteger as imagens guardadas no celular.

Novo seletor de fotos disponível no Android 13 — Foto: Reprodução/developers

Com informações de Wired, Gearrice, AndroidCentral e PopSci

Veja também: NOVO iOS 16 - Novidades, iPhones Compatíveis e Todos os Detalhes!

NOVO iOS 16 - Novidades, iPhones Compatíveis e Todos os Detalhes!

NOVO iOS 16 - Novidades, iPhones Compatíveis e Todos os Detalhes!

Mais do TechTudo